sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Me foi dito que Estado Ateu é o mesmo tipo de Estado da URSS, que proíbe a manifestação da religião e pune quem torne pública sua religião. Porém, continuo achando que "Estado Ateu" é sinônimo de "Estado Laico". Estou certo, ou um Estado Ateu seria, invariavelmente, intolerante?‎ Jordan Medeiros

Estado ateu não é estado laico. Estado ateu é aquele que seja oficialmente partidário do ateísmo. Isso não é nada bom. Nenhum estado deve ser oficialmente partidário de nenhuma religião e nem tampouco da negação delas. O correto é que o estado seja laico, isto é, que admita que o povo possa ter a religião que quiser ou nenhuma, sem apoiar nenhuma. Mas isso não significa que um estado ateu necessariamente proíba qualquer religião ou faça alguma perseguição a religiosos. Ele, simplesmente, adota, oficialmente, o ateísmo como norma oficial. Os estados ateus que fizeram perseguição religiosas assim o fizeram por não serem democráticos e sim totalitários e ditatoriais, inclusive em relação ao ateísmo, o que é um comportamento totalmente condenável.

Professor, de uns tempos pra cá ouço muitos liberais falando que o aumento do salário mínimo seria ruim para os pobres, mas eles nunca me explicam o porque. Hipoteticamente falando, caso eu assumisse a presidência hj e aumentasse o salário pra 2,000 reais, eu estaria fazendo algo ruim para os pobres‎

Se o aumento fosse repentinamente grande seria ruim para os pobres mesmo, pois provocaria muito desemprego, bem como a elevação do preço de quase tudo. O que é preciso é se fazer um aumento sempre acima da inflação, isto é, um aumento real, progressivamente, de preferência duas vezes por ano, de modo que o sistema econômico todo se ajustasse pouco a pouco, até que se chegasse a um patamar dessa ordem em um prazo, digamos. Veja este gráfico:
http://brasilfatosedados.files.wordpress.com/2010/10/2-6g1.png
A seguir a linha de tendência polinomial dessa curva o salário mínimo atingiria 1000 dólares em 2022.
Isso significaria um aumento real se a taxa inflacionária continuasse a ter a mesma média desses anos.

http://ask.fm/wolfedler/answer/115883549981 sim, ruim para os empresários... mas não só para eles, é ruim para todo mundo. a crise de anos atrás afetou só os donos de imobiliárias?‎

Por isso é que o governo tem que controlar o mercado. Se tivesse feito isso essa crise não teria acontecido. Esse controle não é só para evitar que os lucros sejam exacerbados mas também, para evitar que as falências ocorram. Tanto os lucros exacerbados prejudicam o povo como as falências, ou mesmo, a retração de atividades, o que gera desemprego. A finalidade da interferência governamental e impedir o desequilíbrio sem traumas. Porque o próprio mercado, sem dúvida, resolve tudo. Mas suas soluções são traumáticas. Ele não se importa com os indivíduos, com seu sofrimento. Ele só vê a sociedade como um todo e não o sucesso hipertrofiado de uns às custas da bancarrota e do desemprego de muitos. O governo existe, justamente, para fazer a distribuição da felicidade para todos. Isso é que muitos economistas se esquecem: Economia não é a ciência do dinheiro e sim da produção e distribuição de bens. E o bem mais precioso é a felicidade. Portanto a economia magna é a economia da felicidade. Isso é que os governos têm que cuidar. Romântico? Sim, e muito. Mas é justamente romantismo que falta ao mercado para ser algo benéfico para todos e não só para os que obtenham sucesso. O governo tem que cuidar dos desvalidos.

Porque está escrito: ''Por mim mesmo jurei''. diz o senhor, '' Diante de mim todo joelho se dobrará e toda língua confessará que eu sou Deus''. (Romanos 14 - 11)‎

Ora, porque Saulo de Tarso achou por bem colocar isso em sua carta, como se fossem palavras de Deus, para que as pessoas achassem que seria mesmo. Mas é invenção dele. É o que ele queria que as pessoas achassem que Deus teria dito.

Professor, tenho 16 anos e ano que vem é meu ano de vestibular. Você acha que vale a pena deixar bastantes assuntos que tenho interesse de lado (por enquanto!) e me dedicar totalmente aos testes? É claro que um não implica necessariamente no outro, mas gostaria de mantar um foco e propósito.‎

Não recomendo deixar de lado, mas reduzir a sua dedicação de tempo a temas não ligados aos exames de admissão ao nível superior. Porque a eliminação total da dedicação a temas não ligados aos exames deixa a pessoa deprimida. É preciso dar alegria à vida enquanto se estuda para o vestibular. Inclusive para o bem dos próprios estudos. O importante é a dosagem do tempo.

"O que ela faz é tornar a atividade empresarial controlada pelo governo" e os infinitas lições históricas de que o mercado NÃO deve ser controlado pelo governo, você não os considera por que?

As lições históricas mostram que o controle governamental do mercado é ruim para os empresários. Mas não que seja ruim para o povo. Para o benefício do povo é preciso, enquanto ainda houver economia monetária, que haja um governo que impeça a voracidade empresarial em cima da população. Note que isso não é estatização e nem comando governamental sobre a atividade empresarial e sim controle, isto é, legislação que limite e oriente a atividade empresarial de modo que ela não prejudique a população.

existem milhoes de galaxias, a gente não conhece nem um terço de uma galaxia, meteoritos carregam bacterias... et existe?

Não são milhões, são centenas de bilhões, só no Universo Observável (mas não são trilhões). Ainda não está cabalmente comprovado que meteoritos carreguem bactérias, mas essa possibilidade é real. Quanto à existência de extra-terrestres, veja o que já escrevi a respeito digitando no Google:
inurl:wolfedler extraterrestre.

Ernesto, pra você, com um governo ideal, em quanto tempo o Brasil se tornaria uma social-democracia?‎

Se houver disposição governamental, tanto executiva quanto legislativa, penso que seja possível transformar o Brasil em uma Social-Democracia em uma ou duas décadas. Porque a Social-Democracia não derruba a existência do dinheiro nem da propriedade, nem do lucro. O que ela faz é tornar a atividade empresarial controlada pelo governo para que sirva aos interesses do povo. Apenas certas atividades são socializadas, como educação e saúde, com a abolição total de medicina e do ensino privados. Os impostos são aumentados, bem como os salários dos trabalhadores, diminuindo-se as margens de lucro. Mas os aumentos de impostos revertem em benefícios patentes para a população. Claro que isso tem que ser acompanhado da total eliminação da corrupção por meio de medidas de radicalidade extrema com relação a corruptos e corruptores. Além, é claro, de uma gestão inteligente da coisa pública, de modo a se evitar desperdícios e aumentar a eficiência e a eficácia. Para tal é necessário acabar com a estabilidade do emprego para funcionários públicos, para que possam ser demitidos por incompetência e negligência. Sem isso não se fazem progressos. Outra coisa é que a meritocracia tem que prevalecer sobre indicações políticas para cargos de confiança. Isso tudo é possível. Vai ser preciso dar muito murro em ponta de faca para conseguir, mas se consegue.

Prof. Ernesto: Leciono a disciplina de "Genética Geral" para graduação e pós-graduação. Como devo proceder para trabalhar o tópico de Evolução que, incondicionalmente, está em desacordo com a concepção cristã? Tem sido comum observar reações enfurecidas de alunos com posicionamento fundamentalista.‎

A concepção evolucionista, de fato, é contrária às concepções fundamentalistas religiosas não só cristãs, mas também judaicas e islâmicas. Não há como contornar a situação. O que se tem que dizer é que a ciência mostra, cabalmente, que a evolução é um fato inconteste e que quem não aceitar as evidências estará totalmente equivocado, não importa o que digam suas doutrinas religiosas. Em outras palavras: suas concepções religiosas estão erradas mesmo. Não há como aceitá-las. Ou a pessoa renuncia a suas crenças religiosas ou estará errada em relação à verdade. Não vejo como conciliar. É preciso dizer a verdade e a verdade é o que a ciência mostra. As crenças religiosas a respeito do surgimento das espécies são mentiras. Isso tem que ser dito com convicção e firmeza.

O problema de Cuba é a falta de democracia? Então porque a república democrática da Nicarágua tem tanta miséria e extrema-pobreza? http://www.confidencial.com.ni/articulo/1655/fideg-revela-2-5-millones-en-pobreza-en-nicaragua

Porque esses fatos não possuem ligação causal. Ser democrático não implica em ser próspero. Mas não ser democrático é péssimo, seja prospero ou não seja. É preciso acabar com a pobreza, sem abdicar da democracia. Em Cuba não se tem nem democracia e nem riqueza, mesmo que não se tenha miséria.

você acha que ajudaria muito mais a humanidade se tivesse sido um cientista ao invés de um professor?‎

Não. Acho que ter escolhido o magistério foi a melhor coisa que fiz. Sempre adorei ser professor e pude ter a satisfação de lecionar para uns quatro mil alunos ou mais. Sempre desenvolvendo sua curiosidade, seu deslumbramento pelo saber, seu senso crítico, sua capacidade de reflexão, seu espírito inquiritivo, contestador e, até mesmo, sua sabedoria. Acho que essa foi uma grande contribuição para a humanidade. Atualmente, por meio da internet, continuo meu oficio de magistério, esclarecendo, polemizando, orientando e aconselhando.

Professor, se Cuba é tão pobre por que não vemos notícias de gente morrendo de fome lá? Se o governo cubano é tão perverso como acusam os Liberais, porque o Estado Malvadão erradicou o analfabetismo e ainda oferta Ensino Superior e Técnico a todos os jovens e adultos?‎

O regime cubano é ruim sim, mesmo que tenha promovido alguma melhoria de algum aspecto. Especialmente porque é um regime de partido único, sem liberdade política para a oposição. Isso é inadmissível em qualquer situação. O governo é ditatorial e qualquer ditadura é abominável, em princípio. Além disso, o nível de prosperidade do povo é muito baixo. Há escassez de muitos bens. O problema não é ser socialista (pois não é comunista) e sim não ser democrático. Isso é imperdoável.

"Corrupção é uma questão conjuntural que pode acontecer qualquer que seja o sistema político e econômico que se adote." ERRADO! só se for qualquer que seja o sistema político e econômico que você goste. como vai existir corrupção no anarcocapitalismo????‎

Mas é claro que pode existir, como no anarco-comunismo ou na democracia capitalista, na democracia comunista, na autocracia socialista, na autocracia capitalista ou que combinação de sistemas políticos e econômicos se considera. Corrupção é um aspecto conjuntural do processo que esteja ocorrendo em qualquer desses esquemas.

Costumeiramente Cuba e Coréia do Norte são taxados de comunistas.e são lugares horrorosos para se viver.Por que a anarquia comunista traria benefícios para o Brasil?‎

São horríveis porque não são comunistas. São um socialismo de estado. Há que se distinguir os aspectos políticos dos econômicos. Anarquia, democracia e autocracia são regimes políticos. Comunismo, socialismo e capitalismo são sistemas econômicos. Pode haver qualquer combinação entre eles, exceto anarquia socialista. Eu escolho a anarquia comunista como o ideal. A diferença entre o comunismo e o socialismo é que, no primeiro, não há propriedade nem privada e nem estatal, enquanto no segundo não há propriedade privada, mas o estado é o dono de tudo e o único patrão, sendo a população toda empregada do governo. No comunismo, ninguém é empregado de ninguém, nem do governo. Por erro conceitual, costuma-se chamar o socialismo de estado de comunismo, mas não é. Comunismo ainda não aconteceu. A anarquia comunista não traria benefícios para o Brasil e sim para o mundo, já que, sob a anarquia não existirá Brasil, uma vez que o mundo todo será uma única nação, sem governo. O que tem de ruim em Cuba e na Coréia do Norte é que são autocracias. Um comunismo democrático já seria muito bom. Mas um socialismo democrático, apesar de melhor, não seria tão bom.

Social-Democracia é corruptível, ainda mais num país como o Brasil onde tudo que o Estado oferece é de má qualidade.‎

Corrupção é uma questão conjuntural que pode acontecer qualquer que seja o sistema político e econômico que se adote. Não se podem fazer escolhas estruturais com base em fatos conjunturais. A escolha tem que ser pelo modelo ideal, que mais benefícios possa trazer para toda a população. As questões conjunturais, como a corrupção, têm que ser debeladas dentro da escolha estrutural feita, seja ela qual for.

E em relação às extinções de diversas espécies provocadas pelo homem?‎

Não acho que o homem deva, deliberadamente, provocar a extinção de nenhuma espécie. Mas o homem faz parte da natureza. Tudo o que ele fizer é algo que a natureza está fazendo. E a natureza se arranja. Nada é indispensável nem imprescindível. Nem o homem. Todavia acho que o homem deve se preocupar em não perturbar muito a natureza. Só que não perturbar é impossível, pois vivemos em interação com ela, como seus membros. Alguma alteração será provocada, como, de resto, todas as espécies interferem umas nas outras. A nossa, por acaso, está tendo uma interferência mais forte. Mas já houve, no passado, extinções em massa provocada por proliferação de micróbios patogênicos. E eles nem tinham consciência do que faziam.
http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/microbios-causaram-maior-extincao-em-massa-da-terra-diz-estudo

eu até entendo o seu lado, e concordo em grande parte. o que acontece é que sempre vou me portar como capitalista, porque não vou passar de 2080, e o seu (nosso, só pra esclarecer) mundo ideal, feliz, harmonioso, fofo e pacífico só virá lá para os anos 3500~4000 da era comum (sendo muito positivo)‎

Sim, mas é para esse futuro que temos que trabalhar para que chegue até em menos tempo. Não para nós nem para nossos tataranetos. Temos um compromisso com a melhoria do mundo para o futuro. Se só nos preocuparmos conosco mesmos, jamais consertaremos o mundo.

O ebola, vírus que ressurge com força total no oeste africano, aparentemente está sob controle quanto a alastrar-se por outras nações. Você acredita que sobreviveremos à constante evolução dos micróbios ou esta será a causa da extinção da raça humana?‎

Não sei, mas acho que não será uma questão de doença que extinguirá a espécia (não raça) humana. Penso que será a sua substituição por outra que evoluirá a partir dela.

ernesto, acho que ficaria melhor com mais patrões que empregados (cooperativas), mas ainda assim precisaria de COMPETIÇÃO entre as que fornecem serviços e produtos, aí ganharia o consumidor, ganharia a sociedade em geral com a riqueza sendo bem distribuída, e tudo ficaria melhor graças ao capitalism‎

Nada disso. Pelo contrário. A cooperação é que melhora a qualidade de tudo. Se tudo o que todo mundo descobrir de bom e de melhoria for disseminado para todos os que trabalhem com o mesmo assunto, todos serão beneficiados, pois não importa de que produtor venha o produto que ele será melhorado.

O que há de errado com a meritocracia?‎

Não acho errada. Pelo contrário. Acho muito válida. Só que, muitas vezes, o critério de mérito é equivocado. O valor a ser dado a uma pessoa costuma se prender a seu sucesso econômico. Isto é, a economia fica sendo o aspecto mais valorizado da vida. Isso deixa de lado valores que são os mais importantes, como a solidariedade, a sabedoria, a cultura, o conhecimento, as habilidades, a amizade, a honestidade, a justiça, a bravura e outros que tais. Esses é que devem ser os méritos que precisam ser aferidos para premiar as pessoas e não o seu sucesso em termos de adquirir riquezas materiais. Alguns dizem que isso é romantismo e que a vida não pode ser pautada em critérios românticos. Pode, deve e tem! Pois esses critérios românticos é que promovem a disseminação da felicidade, da paz, da harmonia e da prosperidade global e não apenas do grupos dos endinheirados.

Televisão queima os neurônios. O senhor concorda com essa afirmação?‎

Não. O que ela faz é embotar o discernimento, a agilidade de raciocínio. Não queima os neurônios mas faz com que eles fiquem preguiçosos. Ela passa tudo mastigado para que a pessoa não tenha que pensar. E quase só cuida de assuntos irrelevantes, exceto nos noticiários. Mas os programas de auditório e as novelas não são nada instigantes e desafiantes. É preciso complicar, instigar, chocar, questionar, debater, denunciar. Não só os problemas comezinhos do dia a dia. Isso até que é feito nos noticiários. Mas é preciso questionar as estruturas, os comportamentos, as suposições, os pressupostos. Isso não é feito.

vai melhorar pra você tbm, ernesto. as empresas, com mais liberdades, vão disputar cada cliente, melhorando ao máximo os serviços e produtos. claro que os empresários só querem lucrar, e é exatamente a busca pelo lucro que faz tudo melhorar (desde que o estado não intervenha e faça cagada como sempr‎

Discordo totalmente de você. O capitalismo liberal e a busca pelo lucro não são os melhores motores da prosperidade generalizada e do bem estar global. Isso vai resultar da colaboração, ao invés da competição. Inicialmente será preciso, justamente, uma interveniência governamental, como se dá na social-democracia. Ela é um misto de capitalismo com socialismo. Com a iniciativa privada dirigida pelo governo. O Brasil atual é um país economicamente selvagem. Pior do que os Estados Unidos. A voracidade de nossos empresários é paradoxal. Não é a existência do governo que atrapalha e sim o fato de ser um mau governo. O governo precisa domar a iniciativa privada para que, ao invés de priorizar o lucro, priorize o papel social do capital. Justamente distribuindo-o, com a redução da concentração e das margens de lucro.

O que achas da extinção de espécies?‎

Isso é algo que acontece normalmente desde que a vida surgiu na Terra, Em média, uma espécie perdura por uns quinze milhões de anos e depois de extingue. Como a vida existe há uns três e meio bilhões de anos, pode-se considerar que as espécies existentes perfazem uns duzentos avos de todas as que já surgiram. A extinção é, pois, fato normal. A nossa, que já tem duzentos mil anos, dentro de quase quinze milhões de anos vai acabar também. Enquanto isso outras evoluirão e nos substituirão. Até que as condições ambientais da Terra não mais permitam a vida nela, o que se dará quando o Sol se tornar uma estrela gigante vermelha, daqui a poucos bilhões de anos. Pode ser, então, que as espécies que forem nossas sucessoras já tenham colonizado outros planetas da Galáxia, onde sobreviverão até que eles também se tornem inóspitos. Aí vão para outros até que o Universo inteiro não dê mais condições para a vida em lugar nenhum. Isso ainda demorará dezenas ou centenas de bilhões de anos, ou, até mesmo, trilhões.

O Aécio é Neoliberal, só as reformas que ele propõe poderia fazer o Brasil avançar. Neoliberalismo é o futuro.‎

Discordo completamente. Por enquanto, até que se consiga atingir a anarquia comunista, o preferível é a social-democracia.

"O Aécio representa os interesses do capitalismo selvagem" ainda não comecei a estudar os presidenciáveis, mas se isso for verdade, e ele ganhar, você vai ver o brasil melhorar MUUUUITO. é só acabar com monopólios que tudo fica uma maravilha, você verá como sua previsão está errada.

Sim. Vai melhorar muito para quem é rico.

A matematica eu vejo melhor de aprender com um professor, ou se pode aprender sozinho?‎

Pode aprender sozinha também. Mas custa. Não é impossível, só difícil.

Por que o Campos? Ele é o plano B do PT, o Aécio é melhor Ernesto.‎

Nem pensar. O Aécio representa os interesses do capitalismo selvagem. Não voto na Dilma porque ela e o Lula traíram os interesses do povo e se venderam aos ricaços. Além de toda a corrupção em que se envolveram. O PSDB também é tão corrupto quanto o PT. Quero um governo que tenda bem mais à social-democracia. Isto é, um socialismo democrático mesmo. Enquanto não se alcança o comunismo anárquico. É preciso acabar com essa polarização entre PT e PSDB. E acabar com essa prática de loteamento político de cargos.

Professor, o "equilibrio de Nash" pode ser entendido sem a ajuda de um professor? Digo a parte teórica e não a matemática.‎ •

Pode, como qualquer assunto, mas não vejo como deixar a matemática de lado.

Você se considera extrovertido ou introvertido?

Introvertido, mas não exageradamente. E nem tímido. Nem um pouco.

O que você acha do teto da capela sistina?‎

Magnífica obra de arte. Infelizmente baseada em histórias inverídicas. Mas vale como fantasia e pela beleza. Para mim toda a história bíblica tem que ser considerada como a mitologia greco-romana ou a egípcia. Histórias fantásticas e extremamente propícias para se fazer arte sobre elas. Mas completamente ficcionais.

É possível aprender mais com livros ou filmes?‎

Acho que os livros são mais eficazes para produzir aprendizado. Os filmes podem e devem ser usados como complementos.

Dá pra se tornar bom em música estudando sem um professor? Se sim, qual o melhor método de estudo?‎

Qualquer assunto pode ser aprendido sem professor. Mas de forma mais difícil e demorada. Para mim o melhor instrumento para se aprender música é o piano. Depois se passa a aprender outros e a cantar. O piano é ótimo para o entendimento da teoria musical. Pode ser um teclado eletrônico. Há métodos auto-didáticos. Recomendo o Curso de Piano do Mário Mascarenhas, em três volumes.

Fiz o teste de QI europeu e meu resultado foi igual a 119 na escala Americana e 129 na escala Europeia/Cattell. Está na média? Acima? Abaixo?‎

O QI médio da humanidade é 100. O seu está acima da média. Veja isto:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Quociente_de_intelig%C3%AAncia

Vale a pena se dedicar a aprender música popular (como rock, por exemplo), aprendendo-se também algum instrumento mais "moderno" como guitarra, ou apenas é válido se estudar a erudita e instrumentos clássicos??‎

Música sempre vale e nunca é uma pena. Apenas descarto algumas variantes que nem considero que sejam "música", como o funk. Mas a música popular é uma variante extremamente rica e bela da música. Tocar instrumentos populares, bem como cantar música popular é muito gostoso e gratificante. Para mim o ideal é transitar confortavelmente em todos os gêneros musicais. Pessoalmente eu aprecio muito música popular e gosto de cantar samba, bossa-nova, tango, blues e, especialmente, "easy music". Tenho especial fascinação pelo piano-jazz, bem como saxofone. Gosto, também, de bandolim, cavaquinho, viola caipira, acordeon e violão. De um quinto a um quarto de meus discos são de música popular.

Professor o que e necessario para tornar a alta voltagem adequada ao consumo domestico?

A alta voltagem não é adequada para o consumo doméstico por questões de segurança. Um choque de alta voltagem é fatal.

e se amar outra pessoa (em determinado caso) for fonte de sofrimento para quem ama (não por não ser amado de volta, mas por qualquer outra coisas (e existe essa situação!)), deve-se parar?‎

Não há como deixar de amar por uma decisão voluntária. O amor foge do controle da pessoa. Se se sofre porque se ama (não sei como isso poderia ocorrer) não há outra alternativa senão sofrer. Geralmente o sofrimento associado ao amor não é porque se ama e sim porque não se é amado em retribuição ou porque a pessoa a quem se ama também ame a outrem (mesmo que nos ame) e não se admite a não exclusividade amorosa.

e se amar outra pessoa (em determinado caso) for fonte de sofrimento para quem ama (não por não ser amado de volta, mas por qualquer outra coisas (e existe essa situação!)), deve-se parar?‎

Não há como deixar de amar por uma decisão voluntária. O amor foge do controle da pessoa. Se se sofre porque se ama (não sei como isso poderia ocorrer) não há outra alternativa senão sofrer. Geralmente o sofrimento associado ao amor não é porque se ama e sim porque não se é amado em retribuição ou porque a pessoa a quem se ama também ame a outrem (mesmo que nos ame) e não se admite a não exclusividade amorosa.

Sobre resistores em física, é difícil aprender?‎

Isso é muito fácil. Em verdade nem é Física. É engenharia elétrica.

Professor, sabemos que a atividade metabólica que caracteriza a vida tem por Base os elementos químicos "C,H,O,N,P,S". É possível que exista outro padrão de vida, baseado em outras composições de elementos?‎

Teoricamente sim, como é o caso do silício ao invés do carbono. Se bem que seja mais pesado.
http://www.bertolo.pro.br/fisica_cosmologia/Cosmologia/Cosmology/silicon-based_life.htm

O povo brasileiro ainda é muito "burro" para que não tenhamos mais o voto obrigatório?‎

Não acho que nenhuma burrice justifique o voto obrigatório. Quem deixar de votar por comodidade, que aguente as consequências da escolha feita por quem tenha consciência. O que não se pode e continuar com essa atitude paternalista. O eleitor tem que amadurecer e só o fará se for deixado com liberdade e responsabilidade.

