terça-feira, 15 de agosto de 2017

A natureza do homem é ser mau ou este é corrompido pelo ambiente/meio em que vive?

Nem um nem outro. O ser humano, por natureza, tem a capacidade de fazer tanto o bem quanto o mal. O que cada um vai ser, em termos de fazer mais bem do que mal ou mais mal do que bem, vai depender, em parte, de sua genética, em parte das influências ambientais. Estas podem agir tanto no sentido de fomentar o mal quanto de fomentar o bem. O resultado, em última instância, vai ser, em grande parte, aleatório. Mas a pessoa, sempre, faz aquilo que consente em fazer, por mais que as influências ambientais a levem para um ou outro lado.

Alguma opinião sobre a saída do Reino Unido da União Europeia?

Lamentável. Uma medida contrária ao progresso global da humanidade que consiste, justamente, da gradativa eliminação das barreiras entre as nações, levando o mundo todo a se tornar uma única entidade política, social e econômica. Uma manifestação grosseira de egoísmo e de sentimentos exclusivistas, nacionalistas e patrióticos que são muito ruins.

Para entender Física é necessário ter uma boa capacidade de abstração?

Sim. Porque a Física busca o entendimento do funcionamento da natureza por meio da construção de modelos, que são abstrações, especialmente apoiadas na Matemática. Logo a capacidade de abstração é essencial para a compreensão da Física.

O que é geômetra?

Uma pessoa entendida em geometria. Especialmente uma pessoa que produz conhecimentos geométricos novos.

QI acima de 110 realmente é considerado alto?

Existe uma escala que estabelece a que correspondem os intervalos de QI:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Quociente_de_intelig%C3%AAncia .

Eis uma questão que me intriga: Os índios que vivem isolados em regiões diatantes devem ser mantidos lá?

Devem não, mas podem. Depende do que eles preferirem. Não se pode resolver por eles. Há, contudo, que se deixar bem claro tudo o que eles podem ganhar e tudo o que eles podem perder. Para tal é bom que alguns deles façam visitas à civilização para se inteirar dos benefícios e dos problemas. Se eles quiserem adotar o mundo civilizado, todavia, é preciso que arquem com as responsabilidades, inclusive penais, se for o caso.

Para que aja a inteligência filosófica, é necessário um Qi verbal e lógico alto? Somado de habilidades interpessoais e intrapessoais? Um filósofo é um superdotado ou, a habilidade filosófica vem de outras relações entre campos cerebrais que não relaciona a isto?

Para que haja inteligência, seja filosófica ou de outra espécie, geralmente, há que se ter um QI elevado, porque, mesmo que o QI só meça os aspectos verbais, lógicos e espaciais da inteligência, há um fator global que faz com que a elevada inteligência em algum aspecto, geralmente (mas não sempre, veja-se o caso dos "savants") implica na elevada inteligências nos demais aspectos. Um filósofo não precisa ser superdotado, pois isso significa um QI acima de 160, mas precisa ter um razoável QI (digamos, uns 135). A habilidade filosófica, certamente, prescinde da habilidade verbal e da habilidade lógica. Tanto que, no pórtico da Academia, de Platão, se encontrava a frase: "Μηδείς αγεωμέτρητος εισίτω" (não entre se não for geômetra).

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails