sexta-feira, 13 de março de 2015

Acerto

Os livros de divulgação cientifica conseguem traduzir precisamente os livros técnicos sem perder conhecimento? Ou escrever divulgação cientifica significa sempre dar uma visão mais genérica e perder conteúdo?‎

Sempre se perde algum pormenor ou não se aprofunda o suficiente. Isso porque o detalhamento e o aprofundamento requerem uma base de conhecimentos científicos da área e de áreas correlatas que o público leigo não tem. Por exemplo, para se entender completamente a Teoria da Relatividade Geral se tem que saber Geometria Riemanniana e Cálculo Tensorial, que são capítulos altamente especializados de Matemática, inclusive nem abordados em Cursos de Licenciatura em Matemática. Do mesmo modo para se entender a fundo e amplamente quase qualquer assunto. Não há escapatória para um mergulho profundo em conhecimentos de apoio àquele que se pretende saber, se se pretende saber pra valer.

O que você acha desses héteros que dizem que sexualidade é orientação e não de escolha? Todo mundo sabe que esses héteros que vivem na safadeza tiveram a OPÇÃO de ser héteros., se escolherem ser gays também serão. Aff bando de macho e fêmea hipócrita.‎

Sexualidade pode ser tanto uma orientação nata quanto uma escolha. Tanto é que há homens e mulheres homossexuais por natureza que fazem a escolha de serem heterossexuais e vice versa. Também há heterossexuais que escolhem a assexualidade, como certos religiosos e religiosas que, de fato, cumprem seus votos de castidade. Alguém até pode ser assexual e escolher viver heterossexualmente, por alguma conveniência ou imposição. Ou ser bissexual e se manter heterossexual por fidelidade conjugal. Todas as combinações são possíveis.

Você apoia as manifestações do dia 15 de março em prol do impeachment da presidenta Dilma?‎

Não. Não votei na Dilma e não estou gostando do governo dela. Mas não acho que seja o caso de "impeachment". Ele não se aplica a má gestão e sim a crimes do governante. Se ficar provado que ela está criminalmente implicada nesses escândalos de corrupção, então seria o caso. Por enquanto não. Pode-se até fazer algum movimento para que ela renuncie. Mesmo assim, não vejo, ainda, razão para isso.

Por que os resultados da mecânica quântica podem ser interpretados de maneiras tão diferentes?‎

Em verdade só há uma interpretação correta. Só que não se sabe, ainda, das que foram apresentadas, qual seja. É que a Mecânica Quântica fornece uma precisa descrição dos acontecimentos em nível microscópico (molecular, atômico e sub-atômico) sem, contudo, apresentar as razões pelas quais os fatos se dão como são descritos. Daí as várias interpretações. Algum dia, contudo, se achará um meio de testar qual interpretação seja verdadeira (ou se nenhuma das atuais o for). Veja isto:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Interpreta%C3%A7%C3%B5es_da_mec%C3%A2nica_qu%C3%A2ntica

Alguns Físicos, antes de os serem, foram médicos. Existe alguma justificativa ? Por exemplo, fora médicos para acumular dinheiro para depois se auto-patrocinar ?‎

Não é bem isso. Acontece que, anos atrás, não havia cursos de bacharelado, mestrado e doutorado em Física (nem em outras ciências), de modo que, quem desejasse ter conhecimentos científicos, teria que fazer curso de engenharia ou medicina.

Existe algo novo na mecânica clássica ou as pesquisas só estão voltadas para o mundo quântico ?

Sim, fenômenos referentes ao Caos são clássicos e consistem em um grande assunto de pesquisas atuais. Também são investigados fenômenos referentes à dinâmica de alguns corpos (mais de dois), mas não muitos, que caracterizariam o fenômeno como estatístico. Há pesquisas sobre se obter as leis da mecânica clássica a partir da análise estatística dos fenômenos termodinâmicos.

Prof, poderia a posição ser uma propriedade dos corpos ou partículas? Nesse caso o espaço físico seria um espaço virtual e as partículas não estariam contidas no espaço e sim serem detentoras de determinada "quantidade" de posição( no caso três dimensões de posição) . Não sei se me diz entender.‎

Sim, ficou entendido. Mas não é isso. Posição não é uma propriedade intrínseca das partículas, mas da relação de umas com as outras. A rede de afastamento mútuo entre elas é que fixa suas posições. Posição não é algo absoluto, mas relativo. Em geral as partículas não são paradas umas em relação às outras. Portanto a posição é mutável. E a especificação dessa posição não coincide se ela é referida a diferentes partículas com velocidades relativas. Em consequências os comprimentos também são relativos, bem como os intervalos de tempo, pois ao se falar de posição, também se está falando de afastamento temporal entre os eventos, pois não existe um espaço de posições independente dos momentos em que essas posições são estabelecidas. Daí também se ver que o próprio espaço, que é o conjunto de todas as possíveis localizações e o tempo, que é o conjunto de todos os possíveis momentos não são entidades de existência apriorística e sim emanadas do fato de existir um conteúdo no Universo que, então, define localizações relativas e intervalos de tempo entre as ocorrências de eventos que se deem com esse conteúdo. De certa forma é o que você está dizendo, só que a posição não é de uma partícula e sim das ênuplas de partículas e o espaço, como o tempo, não são virtuais, mas reais, mesmo não sendo substanciais.