O povo brasileiro ainda é muito "burro" para que não tenhamos mais o voto obrigatório?‎

Não acho que nenhuma burrice justifique o voto obrigatório. Quem deixar de votar por comodidade, que aguente as consequências da escolha feita por quem tenha consciência. O que não se pode e continuar com essa atitude paternalista. O eleitor tem que amadurecer e só o fará se for deixado com liberdade e responsabilidade.

Professor Ernesto, ainda é possível o surgimento de vida (primitiva) no planeta terra, tal como ocorrera em relação ao primeiro ser vivo que evoluiu até as atuais espécies? Se for possível, explique detalhadamente. Todos nós aqui em casa o admiramos muito! Um abraço professor.‎

Sim, e isso está acontecendo nas fumarolas submarinas, onde as condições ambientais se assemelham às da Terra primitiva quando a vida surgiu a partir da matéria inanimada.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Fonte_hidrotermal
http://www.manuelpeinado.com/2014/06/fumarolas-submarinas-bioenergia-y.html

Ernesto, se ser louco é ser diferente e ser normal é ter algo que seja comum a todos ou a um grupo... Das duas uma: todos nós somos loucos ou todos nós somos normais. Concorda?‎

 Não. Normal não é ter algo que seja comum. É ter quase tudo em comum com a maioria. Então os diferentes são uma minoria. Isso é, há loucos e há normais e eles são coisa bem diferente uns dos outros. 28 dias atrás9 pessoas curtiram isso

"Ser civilizado é, justamente, conter os instintos que foram apurados na evolução biológica nas savanas e substituí-los por comportamentos propícios à melhoria global do bem estar. " Justamente por isso que digo que a anarquia está errada, pois se as pessoas não vão agir de forma espontânea pelo bem‎

Claro que agirão sim. Por que não? É uma questão de educação. Não é fácil, mas é perfeitamente possível educar a humanidade toda para que seja espontaneamente boa. Isso é civilização. Note que a maioria das pessoas do mundo é boa. Há uma minoria que não é. E o que se observa é que nos países prósperos e de nível educacional elevado, como os escandinavos, a criminalidade é baixíssima. Lá ela poderá ser reduzida a zero em menos de cem anos. No mundo inteiro também, entre mil e dois mil anos. A condição é a disseminação completa da prosperidade, sem exceção para ninguém e a elevação do nível de escolaridade para o fim do nível médio de uma forma total para toda a humanidade. Enquanto isso vai se promovendo um trabalho educativo constante ao longo de várias gerações para mudar a mentalidade para uma mentalidade colaborativa ao invés de competitiva. Para um espírito de doação. Para a extinção da preguiça e da cobiça. Isso tudo é bem possível sim. E nem demora tanto, considerando que a humanidade tem 200 mil anos mas ainda pode durar por alguns milhões de anos. Se se conseguir atingir a anarquia em cinco mil anos está ótimo. Mas eu acho que isso se consegue em menos de dois mil anos.

Senhor Ernesto, poderia me tirar uma dúvida? Se souberes, claro. Já tentei me informar sobre, mas não obtive sucesso. Esse mês completo 18 anos, e em outubro, acontecem as eleições. Minha dúvida é: Por eu já ter 18 anos em outubro, eu já sou obrigada a vontar ou só conta à partir do ano que vêm? Ain‎

Se você ainda não tem título de eleitor não vai poder votar, pois o dia 7 de maio foi o último para tirar. Se você já tiver o título de eleitor e, no dia da eleição, já tiver 18 anos, terá que votar.

Se considera ou ja se considerou louco de alguma forma?‎

Considero-me louco mesmo. Não que eu seja uma pessoa psicótica, mas que abraço e defendo idéias divergente das consideradas normais pela sociedade em que vivemos, como o ateísmo, a anarquia, o poliamor e várias outras. Além de ser uma pessoa bem incomum, por gostar muito de música clássica, me trajar de forma antiquada, Outro aspecto singular é o assunto que escolhi para me especializar em Física que é a Cosmologia, um tópico sem aplicação prática nenhuma. Mais loucuras: de todo o dinheiro que ganhei na vida, apliquei cerca de um quinto em minha biblioteca, que doarei ao povo. Sou uma pessoa totalmente despossuída, não tendo bem nenhum. Para muita gente isso é loucura, considerando que meu salário nunca foi ruim. Em suma, vivo no mundo da Lua e não tenho os pés no chão. Sou um sonhador e vivo como tal.

"A ciência, coitadinha, tão certinha, tão cheia de pesquisas e de verdades, sabe como levar o homem à lua, mas não sabe como fazer o homem amar. (...) Não há verdade cientifica que faça o homem sonhar com o paraíso." "Ciência é conhecimento do mundo. Sabedoria é conhecimento da vida." -

Não acho que por não cuidar do aspecto afetivo a ciência seja coitadinha. Esse não é o papel dela, mas no papel dela ela se sai muito bem. É claro que a vida vai muito além de conhecimentos. Mas, no quesito conhecimento, a ciência é que dá as cartas. Sabedoria é muito mais do que conhecimento, mas a sabedoria presume conhecimento. Conhecimento sem sabedoria é estéril. Mas não se pode ser sábio sem ter conhecimento. Científico e filosófico. Mesmo que não apresentado formalmente como tal.

Se você fizesse o ENEM hoje, que nota obteria?‎

Acho que conseguiria obter, pelo menos, uns 4000 pontos do total de 5000.

Por que pessoas sao consideradas loucas? Ps:Nao falo do louco amoral e sim louco-social. Daquele que é coisaderado "exótico".‎

Porque as que assim consideram são medíocres. Não vêem que só os loucos importam para consertar o mundo. Os normais, de tão normais, passam pela vida sem deixar contribuição nenhuma e são esquecidos. Todo aquele que fez algo de importante para a humanidade foi um louco, uma pessoa insensata, um irresponsável, imprudente. Porque arriscou sua vida e se entregou completamente, sem reservas e sem se ancorar em nada, jogando-se de cabeça e correndo todos os riscos. Essas são as pessoas imprescindíveis.

Concorda com Nietzsche quando ele disse que " sem a música, vida seria um erro" ?‎ Luiz Felipe

Não acho que chegue a tanto, mas, certamente, seria muito insossa. A música traz alegria, beleza, paz, conforto, emoção. Vivo o tempo todo mergulhado na música. Só trabalho ouvindo música. E uma das atividades prediletas de lazer, para mim, é escutar música. Por escutar eu entendo ouvir com toda a atenção sem fazer mais nada, preferivelmente de olhos fechados. Mas também adoro ouvir enquanto faço qualquer coisa. Agora, por exemplo, estou ouvindo o ciclo de poemas sinfônicos "Ma Vlast" de Smetana.

Como tornar uma rapariga feliz?

Amando-a. A maior fonte de felicidade que existe é ser amado.

"Há tantas ideias, ideologias e filosofias diferentes, que a tarefa em descobrir qual é a melhor visão de mundo acaba se tornando cada vez mais difícil." Concorda ?‎

Sim, mas isso é ótimo porque leva a pessoa a considerar inúmeras possibilidades e a refletir bem sobre todas elas para adotar sua cosmovisão pessoal, que pode diferir de todas mas que, certamente, conterá algo de cada uma que a pessoa julgou o melhor. Isso leva, inicialmente a uma confusão, mas essa confusão é salutar para que a pessoa não pense que a realidade seja simples.

Concorda que a existência de inúmeras "seitas" derivadas do cristianismo se deve apenas ao ego humano? Assim como os inúmeros partidos políticos?‎

Certamente que sim. O cristianismo primitivo não era católico nem ortodoxo nem evangélico, pois nem os evangelhos existiam. E poderia muito bem ter continuado assim, sem nenhuma instituição a zelar por ele. As religiões institucionalizadas e regulamentadas são muito maléficas. Constantino, ao oficializar o cristianismo como religião do império fez um grande mal. Ele apenas deveria ter liberado sua prática de modo não oficial. Com ele o cristianismo passou de oprimindo a opressor, o que, para mim, é uma queda de status. Ser opressor é moralmente incomparavelmente pior do que ser oprimido. Em meu entendimento a crença em Deus deveria ser algo desvinculado de qualquer instituição. Como também acho que não devam haver partidos políticos, mas apenas movimentos ideológicos. E as pessoas se candidatariam individualmente. Crença oficializada e regulamentada é o fim da picada. Ainda bem que o ateísmo é anárquico e não tem nenhuma doutrina. Simplesmente é a ausência de crença em Deus. Mada mais.

Meu mundo é cinza. Qual é a cor do seu mundo?‎

Azul

Ser a favor do anarquismo é ignorar a natureza humana. Não importa o quanto a sociedade e seus conceitos evoluam, ainda teremos a "mente da savana africana". As savanas de 70 mil anos atrás foram onde nossa espécie surgiu e local para onde nossa mente foi adaptada, não para uma sociedade posterior.‎

Errado! A evolução da espécie humana já não está mais no patamar biológico. Ela se dá em termos sociais e culturais, dentro da espécie. E civilização e cultura é algo que se transmite por meio da educação. Ser civilizado é, justamente, conter os instintos que foram apurados na evolução biológica nas savanas e substituí-los por comportamentos propícios à melhoria global do bem estar. Então o que é preciso é substituir o egoísmo pelo altruísmo, que é o fundamento da anarquia. Uma sociedade de pessoas altruístas é perfeitamente possível. Essa tendência a "levar vantagem" já não é mais o que se observa como uma unanimidade. Cada vez mais se encontram, no mundo, pessoas altruístas. Isso mostra que a disseminação do altruísmo como condição normal de vida não só é possível mas é o que vem acontecendo. Anarquia é a sociedade da virtude e da bondade.

Dando um exemplo tosco, se eu possuo uma faca para cortar legumes e tesoura pra fazer roupas, devo ser considerado malvado por isso? Visto que com ambos eu poderia tirar a vida de alguém

Claro que não. Bem e mal qualificam ações e não coisas. Uma bomba atômica não é má, mas sim o ato de se explodi-la sobre uma população. Uma pessoa pode ser dita má se ela pratica ações que sejam prejudiciais aos outros, à sociedade ou à natureza. Que causem dor, sofrimento, tristeza, prejuízo, infelicidade, angústia ou algo de ruim. A não ser que isso seja para se obter um bem maior. Um dentista que arranque um dente estragado, mesmo que provoque dor, não está fazendo uma maldade. É questionável se a intenção de fazer o mal, mesmo que não se concretize, caracteriza maldade ou não. Para mim, se a pessoa tem a intenção, mas obstou que a ação se realizasse, mostrou que não foi má, nesse episódio. É claro que isso tem que ser considerado estatisticamente. Pessoas que, em geral, fazem coisas boas podem, às vezes, fazer coisas más e vice versa.

''Argumentos racionais não funcionam com pessoas religiosas, pois se funcionassem não existiriam pessoas religiosas.'' Concorda?

Certamente que sim. Pessoas religiosas parece que desligam sua crítica racional, mesmo as inteligentes (e as há). A fé oblitera a visão cética e racional e impede que se considerem serenamente os argumentos contra si.

A meu ver, tanto o mal como o bem são extremos relacionados ao poder e à escolha. Assim, não vejo como a existência do mal pode ser um argumento contra a existência de Deus.‎

A existência do mal pode admitir a existência de Deus, desde que se considere que Deus seja malvado. Porque se não for onipotente, não é Deus e se for onipotente e permitir a existência do mal não é benevolente. Note que o mal não é apenas um efeito de ações deliberadas de seres conscientes. É também efeito de ações da própria natureza e, portanto, para quem acredita em Deus, do próprio Deus. Isto é, Deus seria o malfeitor que provocaria todas as maldades que as catástrofes naturais fazem tanto a injustos quanto a justos. Quanto a isso não há escapatória.

Para você, o que falta para o BRASIL dar um passo para frente ?! Pois lá fora o Brasil é visto com o pior país do mundo !‎

Como já dizia meu primo Rui Barbosa: "Vergonha na Cara". E não só dos políticos e empresários. Do povo todo. O problema do Brasil é compactuar com a falta de lisura para levar vantagem. Isso é corriqueiro para quase todo mundo. Qual empresário que aceita levar prejuízo em nome da ética? Qual político aceita perder a eleição para o bem da população? Inclusive o grande problema da indolência brasileira é uma questão de vergonha na cara. Todo mundo só quer saber de pouco esforço e muito benefício. Realmente, assim o país não progride.

Em relacao a pergunta do Prof Pasquale há sim um argumento teológico que mostra que Deus permine que o diabo interfira na vida de alguem! O exemplo claro disso é a passagem biblíca de Jó. Primeiramente satanas pediu permissao a Deus para que pudesse importunar seu servo na terra.‎ Abner David

Mesmo estando na Bíblia, não convence. Aliás, grande parte do que a Bíblia diz é inteiramente despropositado e não convence, em absoluto. Considerar que Deus seja um ser onipotente, onisciente e onibenevolente e que, mesmo assim, permite a existência do mal é uma contradição incontornável. Só há duas saídas: ou Deus não existe ou, se existe, é tão malvado quanto satanás.

Por que minha resposta sobre Jó nao foi respondida?‎

Não existe nenhuma razão específica pela qual alguma pergunta não seja respondida. Pode ser porque ficou perdida dentre a multidão de perguntas que chegam. Pode ser que, em minha escolha das mais interessantes, ela ficou preterida. Pode ser que, para respondê-la, eu precise pesquisar e estudar e não tive chance. De qualquer modo só consigo responde de um quinto a um quarto das que chegam. Muitas eu descarto por sua total irrelevância, ou mesmo por sua conotação mal educada, desapropriada ou malintencionada. De vez em quanto eu faço um "tour" pelas mais antigas e vou respondendo as que vejo que seriam de interesse geral. Mas não posso garantir que vá responder a nenhuma delas. Inclusive porque isso é um trabalho voluntário e gracioso que me toma bem tempo. Quanto preciso do tempo para outras incumbências, fico sem responder.

o senhor acha que a maioria das pessoas é contra o anarquismo por que o interpretam errado?‎

Sim. Consideram que anarquismo é bagunça e pensam que seria algo a ser implantado no mundo nas atuais condições de mentalidade das pessoas. Um mundo anárquico, sem governo e sem lei, só pode vir a ser estabelecido depois que TODAS as pessoas adquiram um grau tão elevado de civilização que não façam desonestidades, não sejam preguiçosas, não tenham cobiça e nem cometam crimes porque jamais vão querer agir assim. É preciso que todos sejam virtuosos para se poder viver sem que ninguém mande em ninguém. Por isso que o atingimento da anarquia é a culminância de um processo civilizatório a ser conduzido pela educação ao longo de muitíssimas gerações.

O senhor é a favor da extinção dos feriados religiosos?‎

Sim, pois não se justifica comemorar feriados cristãos se o país é laico e não comemoram os feriados das demais religiões. Mas eu sou contra todos os feriados, mesmo os cívicos. Seria preferível que houvesse quatro dias laborais a cada sete ao longo do ano todo, sem sábados e domingos, mas de modo a que os dias de folga das diferentes pessoas fossem descoincidentes e assim tudo sempre estaria em funcionamento.

Entao em todo caso a Biblía para Sr. seria uma grande fantasia?‎

Ela tem vários aspectos. O teológico é inteiramente fantasioso. O histórico é bem impreciso. O litúrgico é só formal e o moral pode ser aceito como ético, na maior parte, mesmo que eu discorde de alguns aspectos.

http://ask.fm/wolfedler/answer/115704894493 Esse vídeo é equivalente à pergunta: "Se o homem evoluiu do macaco, por que ainda existem macacos?"‎

De certa forma sim. Nesse caso o ápice da evolução seria o islamismo e o espiritismo. As demais seriam galhos mais próximos do tronco evolutivo que continuaram depois de fazerem brotar novos ramos. De fato o que ele mostra é que as religiões são construtos humanos e nenhuma delas tem inspiração divina nenhuma. Por isso são divergentes. Mas elas todas não são ramificações de outras. Pode-se dizer que o islã e o cristianismo são ramificações do judaismo e que o budismo seja uma ramificação do hinduísmo. Mas hinduísmo e judaísmo são independentes.

Por que Deus não mata o Diabo? Saberia responder como o teísta que um dia foi?‎ Prof. Pasquale Não há argumento teológico nenhum que possa justificar a permissão que Deus dá ao demônio para fazer o mal. A existência do mal é um dos grandes argumentos contra a existência de Deus. 29 dias atrás15 pessoas curtiram isso

Não há argumento teológico nenhum que possa justificar a permissão que Deus dá ao demônio para fazer o mal. A existência do mal é um dos grandes argumentos contra a existência de Deus.

Certo! e o Protestantismo nunca te atraiu?‎ Abner David

O protestantismo também é cristão e o Cristianismo padece de um erro básico que é considerar que Jesus seja uma encarnação de Deus que nasceu para ser sacrificado em expiação pelo pecado da humanidade. Considerar que Deus seja de tal forma cruel que exija o sacrifício de Jesus para redimir a humanidade é algo de uma perversidade sem limite. Um Deus misericordioso simplesmente perdoaria a humanidade, sem nenhuma exigência. Teologicamente prefiro o Islamismo ao Cristianismo. Mas não aceito e ética muçulmana. Em termos de ética, prefiro o Budismo, mas não aceito suas concepções de karma e sansara, nem tampouco de que o desejo seja a fonte de todo o sofrimento.

https://www.facebook.com/photo.php?v=738062286258597 Sinceramente, esse tipo de argumento ateísita deve ser levado à sério? Em que tipo de discussão?‎

Sim. Porque ele mostra que a crença em Deus não é algo baseado em uma verdade, já que há diferentes crenças em concepções distintas de Deus (uno, trino, múltiplos) ou em diferentes meios de salvação (pela fé, pelas obras). Ora, se Deus existisse e resolvesse se revelar à humanidade, para que esta o reconhecesse, deveria se mostrar igualmente a todos e não como acontece. Isso mostra que a concepção de Deus é puramente humana. Além disso, o fato das diferentes confissões se hostilizarem mostra que elas não concebem Deus como a fonte de bondade e do amor, como asseveram que seria. A existência de múltiplas crenças e religiões é um argumento muito forte para a suposição de que nenhuma delas seja certa.

Tem pessoas que são ateus, porque seus atepassados eram (pais, avós). Como você descobriu, que era um ateu ?‎

Eu não descobri que era. Eu me tornei em razão de meus estudos e reflexões. Da própria religião cristã, de história, de filosofia, de cosmologia, de biologia, de física. Tudo isso foi me levando a considerar que fé é algo inteiramente sem cabimento e que não há razão nenhuma para supor que Deus exista. Nem alma, nem espíritos, nem anjos, nem demônios, nem céu, nem inferno. Nenhuma realidade sobrenatural. Tudo é natural (mas não só material, como dizem uns).

As faculdades de observação podem ser melhoradas através de treinos ?‎

Sim, e muito. É preciso se tornar um Sherlock Holmes para ter um senso de observação aguçada. E isso é perfeitamente treinável. Há que se ter muita disciplina, mas se consegue.

Nunca teve nenhuma base ou influencia religiosa?‎ Abner David Sim. Já fui um católico convicto e fiel. Deixei de ser, justamente por me aprofundar no estudo de minha religião de então. Meu ideal era ser santo. 29 dias atrás6 pessoas curtiram isso

Sim. Já fui um católico convicto e fiel. Deixei de ser, justamente por me aprofundar no estudo de minha religião de então. Meu ideal era ser santo.

Você apoia as escolas inglesas que ensinam a meditação Budista como uma técnica psicológica para ajudar os alunos a desenvolver a atenção e diminuir o estresse diário? Veja: http://noticias.r7.com/educacao/noticias/alunos-podem-aprender-tecnicas-de-meditacao-nas-escolas-da-inglaterra-20140313.html‎

Sim, acho válido. Só não acho válidas as concepções budistas de karma e sansara.

Professor, o que o senhor acha do ensino da literatura nas escolas?‎

Acho que não devia se limitar apenas à literatura de língua portuguesa mas se estender às literaturas mais importantes do mundo, como a francesa, a russa, a inglesa, a italiana, a norte-americana, a grega e latina clássicas e outras relevantes. Acho também que os estudantes deveriam conhecer outras artes como a pintura, a escultura, a arquitetura, a música e as demais. Sua história, suas mais notáveis expressões. Senão fica uma turma de pessoas que saem da escola sem cultura. Cultura é algo extremamente enriquecedor. E não se pode ficar restrito ao universo brasileiro e de língua portuguesa. Cultura é um fenômeno mundial. Conhecer a cultura de vários países abre a mente para a existência de outras concepções de mundo e aumenta a tolerância, favorecendo a paz e a harmonia mundiais.

Você se preocupa com as desigualdades sociais? (De gênero, econômica, racial, etc)‎

Não só me preocupo como ajo para diminuí-las, não só educacionalmente falando em minha atividade de magistério e na internet mas, também, por iniciativas pessoais de ajuda e em toda decisão que tomo de modo igualitário radical mesmo.

Veja isto: http://lounge.obviousmag.org/advibe/urso%20polar.jpg Explique o que faltou para que a humanidade permitisse a existência desta cena. (Por favor professor, me responde).‎

Faltou duas coisas. Disseminação de conhecimento científico e consciência político-econômica. A primeira para difundir para toda a sociedade o fenômeno do aquecimento global, que pode ser diminuído por decisões políticas e econômicas que, se a totalidade da sociedade soubesse de fato, pressionaria os governos. A consciência político-econômica faltou aos dirigentes e empresários que sabem dos fatos, mas não se importam com suas consequências desde que tudo ocorra de modo a lhes dar mais lucros. Sabem mas não têm consciência e, com isso, são burros. Sim, colocar a economia e a política na frente da sustentação do ambiente é burrice, pois o planeta não entende de economia e nem de política, muito menos do que seja conveniente ou inconveniente para os homens. E se os homens o agredirem ele revidará sem dó nem piedade. De qualquer modo o aquecimento se daria, pois faz parte de um ciclo natural. Mas seria mais lento do que está sendo.

O que é mais importante, Física, ou Matemática? Eu sei que ambas são importantes e são parecidas, mas qual o senhor acha mais importante? Justifique?‎

A questão é que a Física requer a Matemática como sua forma de expressão. Então a Matemática é mais importante, pois a Física não se faz sem ele mas ela não depende da Física. Além do mais ela dá subsídios a várias outras ciências.

Se fosse para escolher entre ser racional ou ter sentimentos (só podendo escolher um deles), qual escolheria e por quê?‎

Ter sentimentos, sem dúvida nenhuma. A razão é uma boa coisa, mas uma vida sem sentimentos não vale ser vivida. Um Dr. Spock é um tipo que, absolutamente, não me convence nem comove. Sentimentos podem trazer dor, mas só eles são capazes de dar felicidade. A razão sozinha não faz ninguém feliz a não ser como conselheira dos sentimentos. São os sentimentos e as emoções que dão "vida" à vida.

Estatísticas não é de gráfico? Meu professor conseguiu me confundir muito, e tenho prova semana que vem e não consigo entender, rs.‎

Uma coisa é o conceito de estatística. Outra é fazer uso disso. Estatística também é uma ciência que procede a uma análise de dados para obter informações (as "estatísticas"). Geralmente essas informações são médias e outras grandezas obtidas a partir de medidas em elementos de conjuntos, como preços, pesos, volumes e outras. Da mesma forma a ciência estatística verifica as distribuições dessas grandezas nos conjuntos (ditos "populações"). E isso pode ser expresso por meio de gráficos.

O senhor acredita na teoria das inteligências múltiplas? Se sim, acredita também na inteligência emocional como sendo uma delas?

Não acho que seja uma questão de acreditar. Isso é verificado. Inclusive a emocional.

Você sabe o significado do seu nome ? Se sim, qual é ?

Ernesto significa "sério" em alemão. Já Rückert seria algo como "para trás", "retrógrado".

Então o que é estatísticas e função? Mas principalmente função.‎

Função é um tipo de relação entre elementos de dois conjuntos que associa a cada elemento de um deles um e só um elemento do outro. Mas um elemento do outro pode ser função de mais de um elemento do primeiro. Os conjuntos podem ser de qualquer espécie. Não precisam ser conjuntos numéricos. Por exemplo a relação que associa a cada pessoa a sua mãe é uma função, pois uma pessoa não pode ter duas mães, já que tem que ter saído da barriga de uma única pessoa. Mas uma mãe pode ser mãe de várias pessoas. Já uma estatística é um tipo especial de função que associa algum resultado único a um grupo de elementos de um conjunto e não a um só. Isto é, uma estatística é uma função de subconjuntos de um conjunto. Por exemplo, a função que associa a cada grupo de pessoas a pessoa mais alta dele.