Ernesto não sei se gosta de elogios, ha quem não goste por motivos justificáveis, ou não, mas, apesar de não saber... Vou arriscar, ousar em lhe dizer que te acho um ser humano muito bom e que muitas vezes, lendo suas resposta, me comovo com muitas coisas suas, seus pensamentos, sentimentos... Cont‎

Fico contente em ler isso, Taíza. Foi justamente para difundir esse espírito de ser bom, fazer o bem, buscar a verdade, difundir o conhecimento, incitar à reflexão, contestar valores caducos, batalhar pela liberdade, esclarecer muito assunto obscuro e fatos assim é que eu me dispus a despender parte de meu tempo respondendo estas questões do Ask e, antes, do Formspring. Pena que aqui não seja admitidos comentários nem revisões de texto e nem tenha um mecanismo de busca. Mesmo assim, é bom.

Referências sobre o Big Bang:‎

The Big Bang - Joseph Silk - Freeman
The First Three Minutes - Steven Weinberg - BasicBooks
The Inflationary Universe - Alçan Guth - BasicGooks
The Universe - John Brockman - Harper Perennial
A Brief History of Time - Stephen Hawking - Bantam Books
Big Bang - Simon Singh - Record
De que é feito o Universo? - Richard Panek - Zahar
Há muitos outros, por enquanto indico esses.
Na internet é só procurar por Big Bang no Google que se achará muita coisa. Especialmente na Winkipedia (em inglês é melhor).

Qual site o Sr. Pode me indicar para que eu possa ler toda prova sobre o Big Bang?‎

Não existem provas do Big Bang, pois se trata de uma ocorrência histórica. Todavia existem inúmeras indicações de sua ocorrência. As principais são o desvio para a extremidade vermelha do espectro da luz emitida por fontes longínquas, que é tanto maior quanto mais longe está a fonte. Outra é a existência da radiação de fundo de microondas. Outra, ainda, é a identificação de um período de inflação logo nos primeiros momentos da expansão (recentemente confirmado por observações da polarização da radiação de fundo, nos telescópios do Pólo Sul). Mais uma é a recente descoberta da aceleração da expansão. Bem como a proporção de hidrogênio e hélio nas estrelas mais antigas. Todos esses fatos, mutuamente confirmam que o Universo está se expandindo a partir de uma situação de extrema densidade de massa e energia. Note que a teoria do Big Bang não afirma nada a respeito do surgimento do Universo e sim de sua expansão. Não há, ainda, uma teoria sobre o surgimento do conteúdo cujo espaço continente começou a expandir no Big Bang. Esse conteúdo pode ter surgido, sem ter do que provir, sem causa e nem propósito, imediatamente antes da expansão. Ou a situação então pode ser o resultado final de um processo de contração do conteúdo de uma fase anterior do Universo.

Me parece que voce ignora o tom ironico/sarcastico de algumas perguntas que recebe e responde como se tivessem dito aquilo literalmente‎

Sim, sempre ajo assim. Em geral, não percebo mesmo a ironia. Talvez porque nunca faça uso dela, como nunca faço uso de sarcasmo, de indiretas, e recursos similares. Nem de metáforas eu gosto. Mas, às vezes percebo. Como detesto ironia, respondo como se fosse uma pergunta séria, para desconsertar a pessoa. Em verdade sou um tanto ingênuo, ou talvez bobo mesmo. Por exemplo, sempre confio nas pessoas, até prova em contrário. Suponho que todo mundo seja bom e uma pessoa do bem. Também acredito na sinceridade das pessoas. Ou seja, é muito fácil me tapear. Se percebo que estão mentindo, então explicito isso. Nunca finjo que estou acreditando sem acreditar. Se não acredito, digo que não e digo à pessoa que está mentindo. Esse é o meu modo de ser. O que eu considero é que a pessoa possa não ter percebido claramente a verdade e esteja acreditando que seja verdade algo que não seja. Mas é muito difícil eu achar que alguém esteja deliberadamente mentindo.

Durante sua juventude,você chegou a conhecer algum ex escravo idoso? Que pela sua idade,não acho que deva ser difícil.‎

Não. Acontece que, em geral, ex-escravos os havia na zona rural e eu fui um menino totalmente urbano. Não tinha nenhum parente rural.

Professor, é melhor estudar em faculdade particular ou pública?É muito difícil estudar sozinha em casa para passar no vestibular?Boa Noite.‎

As públicas, em geral, são melhores. Mas há particulares boas também, dependendo do curso. Pode-se, perfeitamente, estudar sozinha para o vestibular ou o ENEM. Mas é preciso saber o que vai cair e ter bons livros textos, além de muita disposição para ir a fundo nos estudos, sem descanso. O que falta é ter um professor para esclarecer as dúvidas. Na falta dele, o que resolve é ter mais de um livro, pois o que um não explica bem, outro o pode fazer. Não tendo condições de comprar, estude em bibliotecas.