Professor, é verdade que Marilyn Monroe tinha Q.I mais alto do que de Einstein? Como é o teste para avaliar o Q.I de uma pessoa? É confiável?‎

Não acho que era não. Os testes de QI dão uma noção de três tipos de inteligência, a lógica, a verbal e a espacial. Mas não das outras. Um teste só não é significativo, mas se a pessoa tiver uma média alta em vários testes, isso indica que, de fato, ela seja mais inteligente nesses aspectos. Todavia é preciso considerar os outros, não aferidos pelo teste de QI.

Deus não se escondeu como você disse ele tem o seu propósito,e quando a gente tem fé em Deus nós vivemos melhor‎

Se Deus existe, ele se esconde sim, pois não há nada que requeira a suposição de sua existência para ser explicado. E nem ele se manifesta em nada de modo explícito. As pessoas é que consideram que algo seja manifestação divina por conta delas. Mas não há nada que mostre que seja mesmo. Quanto a viver melhor, isso não depende de fé. Há quem viva melhor tendo fé e não tendo fé. Como há quem viva pior tendo fé e não tendo fé.

Ernesto, como você imagina que será a espécie sucessora do homo sapiens?‎

Provavelmente com nenhum pelo, cabeça maior, mais magro, mais fraco, dedos mais compridos, melhor visão, menos dentes, andrógino (mas não hermafrodita) e, principalmente, muito mais sensível e muito mais inteligente. Especialmente extremamente criativo. Isso, é claro, é um palpite. Não há como prever, pois a evolução é aleatória.

E vc sabe se realmente os 'illuminati' existem?‎

Existiram, mas não existem mais. Só alguns que dizem que são mas não são.

Qual a sua opinião sobre o ENEM?‎

Concordo plenamente em tese. Acho que deveria ser universal, com a extinção de todos os vestibulares. Mas acho que está muito frouxo. Além disso deveria ser feito ao longo do ensino médio e não só ao fim. E deveria voltar a ser totalmente multidisciplinar, com a abolição de áreas de conteúdo. Questões completamente embaralhadas e versando sobre várias disciplinas na mesma questão. Com um escore único, sem separação por área.

http://ask.fm/wolfedler/answer/58846829853 Inadmissivel sao crimes como violaçao por exemplo. Como podemos voltar a integrar na sociedade uma pessoa que cometeu um crime desses ? Para alem de estragar a propria vida, estragou a vida da vitima e de quem a rodeia, nao vejo outro castigo senao a morte‎

Discordo totalmente de você. Se um crime é inadmissível, a pena de morte também é, porque também é um crime. Só que um crime oficial. Além do mais a morte não é castigo, pois a pessoa, tendo morrido e não existindo mais, não sofre castigo nenhum. Castigo é uma prisão perpétua com trabalhos forçados.

muitas vezes meu amigo me fala q a felicidade é um paradoxo, será mesmo?

Claro que não é. O que é um paradoxo? Algo que não tem como ser como é, pois se contradiz. E felicidade é, perfeitamente, algo positivamente exatamente como é, isto é, um estado de alegria, paz, satisfação, prazer, contentamento, serenidade. Algo completamente desejável e possível de se alcançar, dependendo das circunstâncias, das disposições e do empenho. Nada paradoxal.

Hola, ¿Crees que una mujer debe ser femenina, o que eso no importa y debe ser como quiere?, ¿Por qué está tan marcada la linea entre lo que debiese ser un hombre y una mujer?, un saludo.‎

Não há nada que ninguém deva ser. Cada um é o que quiser ser. Não é preciso que a mulher seja feminina nem o homem masculino. As pessoas têm temperamentos, preferências e personalidades distintas. Que se afirmem do modo que sejam, autenticamente. E não fiquem fingindo ser o que não são. Isso é muito ruim e, para mim, extremamente depreciativo. Não há linha de demarcação entre o que um homem e uma mulher devam ser, exceto para pessoas medíocres.

O que os seres vivos têm em comum? Quais as características essenciais à vida ?‎

Autopoiese, isto é, capacidade de tomar a iniciativa de se suprir de energia e de promover alterações em seu estado e na vizinhança por conta própria e não apenas como reação a estímulos externos.

Eutanásia, direito de matar, ou direito de morrer ?‎

Direito de morrer, é claro.

http://ask.fm/wolfedler/answer/115689784093 e se o idoso/a consentir?‎

Nesse caso não tem problema, exceto se for uma pessoa que não estiver em gozo de suas faculdades mentais.

O que acha das pessoas que exercem a gerofilia?‎

Abusar sexualmente de um idoso, isto é, manter relações sexuais com ele contra a sua vontade é tão criminoso quanto fazer isso com uma criança. Aliás, com qualquer pessoa. Não estou falando em pessoas idosas fazerem sexo desejado e consentido com outra pessoa adulta, mesmo não idosa.

Eu concordo com vc em relação de não existir Deus.. Mas qual seria a justificativa pra como foi criada a primeira pessoa no mundo?‎

Se você se refere à espécie humana, não houve, propriamente, uma primeira pessoa humana no mundo. Os seres humanos evoluíram, gradativamente, a partir de espécies predecessoras e, por intercrusamento, se pode dizer que, em dado momento, algum grupo de primatas se poderia chamar de homo sapiens sapiens. Por sua vez, as espécies predecessoras evoluíram de outras que lhe antecederam e assim por diante, em relação a todas as espécies vivas, até os primeiros seres que surgiram a partir da matéria inanimada que pode-se dizer que eram organismos vivos.

Ernesto, como descobrir a verdadeira vocação?‎

O ideal é fazer um teste vocacional com um bom psicólogo. Mas é possível se ter uma ideia a partir daquilo por que se sente uma atração especial em atuar. É preciso afastar completamente qualquer preocupação pela remuneração da atividade e ver todas elas pelo prisma da identificação com o tipo de trabalho que é feito, com o interesse em mexer com o assunto, com a satisfação que seja capaz de propiciar, com o orgulho que se possa ter em atuar naquilo, com a admiração que se nutre por quem é daquela profissão e fatos assim.

Professor, eu estava conversando sobre um assunto e disse que mais cedo ou tarde não haverá nada no universo todo, pois todos os átomos sofrerão decaimento radioativo. Mas penso que posso estar errado, isso não seria valido apenas para átomos instáveis?‎

Os átomos estáveis não sofrem decaimento radioativo. Mas isso não impede que as estruturas atômicas venham a ser desfeitas, não pelo decaimento radioativo, mas pela expansão cósmica, que fragmentará tudo, esgarçando completamente a matéria, não só os átomos mas as próprias partículas elementares, dissolvendo todas as estruturas. Tal ocorrência, contudo, ainda demorará muitos bilhões ou, até, trilhões de anos para se dar.

Acredita que exista reencarnação? E que quando passamos por algum lugar e tivemos a sensação de que ja vimos esse lugar foi pq foi visitado em outra vida?‎

Claro que não existe. A sensação de "déjà vu" é um resultado de uma falha de percepção mental que faz com que algo que seja percebido ha poucos instantes aparente ser uma percepção antiga, de modo que se tem a impressão de que faz parte da memória de longo prazo.

Carl Sagan já cometeu algum erro de divulgação cientifica? Como o Hawking e o deGrasse Tyson que menosprezam a filosia.‎

Não me consta que tenha cometido.

qual a sua opinião sobre a eutanásia?

Acho perfeitamente válida, atendidos os critérios para sua aplicação, com bastante rigor.

E se um dia chegasse o julgamento de Deus (que vai chegar) e sua alma não foi pro céu, você pediria perdão a Deus?‎

Se, por acaso, existir Deus, não vejo porque eu deveria pedir perdão por considerar que não exista, pois todos os indícios são nesse sentido. Então o próprio Deus quis se esconder e não se revelar. Quanto a ir para o céu ou não, se tal tipo de coisa existisse, certamente o critério para merecê-lo não seria crer ou não, mas ter uma conduta justa e bondosa ou não. Ao que me consta eu sou uma pessoa justa e bondosa, logo não vejo porque eu não iria para o céu, caso haja, mesmo não crendo em Deus. Só que, mesmo que isso seja algo bem interessante, realmente não existe.

O que acha das pessoas que exercem a necrofilia?‎

Para mim é uma patologia. Uma maluquice. Requer tratamento.

Prof, a atmosfera(nas zonas rurais) pode ser considerada uma solução ? Se sim, por que o raio não cai em linha reta ?‎

Mesmo sendo uma solução. Em razão de seu grande tamanho e de não ficar estática, não é homogênea, havendo flutuações de densidade de cada componente ao longo de seu volume. O raio segue uma trajetória determinada pela descarga piloto que se estabelece quando a intensidade do campo elétrico através do ar supera sua rigidez dielétrica. Então alguns elétrons são arrancados dos átomos e começam uma trajetória através do ar e vão ionizando outros átomos. Essa trajetória não é retilínea porque os elétrons pulam de átomo para átomo ao longo do trajeto menos denso. Depois de se estabelecer uma rota de íons, que se comporta como um fio ao longo da atmosfera, então se produz a descarga principal. O interessante é que essa descarga estabelece uma inversão de polarização que provoca nova descarga em sentido inverso e isso se repete várias vezes até que o campo elétrico se anule, como um pêndulo amortecido. O estabelecimento do campo elétrico se dá pelas correntes ascendentes e descendentes dentro da nuvem (geralmente um cúmulo-nimbus), que eletrizam, por atrito, os átomos das gotas e essas se separam em positivas e negativas. Veja esses sites:
http://fisica.icen.ufpa.br/aplicada/inicial.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Raio_(meteorologia)

Professor, se vc acha a Bíblia um livro tão inútil e fracassado (pela suas respostas) porque será que ela sobreviveu por mais de 2 mil anos? Me dê alguma prova concreta;‎

A Bíblia não é um livro fracassado. Ela é um livro equivocado. Isto é, muito do que ela diz não é verdade. Ela sobreviveu porque sempre foi do interesse dos poderosos que o povo se portasse como cordeiro e a Bíblia, justamente, inibe qualquer contestação do poder religioso, que se alia ao político e ao militar. Os grandes movimentos libertários e progressistas, justamente, sempre se opuseram às religiões, pelo menos às estabelecidas, como aconteceu com a reforma protestante, mesmo que fosse cristã e bíblica, mas pregava a interpretação pessoal da Bíblia e não a eclesiástica. Isso também se deu com a Revolução Francesa e a Revolução Comunista. Essas três revoltas, que o Plínio Corrêa de Oliveira chama de "A Revolução", se deram, justamente, em oposição ao "estabelecimento" religioso. O povo, em geral, gosta de acreditar na existência de algum poder superior ao qual possa recorrer contra o poder terrestre, muitas vezes hostil a ele. Isso inclui, não só a dominação política e econômica, mas as doenças, as pestes, as catástrofes naturais e tudo o que as pessoas não conseguem controlar em suas vidas. A Bíblia, o Corão e as demais "Escrituras Sagradas" acenam com uma realidade capaz de vencer esses obstáculos e atender às súplicas das pessoas. Não há dúvida de que façam sucesso. Como os atuais "manuais de auto-ajuda". Todavia, à medida que o povo vai se tornando cada vez mais esclarecido, esses apelos vão diminuindo.

Seria útil para um engenheiro eletricista estudar mecânica quântica com o intuito de melhorar os projetos?‎

Se ele for mexer com a parte eletrônica não só é útil mas é necessário. Todos os dispositivos eletrônicos modernos, basados em chips de estado sólido, funcionam quanticamente. Só as antigas válvulas a vácuo é que têm um funcionamento eletrônico não quântico. A física do estado sólido é um capítulo da física quântica. Faz parte do currículo de eletrônica o estudo de física quântica. Os projetos de dispositivos eletrônicos, se o engenheiro for ser,de fato, um inventor de coisas novas, requerem conhecimento quântico para serem feitos.

O que é convicção professor?‎

Trata-se da consideração que se tenha de que algo em que se acredite seja verdadeiro. Ou seja, se achar que esteja certo a respeito de algo com uma grande margem de confiança. Note que convicção não é certeza. pois se pode estar convicto e se admitir que se esteja equivocado. Todavia, estando-se convicto, só se muda o modo de pensar se se restar provado, de modo cabal e inconteste, a improcedência da convicção. Se a pessoa é honesta, ela tem que admitir seu equivoco, uma vez assim demonstrado. A certeza, por outro lado, não admite revogação. Ter certeza é algo muito difícil, praticamente impossível. Mas ter convicção é possível, desde que a pessoa se debruce sobre o assunto e verifique com bastante critério e segurança as razões para que possa se convencer de alguma assertiva. Quanto não se tem convicção se tem opinião, que é uma suposição da veracidade sem garantias. Todavia suportada por plausibilidades.

O aquecimento global existe?‎

Sim, existe. A questão é que o contribuição antrópica é menor do que se apregoa. A maior contribuição é dos ciclos naturais. O aquecimento atual é uma subida de dente de uma linha evolutiva em forma de serra descendente que levará, em alguns milênios, a nova era glacial. Essas variações vêm ocorrendo ciclicamente há tempos e já houve épocas mais quentes do que a atual, mesmo sem a existência do homem. Dentro de alguns séculos o atual aquecimento vai ser reverter em um resfriamento, depois novo aquecimento. Mas esses ciclos seculares fazem parte de um ciclo milenar maior que já está resfriando o planeta em direção a nova era glacial, As eras glaciais duram de 70 a 90 mil anos e as interglaciais de 10 a 30 mil anos, A atual era interglacial já tem 10 mil anos.

Qual sua opinião sobre neonazistas?‎

Pessoas inteiramente equivocadas em suas concepções. Intolerantes, prepotentes, belicosos. Em suma, contrários à paz e à civilização harmônica. Consideram que existe alguma superioridade de pessoas em relação a outras por razões raciais. Isso é completamente falso. Não são democratas. Não aprecio nem um pouco esse tipo de gente.

Professor, a diferenciação entre homossexualidade (natural) e homossexualismo (por escolha) é arbitrária. Um antropólogo ou qualquer outra pessoa envolvida com a militância gay cairia em cima do argumento. Sugeriria uma leitura sobre o tema, caso haja interesse nas questões de gênero e sexualidade‎

Já li muito a respeito e formei minha convicção do modo como a expressei. É assim que percebo que acontece. Tanto há homossexualidade quanto homossexualismo e ambos são inteiramente válidos.

Professor, mas o Estado de Israel foi forjado graças a ações criminosas do Irgun -após a proclamação do Estado de Israel, os membros se juntaram a Haganá- (semelhante ao palestino Hamas, de hoje), expulsando palestinos árabes de suas terras. Não é natural que palestinos queiram suas terras de volta?‎

Os territórios palestinos foram ocupados por judeus. Antes eles já foram dos judeus, depois dos romanos, dos bizantinos, dos califados árabes, dos otomanos, dos ingleses. Os próprios judeus os tomaram de quem os havia ocupado quando estavam no Egito. Então é difícil dizer quem, historicamente, é o dono daquele território. Os judeus foram mandados para lá pelos russos e poloneses no século XIX. Em meu entendimento tanto judeus quanto palestinos têm o direito de viver lá. Se não fosse assim, nós deveríamos abandonar o Brasil e voltar para os países de nossos antepassados, deixando o Brasil para os índios. Eles precisam se entender e, em minha opinião, formar um país só de dois povos irmanados.

Fisicalismo? Então como o senhor explica a chamada ´´não-localidade´´:A não-localidade significa que a realidade não se limita ao espaço-tempo; e isto coloca em causa toda a filosofia moderna desde Kant.‎

Não é isso não. A não localidade em verdade é uma multilocalidade, isto é, um sistema está interligado por meio de laços que conectam partes dele em lugares diferentes como se estivessem no mesmo lugar. Mas isso não é nada não físico. É completamente físico e natural. Não implica na existência de nada transnatural. Portanto continua sendo fisicalismo.

O que acha do curso de meteorologia?

Qualquer curso é uma boa opção se for aquilo que você gosta e quer fazer. Se for o que vai te dar prazer em trabalhar e conferir significado à sua vida por estar colaborando com o bem do mundo. Então você se realizará e será feliz. Isso é o que importa e não o quanto se vai ganhar com aquela profissão.

Professor, sobre os conflitos atuais na Faixa de Gaza, existe um culpado ? Não tenho tido tempo para boas leituras sobre o assunto e sempre vejo na mídia Israel como um vilão.‎

Os culpados são os líderes tanto judeus quanto palestinos. Eles é que insuflam o povo a serem hostis e nem ligam para o sofrimento que provocam. O povo deveria derrubá-los e promover a paz por sua conta. Não é impossível a boa convivência de todos eles no mesmo território, desde que se tolerem e respeitem em suas diferenças culturais e religiosas. Basta largar o fanatismo e admitir que outras pessoas, de outras convicções e crenças, também podem ser boas pessoas.

Karl Popper considerava o Fisicalismo como errado. O que pensas disso?‎

Discordo. Acho que o fisicalismo é correto. Isso significa que não há outra realidade além da realidade física. Ou seja, o Universo é feito de campo, matéria e radiação, que preenchem o espaço e evolvem no tempo, criando estruturas e ocorrências que dão conta de explicar a totalidade dos fenômenos, inclusive mentais e sociais. Isto é, não existe nenhuma realidade trans-natural, como espíritos ou assemelhados.

Ernesto, o senhor poderia me dizer quais são seus métodos de estudo ?‎

Pego um assunto, leio vários livros e revistas a respeito, bem como artigos da internet. Depois faço um resumo como se fosse dar aulas daquilo e, se possível, escrevo um artigo para explicar o que quero saber para mim mesmo. Ao ler e estudar, já vou anotando os tópicos que acho que vou precisar para preparar as aulas do assunto. Ensinar é a melhor forma de aprender, pois o professor não tem a escapatória de não saber e tirar nota ruim. É obrigado a saber.

Nunca achei muito bem listado na internet exercícios de neuróbica. Poderia me recomendar algum site, ou se quiser, escrever diretamente? E quanto tempo é preciso realizá-los para aumentar, digamos 10 pontos de QI?‎

Aqui você acha links sobre vários sites de neuróbica. Vá examinando um a um e vendo qual deles é melhor:
https://www.google.com.br/?gws_rd=ssl#q=neur%C3%B3bica
Não há uma relação definida em relação ao aumento do QI em termos de tempo de exercícios.

Você considera que todo homem, à luz de uma filosofia ateísta, se torna mais humano? Eu o considero em meu caso, pois finalmente vi nossa "simplicidade" sob nossa ainda mais simples realidade. Tornar-se "amargo, chato e pessimista" é uma "vertente ateísta" também, correto?‎

O temperamento da pessoa é um aspecto independente de sua crença ou descrença. Ser alegre ou taciturno não tem nada a ver com ser ateu ou crente. Do mesmo modo que ser otimista ou pessimista. Bem como ser mais ou menos humano, solidário ou, pelo contrário, egoísta e prepotente. Tanto ateus quanto crentes podem ser uma coisa ou outra.

Até agora não entendi sua opinião sobre trajes formais. Poderia explicar melhor?

Considero que cada ocasião pede uma vestimenta adequada. Não acho que isso tenha que ser imposto, mas acho que a própria pessoa deve saber se vestir de acordo com o momento e o lugar. Isto é, não deve usar roupas esportivas em situações formais e de maior cerimônia. Trata-se de bom senso e não de restrição à liberdade. Isso vale, também, para o linguajar, para os modos e outros aspectos.

como se ''liberta'' de um amor não correspondido?‎

Não se liberta, nem é preciso e nem mesmo é bom se libertar. Se o amor não é correspondido, que se ame unilateralmente. Isso também é bom. Entrementes encontre outro amor que lhe corresponda e o ame também, tanto quanto ao primeiro. Mas não precisa deixar de amar o primeiro.

Uma ação correta, mas que não é feita por dever tem valor?‎

Claro que tem. O valor da ação está em seu resultado em promover o bem e não se foi feita com prazer ou por obrigação. Se foi feita por prazer é melhor ainda, pois, além de ter promovido o bem, promoveu a felicidade de quem a fez. Certamente que pode-se cumprir um dever com prazer, ou mesmo cumprir sem prazer e isso tem valor. Mas agir por prazer sem ter o dever de assim o fazer também tem valor, se o resultado for benéfico.

Professor, me deparei com um projeto chamado "Fronteiras do Pensamento. É onde são feitas conferencias com "bons nomes intelectuais" pelo o que eu entendi. Um dos fisicos que ira se apresentar vai fazer uma palestra de meu interesse, mas o ingresso em SP custa 2.000,00. O senho acha isso um absurdo?‎

Acho. Para mim deveria ser de graça. Considero que quem tenha o privilégio de usufruir de uma capacidade mental mais elevada deva colocar sua inteligência a serviço da humanidade sem recompensa.

Quantos anos você tinha quando teve seu primeiro computador?

34 anos. Foi em 1984. Um PC-AT 286 com 1 MB de RAM, 42 MB de HD e sistema operacional DOS. Usava os programas Wordstar, Chi-Writer, Lotus 123, DBase, Insert, Origin e alguns outros que não me lembro. Antes disso eu programava em Fortran para os Mainframes IBM 1130 e IBM/360. Também usei o CP-500 e o Sistema 700 da Prologica.

Quando é a hora para romance?‎

Toda e qualquer hora.

O que é a feiura? Ela é relativa?‎

Não é relativa. A avaliação estética da beleza e da feiura, feita subjetivamente por qualquer amostra de juízes, mostra que se obtém, sempre, um consenso e uma ótima correlação de votos, de modo que se pode ter um critério objetivo (isto é, um consenso de subjetividades) que permite aferir o grau de beleza e feiura de qualquer coisa. Ou seja, o que provoca a emoção estética de prazer contemplativo, que caracteriza o belo, ou de desprazer, que caracteriza o feio, é algo que apresenta uma grande convergência entre diferentes apreciadores. Certamente que há desvios, mas eles são minoritários.

" (...) Não abdico desse meu modo de pensar, pensem o que quiserem a respeito. Acho que existe uma noção de formalidade a ser observada para o bem da estética. (...)" BEM DA ESTÉTICA! UAHUEHUHA! Qualquer argumento se torna inútil quando: "Não abdico desse meu modo de pensar, (...)".

Não consegui ver o que de engraçado existe em querer o bem da estética. Em tudo o que se faça há que se procurar a verdade, o bem, o amor, a beleza. Isso é que dá valor à vida. A mentira, a maldade, o desamor e a feiura são aspectos negativos que se tem que buscar eliminar da realidade. Então os critérios éticos, estéticos, agápicos e eudemônicos são perfeitamente válidos nas escolhas e tomadas de decisão.

hipoteticamente falando, em iminencia de um golpe de estado para implantar o socialismo, o sr tornar-se-ia defensor do capitalismo?‎

Eu não defendo o capitalismo, mas sou totalmente contrário a qualquer golpe de estado não democrático seja para implantar o que for. Acho que a liberdade é um bem maior do que a prosperidade e a segurança. Nada justifica a implantação do que seja de modo ditatorial. Inclusive não acho que o socialismo seja melhor do que o capitalismo, se for um socialismo de estado. Aí se substitui uma tirania por outra tirania, como aconteceu na União Soviética. É preciso acabar com a dominação plutocrática sim, mas de forma totalmente democrática. Entre uma economia capitalista com uma política democrática e uma economia socialista com uma política autocrática eu prefiro a primeira. Mas, é claro, que eu prefiro uma economia comunista com uma política acrática. Enquanto isso não for possível, a política democrática é, sem sombra de dúvida, imensamente preferível. Toda autocracia é completamente inadmissível.

Pode me dar argumentos do porque trajes formais são necessários em ambientes que não sejam de praia/piscina ou casa? Ainda, se eu for de camiseta, calça básica e tênis para um congresso, estarei errado? Porque? Estou realmente querendo me convencer de que é necessário.‎

Não é necessário. É adequado, conveniente, correto. Ir a um congresso de camiseta não é adequado mesmo. Mas não é proibido. É uma questão de estética, de elegância, de aprumo, de respeito pela seriedade da ocasião, pois se trata de um evento formal, que possui certa cerimônia. Como um casamento, uma colação de grau. É uma solenidade.

Ernesto, parece-me que o senhor exagerou dessa vez. Seus princípios sempre se construíram no sentido de impor limitações à medida que uma ação prejudique outra pessoa. No caso de se usar um traje considerado inadequado, qual a má ação? Quem é prejudicado? Então, por que não parar com essa exigência?‎

Mas eu não estou exigindo nada. Estou dizendo que é inconveniente e inapropriado. Não obrigatório. Não é uma questão de prejudicar ninguém e sim de ser ou não ser adequado.

E quem não tem dinheiro para se trajar adequadamente e deseja ir a um concerto gratuito de música clássica num local fechado?‎

Pode conseguir uma roupa emprestada. Mas todo mundo, mesmo pobre, tem uma "roupa de missa" que será adequada. Não precisa ser de luxo. O que não pode é ser inapropriada, como bermuda e chinelo.

Antes de Sir Isaac Newton decretar a Lei da Gravitação as coisas flutuavam igual no espaço?‎

A Lei da Gravitação não foi decretada. As leis da natureza não são prescritivas, são descritivas. A natureza se comporta por conta própria, independentemente de leis que descrevam seu comportamento. Se se encontrar alguma discrepância entre uma lei da natureza e seu comportamento, a lei é que tem que ser corrigida, para dar a descrição correta.

"Bom senso é a percepção do que seja adequado ou inadequado." A percepção das pessoas não são iguais. A sua percepção é diferente da minha, portanto como "ter bom senso" me faria vestir certa roupa ou não? Será que se penso que posso utilizar qualquer roupa tenho um "mal senso"?‎

Tem sim. O bom senso é, justamente, adequar a percepção subjetiva a um juízo objetivo do que seja correto, em função de uma racionalização, de uma ponderação.

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Sou fanático em excesso pelo meu time, a ponto de brigar por ele... faz mal isso?‎

Faz. Ser fanático em relação ao que quer que seja não é boa coisa. É preciso considerar que sempre se pode estar equivocado. Mormente em relação a um time de futebol, que não é algo fundamental, mas apenas um aspecto recreativo da vida. Todos têm o direito de torcer para o time que quiserem e nenhum pode ser considerado preferível do que nenhum outro. Isso é diferente do que ser adepto da democracia ou da ditadura. Até de religiões se deve considerar que nenhuma seja preferível do que qualquer outra. O fanatismo futebolístico é algo mais irracional do que o fanatismo religioso.

Acho muito arcaico, retrógrado e obsoleto o Sr. em ainda ter em mente que o vestuário deve seguir o "bom senso", estar adequado a "lugares sérios" e a finese.‎

Pode ser que seja arcaico, retrógrado e obsoleto mesmo. Mas é digno, justo e salutar. O importante não é ser moderno, progressista, avançado. E nem não ser arcaico, ultrapassado. O importante é ser correto. Se o moderno é mais correto do que o arcaico, abandona-se o arcaico. Mas se o arcaico é o correto e o moderno incorreto, fica-se com o arcaico. Tradições não devem ser abolidas e nem preservadas por serem tradições, mas sim por serem boas ou más. Tudo que for ruim deve ser mudado e o que for bom deve ser preservado. No caso em tela. o que você considera "moderno", isto é, ser irreverente no trajar, sem considerar o lugar, não é bom. Então não há porque ser "moderno".

O que acha do comportamento misantropo ?‎

Completamente injustificado. Mas pode ser uma patologia. Então tem que ser tratada. Não é possível uma pessoa viver no mundo, dentro da sociedade, sem gostar de pessoas humanas, sem querer se relacionar com elas.

Professor, eu ainda não entendi. Veja isto: http://c9.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/Bdf1430fb/14973658_wPkaK.jpeg Qual a relação desta imagem com a Neutralidade Científica? Por favor, me explica.‎

Essa imagem está criticando os cientistas dizendo que eles trabalham sem ver, ouvir ou falar a respeito do que fazem e que isso é algo imposto pelos detentores do poder. Segundo essa crítica os cientistas deveriam deixar de descobrir e desenvolver tudo o que pudesse ser maléfico á população ou que pudesse beneficiar os detentores do poder em seu intento de dominar a população. Discordo desse ponto de vista. Acho que a descoberta da verdade em relação à realidade tem que ser livre e independente de que consequência possa ter. O que acho é que as pessoas que detêm o poder não podem fazer uso dos resultados científicos para prejudicar. Aliás, acho, até, que não deveria haver poder.

A masturbação é uma prática que deve ser evitada?‎

Não, porque deveria? É perfeitamente normal, como uma modalidade de obtenção de prazer sexual. Claro que é muito mais pobre do que o sexo interpessoal. Mas pode ser usada, na falta deste.

professor, tenho o desejo de ingressar no ita, porém quando fui ver as provas de física deles fiquei com vontade de chorar (just kidding), você poderia me ajudar com isso? Com a física, e o modo que é aplicada no vestibular do ita?‎

Pois é. Para passar no vestibular do ITA é preciso que se tenha um traquejo em Física e Matemática muito desenvolvido. Isso se consegue ao longo da vida estudantil, isto é, se sempre se foi uma excelente aluna de Matemática e Ciências no nível fundamental e Matemática e Física no nível médio. Para tal é preciso, antes de mais nada, que se "adore" estudar Física e Matemática. Sem essa paixão por essas matérias não se terá a disposição de se dedicar horas a fio, continuadamente, a estudar e a resolver os exercícios e problemas mais difíceis, fruindo um imenso prazer com isso. Esse prazer se consegue alcançar, exatamente, praticando. Mas é como treinar para ser pianista ou atleta de olimpíada. Tem que ser todo dia, várias horas por dia, sem pular fins de semana e nem feriados. Não há outra forma. Pessoalmente não há como eu ajudar, a não ser recomendando os melhores livros, que têm que ser bem estudados. Mas atenção: A capacidade de resolver problemas depende, antes de tudo, do perfeito entendimento da teoria. Não adianta só fazer muitos problemas. Tem que entender bem a teoria para poder fazer qualquer problema, mesmo que nunca tenha feito nenhum do mesmo tipo. E lembre-se: Física exige muita Matemática. Não há como escapar. Recomendo os livros dos autores:
Newton-Helow-Doca; Ramalho-NIcolau-Toledo; Kantor-Paoliello-Menezes-Bonetti-Canato-Alves.

Professor, em um curso de batismo que participei na igreja católica, o padre abordou de forma bem científica a teoria do big bang. No final da exposição, contudo, ele disse que a "sementinha" do universo teria sido obra divina. Será que um dia a ciência conseguirá eliminar o espaço para a crença?‎

Sim. Confio plenamente em que a disseminação do conhecimento científico mudará a cosmovisão geral da sociedade para uma perspectiva independente de crenças sem fundamento, como as religiosas e outras, como as superstições. Então se estabelecerá a visão científica e filosófica da realidade. Isso ainda demora, mas é o sentido que a evolução da humanidade mostra que será seguido.

Ernesto, qual a diferença entre femismo e misandria? Não encontro a palavra femismo no dicionário, entendo-a como neologismo, mas usado como uma espécie de eufemismo para não dizer que é misandria. Esclareça a distinção que faz das duas palavras ou se concorda com a alegação.‎

Misandria é a rejeição ao sexo masculino. Femismo é a busca de privilégios para o sexo feminino. Vale também para os gêneros. Feminismo é a busca da igualdade de direitos e deveres dos sexos e gêneros.

Não creio o senhor postando uma ignorância dessas. A respeito dos trajes adequados, vivemos em um país quente. Os trajes exigidos são voltados totalmente para o exterior ( terno, dress code,calça comprida) onde é bem mais frio e da gosto em usar) mas no Brasil não. Fora que ninguém ( continuação )‎

Tem o direito de decidir o que deve ou não ser usado,desde que não ofenda ninguém, como nesse caso. Só por que vou a um lugar chique, tenho que ser obrigada a me vestir "chique" ? Bermudas são muito mais confortáveis e totalmente comuns e não é isso que vai ofender a moral de um estabelecimento.
Não é uma questão de decidir e obrigar e sim de cada um ver que não é conveniente e não usar, porque conclui que não deve. E não precisa ser paletó e gravata. Só não deve ser bermuda e chinelo. Realmente não é apropriado para um lugar "chique". A própria pessoa deve concluir isso e não usar por seu discernimento. O uso da bermuda não ofende a moral. Mas ofende a estética e a conveniência. Isso vale para restaurantes, igrejas, fóruns, parlamentos, escolas e outros locais ditos "sérios".

Professor, há boatos de conseguir énergia através do espaço, você acha possivel conseguir tal façanha? Conseguir mais do que a terra pode nós dar?

Não são boatos. São possibilidades reais que se concretizarão no futuro. Essa energia será obtida da radiação solar, captada por satélites e enviada à Terra.

Professor, poderia me explicar o que é Neutralidade Científica?‎

A concepção de que o resultado das pesquisas científicas é de ordem puramente científica, isto é, leva ao maior conhecimento da realidade e à possibilidade de sua manipulação, estando desvinculado dos usos que se possam dar a eles. Em outras palavras, a ciência não tem ética e nem política. Ela busca a verdade, não importa se a verdade seja benéfica ou nociva. De fato, assim o é. O mau uso dos resultados das pesquisas científicas não pode ser imputado à ciência. Além do mais não se pode restringir o avanço do conhecimento em razão da possibilidade de seu mau uso. Toda a responsabilidade desse mau uso tem que ser imputada a quem o promove que, quase sempre, não são os cientistas, mesmo que eles o tenham possibilitado.

Professor, o que o sr. pensa da produção de energia elétrica a partir da biomassa?‎

Uma excelente alternativa para a produção local de energia, que aliviaria tremendamente a pressão pela energia das usinas. Todavia não vai dar conta de uma fração razoável da demanda. De qualquer modo é bom que a matriz energética seja bem diversificada, lançando mão de todas as modalidades, especialmente das mais benéficas para a preservação do ambiente.

O que é o "bom senso", afinal? Quando diz "trata-se de bom senso", diz que todos devam ter o mesmo "bom senso"? "Bom senso", o que é o "bom senso"? O meu "bom senso" não pode ser diferente do seu? O "bom senso" deve ser um senso comum?‎

Bom senso é a percepção do que seja adequado ou inadequado. Isto é, do que promova a maximização do bem, da alegria, da felicidade, da paz, ou faça o contrário. Ter bom senso é ter a sabedoria de fazer as escolhas corretas tendo em vista o bem geral. Escolhas ditas "insensatas" são aquelas que promovam prejuízo, desgosto, tristeza, dor, sofrimento, infelicidade, não só para a própria pessoa mas, principalmente, para os outros, para a sociedade e para a natureza. "Bom senso" não é o mesmo que "Senso Comum", pois este é aquele que, em geral, as pessoas escolhem. Mas pode não ser bom. Seguir o senso comum não é um bom conselho. O melhor é ter bom senso, mesmo que o bom senso leve a uma atitude conflitante com a esperada pela maioria. É preferível discordar da maioria quando a opinião dela for maléfica.

Qual sua opinião sobre mulheres que ''cantam'' os homens?‎

Que elas estão fazendo uso do direito que é delas, do mesmo modo que homens que "cantam" mulheres. Ou seja. não faço distinção entre a validade do comportamento erótico masculino do feminino. Se qualquer homem ou mulher desejar sexualmente alguém, tem o direito de abordar essa pessoa para insinuar o seu desejo, ou mesmo, fazer explicitamente a proposta. A pessoa pode aquiescer ou não. Mas é preciso não só ter tato como também ter o discernimento de perceber que há pessoas que podem se sentir ofendidas em serem "cantadas" e não fazer isso, nesse caso. O ideal social é que o amor seja algo inteiramente livre e que qualquer pessoa possa fazer sexo com quem queira, seja ela ou a outra casada ou não. Isso é, acho que os relacionamentos gâmicos não devem incluir nem a cláusula da perenidade nem a da exclusividade. Não que eu prescreva que as pessoas tenham relacionamentos plurais, mas que considere que não há problema nenhum em que tenham. Desde que seja uma atitude sabida e consentida pelos envolvidos.

Atualmente é mais fácil obter sucesso como: ator, escritor ou músico?‎

Em qualquer dessas atividades a chance de sucesso depende do talento, da dedicação, das oportunidades, das indicações e das coincidências. Nenhuma delas é melhor do que a outra em termos de promover reconhecimento à pessoa. Quanto ao retorno financeiro do trabalho, que é o que muitos consideram como sendo sucesso (mas não é - sucesso é reconhecimento e aprovação, mesmo sem ganho financeiro), isso varia muito. Poucos escritores, atores e músicos são bem remunerados. Só os que conseguem grande vendagem de seu trabalho. E isso, muitas vezes, é mais uma questão de acaso do que de talento ou qualidade do trabalho.

Por que se deve existir normas para vestiário em certos lugares?‎

Eu não disse que sejam normas. Trata-se de uma atitude a ser cultivada por razões de estética e de respeito pela característica do lugar. Não é apropriado se trajar esportivamente em lugares que possuam uma característica mais séria. Assim as pessoas devem possuir um senso de conveniência. É o mesmo que se falar gíria ou linguajar coloquial em um discurso no parlamento. Trata-se de bom senso.

Desculpe, senhor. Houve um erro. "Por que existe tanta hipocrisia"?‎

A hipocrisia é uma forma de mentira de que as pessoas se valem para ocultar suas verdadeiras concepções, atitudes, comportamentos e modos de ser que seriam considerados condenáveis. Assim, para não ser tida como má pessoa, ela finge ser o que não é. Claro que se trata de uma falha grave de caráter. Se se possui algum modo se der condenável, o que se precisa é buscar mudá-lo para se tornar uma pessoa correta. Enquanto isso, um bom caráter exige que a pessoa reconheça suas falhas e se desculpe por elas, prometendo emendar-se e aceitando as consequências negativas de seu modo de ser. Mas, em geral, quem carece de alguma virtude, também carece da virtude de ser honesta. Daí preferir fingir ser o que não é, como um artifício de reconhecimento social. Ao se detectar alguém assim, isto é, hipócrita, é preciso que se explicite a essa pessoa e aos outros a sua hipocrisia, para que se emende.

O que acha de restaurantes luxuosos proibirem a entrada de pessoas usando bermuda e chinelo?‎

Acho que está certo. Cada ambiente possui o traje adequado para frequentá-lo. Bem como o modo de se portar. Vestir-se de modo formal é necessário em vários lugares, como fóruns, parlamentos, templos, repartições, escolas e vários outros. Bermuda e chinelo são trajes próprios para se ir à praia e à piscina. Ou a um evento esportivo. Ou dentro de casa. Mesmo para ir às compras não é adequado. Outra veste horrível são as calças e as camisetas colantes. A não ser quando se está praticando jogging.

Por que tanta hipocrisia?‎

Como assim? Que hipocrisia? Não vejo nenhuma em mim. Por favor, aponte o que você acha que seja hipocrisia?

Quais as provas de que o Universo necessariamente nem teve causa?‎

As provas são a ausência de provas de que teve alguma causa. A hipótese nula é de que não tenha causa até que se prove que tenha.

Ernesto, desculpe a discordância, mas você está tendo uma visão errada do anarquismo ao dizer que as pessoas irão adquirir as coisas de "graça"... Não é bem assim. Elas precisarão necessariamente colaborar em algum setor produtivo, recebendo em troca os bens que necessitam. Não é de graça.‎

Depende da vertente anarquista que você considere. No mutualismo de Proudhon e no coletivismo de Bakunin, o sistema é de trocas. Mas no anarco-comunismo de Kropotkin, é de doações sim. Esse é o modelo que eu adoto, com modificações minhas.

Foi o espírito competitivo dos americanos que fizeram deles o que são hoje: Uma superpotência. Por que o sr é contra a competitividade e prefere a coletividade?

Sim, mas em que ser uma superpotência é uma coisa boa? O bom seria que os Estados Unidos tivessem promovido, pela capacidade trabalhadora do seu povo, a melhoria da felicidade para toda a humanidade. Mas ele só promoveu a prosperidade interna e, mesmo assim, não de todo mundo. A riqueza americana é uma riqueza mal distribuída. Se toda a sua disposição tivesse sido canalizada não para que ele fosse melhor do que os outros, mas para que todos melhorassem, seria muito melhor para o mundo. Não podemos pensar em nosso benefício, mas no benefício de todos.

O que o senhor acha dessa opinião do Olavo de Carvalho : http://philosophy.stackexchange.com/questions/1934/is-cantors-theorem-based-on-a-fallacy ?

Acho que ele está confundindo as coisas. Todo conjunto infinito não possui "número de elementos" e sim, cardinalidade. Os inteiros e os pares são conjuntos de mesma cardinalidade, mas não de mesmo número de elementos, pois isto não se aplica a eles. A cardinalidade de dois conjuntos infinitos é comparada pelo estabelecimento de uma relação bijetora entre eles. Como essa relação existe entre inteiros e pares, eles têm a mesma cardinalidade, também chamada de "possança", no caso de conjuntos infinitos. Mas há conjuntos infinitos de outras cardinalidades. Isto é, existem infinitos maiores do que outros. Ou iguais, quando se pensa que não sejam. Os racionais têm a mesma cardinalidade dos inteiros, mesmo sendo densos, como os inteiros não são. Já os reais não têm a cardinalidade dos inteiros. Mas um intervalo de números reais tem a mesma cardinalidade de todos os números reais. Bem como os números complexos, quatérnios e outros do tipo. Porem o conjunto de funções tem cardinalidade maior do que os reais. Veja este artigo:
http://www.ruckert.pro.br/blog/?page_id=114
Sem dúvida Cantor tem razão em mostrar que, em alguns casos, uma parte própria de um todo (isto é, que não seja ele mesmo), pode ser tanto quanto ele, se ele for infinito.

O q seria a bíblia pra vc?‎

Uma grande obra de ficção.

A educação só pode ser efetiva através das escolas? Não pode ocorrer em, por exemplo, ONGs no estilo de escola dando aulas e ensinando e difundindo cultura, por exemplo? Ou isso é contra lei?‎

No Brasil é contra a lei. Mas eu acho que deveria ser permitido, inclusive a educação completamente doméstica. Depois a criança seria submetida a uma avaliação que lhe confirmaria a satisfação do grau. Do mesmo modo que os cursos superiores deveriam permitir o estudo autodidático, sendo exigida apenas a prestação de exames de qualificação.

O que pensa sobre Nostradamus?‎

Um enganador.

Por que não vende seus livros e o dinheiro arrecadado doa para instituições carentes? Prefiro livros de papel à livros via internet.‎

Não acho isso válido. Minha proposta é a gratuidade da produção intelectual. Bem como a difusão do uso da internet como veículo literário. Quem preferir ler no papel (como eu também prefiro) pode imprimir e encadernar. Sai até mais barato do que comprar o livro de papel. Já fiz muitos livros a partir de material da internet que imprimi.

Como o senhor acha que a partícula de Deus surgiu?‎

Não sei. Ainda não conheço e, pelo que sei, ainda não existe um modelo explicativo para o seu surgimento. Certamente, como todas as demais partículas, surgiu do campo primordial indiferenciado nos primeiros instantes do Universo.

Você se preocupa com o que as pessoas pensam ou falam de você? Devemos preocupar com isso? Por quê? Justifique sua resposta. Obrigado!‎

Não me preocupo e acho que não se deve preocupar. Porque ou as pessoas falam a verdade ou mentira. Se falam verdade, é isso que tem que ser dito mesmo. Se falam mentira, são mentirosas. E pessoas mentirosas não merecem a menor consideração.

Você já escreveu quantos livros? Quais são? Onde encontrar para comprar?‎

Tudo o que escrevo só é publicado na internet e não está à venda. Pode ser baixado de graça. Veja em meus blogs e no meu scribd. Links em meu site www.ruckert.pro.br. Fui o primeiro e, até agora, o único membro da Academia de Letras de Viçosa eleito em razão de minhas publicações na internet, além de meu trabalho de incentivo cultural feito quando ocupei cargos da administração da UFV.

O que acha que aconteceria caso o Ostracismo fosse implantado no Brasil? (Mesmo sendo algo tão antigo)‎

Acho que muita gente que é inimiga da democracia iria ter que deixar o país e viver no exílio. Em verdade, a maior parte dos atuais políticos são inimigos da democracia. Mas há muitos empresários inimigos da democracia também. Bem como militares e funcionários públicos. Todo mundo que acha que a vontade da maioria não deve prevalecer e sim a vontade do seu grupo teria que ser banida do Brasil por dez anos.

Afinal, existem buracos negros?‎

Sim, pelo que se pode inferir de várias observações. Mas são raros os que já foram identificados, que são os que constituem um sistema binário com outra estrela.

Professor, pq está sempre de gravata nas fotos?‎

Porque eu gosto de me vestir assim normalmente. Aprendi com meu pai e sempre tenho vivido desse modo. O que eu não gosto é de ter um "ar esportivo". Não uso tênis nem camisa de malha com escrito. Às vezes uso camisa pólo. É o meu estilo.

O que são comissões "ad hoc"?‎

Comissões adrede constituídas para a execução de um determinado serviço e dissolvidas quando ele fica concluído.

http://ask.fm/wolfedler/answer/115364108061 Somos o inverso do modelo pedagógico e infra-estrutural de escola pública que existe na Finlândia? (sempre em boas posições no PISA)‎

A questão da Finlândia não é tando quanto ao fato de ser um modelo diferente, pois não é tanto assim. A questão é mais de seriedade com que o trabalho educacional é levado adiante. E da qualidade do pessoal que faz esse trabalho, que é selecionado entre os mais destacados alunos das turmas. O magistério é uma atividade muito desejada, pois remunera muito bem. Inclusive melhor do que a médicos e engenheiros, por exemplo. Isso faz muita diferença

Ernesto, o individualismo é uma coisa boa, por que o sr vê o individualismo com maus olhos?‎

Acontece que o individualismo não é uma coisa boa. Se é que nossos conceitos de individualismo coincidem. Para mim individualismo é uma concepção egoísta em que a pessoa não se abre para o outro e a sociedade e considera tudo a partir de suas concepções. O individualista não é colaborador, não é participativo, não é solidário, não é empático. Note que não é o mesmo que introspectivo. Realmente não aprecio e não acho benéfica essa atitude. Se você considera que individualismo seja algo diferente que possa merecer encômios, apresente a sua concepção.

O mundo sem os EUA estaria uns 200 anos atrasado não acha?‎

Não. O que foi desenvolvido lá, teria sido desenvolvido em outro lugar, mais ou menos na mesma época. Poderia ter algum atraso, mas não passaria de uns dez anos.

Boa Noite, Os ateus acreditam na criação da terra a traves da ciência ?‎

Os ateus consideram que o Universo tenha tido um surgimento espontâneo e não que tenha sido criado por ninguém. A ciência busca explicar como se deu tal fato. Mesmo que ainda não tenha a resposta definitiva, os ateus consideram que só ela seja capaz de encontrá-la. Isso se aplica, também, ao surgimento do Sol, da Terra, da vida na Terra, da espécie humana e tudo o mais.

Ainda sobre o Anarquismo, por que é necessário que a família seja extinta?‎

Não é que se tenha que extinguir a família mas sim a exigência do modelo de família que existe atualmente, isto, é, pai, mãe e filhos. O que se quer é a liberdade de haver qualquer tipo de família, desde a família nesse modelo quanto outros, como a família de pais e mães do mesmo sexo, de mais de um pai ou mais de uma mãe ou mais de ambos. Ou de uma família coletiva. Todas essas possibilidade precisam ser admitidas como válidas. Cada um escolhe o modo como deseja manter seus relacionamentos conjugais, maternais e paternais. Sem um modelo padronizado. Com toda a liberdade de se ter relacionamentos gâmicos de qualquer tipo com qualquer pessoa. Só sexo, só amor, sem sexo, sexo com amor, com namoro ou sem namoro, com compartilhamento do lar ou não, com compromisso ou sem, com compartilhamento de responsabilidades ou não, com exclusividade ou não. Do modo que as pessoas quiserem que seja. O que não pode é haver qualquer tipo de relacionamento forçado, seja por que motivo for. E que ninguém dependa economicamente de ninguém.

" Uma pessoa só se torna um cidadão a partir do momento em que a ela vota, antes disso ela tem apenas o direito a cidadania" Concorda professor?‎

Não. Não é só o voto que caracteriza a cidadania. É o comprometimento com a coisa pública. Com a sociedade. Com o bem geral de todos. Em uma nação não democrática, em que não haja eleições, uma pessoa pode ser uma cidadã, mesmo sem votar. E numa democracia, mesmo que se recuse a votar, não necessariamente não é uma pessoa cidadã. Claro que o voto é uma grande manifestação de cidadania, sem a menor dúvida. Mas não votar não é falta de cidadania.