Você, assim como eu, considera Jesus como um ditador? Ele criou sua religião em cima do Judaísmo e ainda intensificou as leis de Moisés, além de ter sido um potencial terrorista já que disse que ia destruir o templo?‎

Se existiu e foi quem os evangelhos dizem que foi, Jesus foi um herege do judaísmo, como Lutero o foi do catolicismo. Não me consta que ele iria destruir o templo. Não o considero como terrorista, mas um revolucionário. Só que não em armas, mas com palavras. O que discordo dele é sua consideração em ser divino, bem como o resto de suas pregações referentes a realidades sobrenaturais. Mas a parte referente à fraternidade, à compaixão, às virtudes, acho bem válida e, inclusive, busco seguir. Não como preceitos cristãos, mas como preceitos humanistas que o cristianismo incorporou, do mesmo modo que outras religiões o fizeram. Não para obter a salvação, mas para fazer o mundo melhor.

Ernesto o que você acha dos ensinamentos de Buda?‎

Muito proveitosos em muitos aspectos, mas não em todos. Do mesmo modo que os atribuídos a Jesus, a Lao Tsé (possivelmente da lavra de Chuang Tsu), a Krishna (no Bhagavad Gita, da lavra de Vyasa), a Confúcio, a Zaratustra ou, até, a Maomé e a Allan Kardec. Se tirarmos deles as menções a realidades sobrenaturais, a uma vida eterna e coisas do tipo, as prescrições morais que ficam, em todos eles, são de grande valor. As de Buda, especialmente, são muito proveitosas.

Professor, me diga uma forma de obter muito conhecimento. Mas qualquer um! Quero estudar coisas aleatórias.‎

Qualquer conhecimento se obtém, para começar, lendo-se a respeito. Mas em várias fontes, inclusive com opiniões divergentes (isso é muito importante). Depois estudando, que é algo mais profundo. Meu conselho é escrever uma apostila sobre o que se quer aprender, como se fosse ensinar aquilo. Se você quiser aprender russo, se candidate a ser professor de russo e peça seis meses de prazo. Depois praticando, trabalhando no assunto, metendo a mão na massa, fazendo mesmo. Mas com compromisso, do tipo, se der errado leva prejuízo monetário, vai para a cadeia ou morre. Por exemplo, se em seis meses você não aprender o russo vai ter que pagar uma multa de cinco mil reais. Isso obriga a saber de fato, para fazer certo.

Historias pessoais de pessoas sobre o sobrenatural devem ser colocadas como ?‎

Impressões subjetivas que têm toda a aparência de realidade mas são falsas. A pessoa não mente e nem está dizendo a verdade. Ela acha que seja verdade e não é. Sobrenatural não existe, pois se existisse teria que ser objetivamente verificado e só existem testemunhos subjetivos sobre ele.

Bom dia classe média vitima do sistema opressor capitalista materialista machista feminista nazista comunista eletricista sadomasoquista \0/‎

Bom dia classe média vitima do sistema opressor capitalista materialista machista feminista nazista comunista eletricista sadomasoquista \0/‎

O que te fez desacreditar da fé e virar ateu?‎

O estudo de religiões, de filosofia, de física, de biologia, de cosmologia, de neurociências, de evolução, de história. E a reflexão em cima de tudo o que estudei. Acontece que sou uma pessoa que adora estudar tudo e que mergulha fundo em tudo o que estuda. Isso leva a uma visão muito crítica da fé e, principalmente das religiões. Elas não resistem a uma análise aprofundada de suas razões de ser. É o que recomendo a todo mundo e que os líderes religiosos não gostam que seus fiéis o façam. Mas nem todo mundo tem tanto gosto por estudo quanto eu. Especialmente estudar algo que não é pedido pela escola, não cai em exame nenhum, não cai em vestibulares e no ENEM, não tem utilidade prática imediata e dá muito trabalho.

Ernesto você acha que os tempos estão muito mudados,nada é como antes?‎

Exatamente. A sociedade está sempre evoluindo. Isso vem acontecendo desde que a humanidade existe. Cada geração vive em um mundo mudado em relação ao da geração anterior. Essa reclamação de que a juventude de hoje está mudada em relação à juventude do tempo em que os adultos de hoje eram jovens é uma reclamação que se faz desde a antiguidade. E que será feita pelos jovens de hoje quando forem adultos em relação aos jovens de amanhã. Os tempos estão mudados sim e sempre mudarão como sempre mudaram. E isso é que é bom.

Ernesto, para calcular a velocidade de um elétron em um circuito (9V/4,5A), eu calculei a energia potencial elétrica gasta durante 1s e a converti em energia cinética usando a massa do elétron. Só que o valor que achei para a velocidade deu absurdamente grande 9,42.10^15m/s. O que está errado?‎

Duas coisas: para começar esse seu cálculo valeria para elétrons em movimento no vácuo e não dentro de condutores materiais. Nesse caso o cálculo é bem diferente e muito mais complexo. Depois, mesmo no vácuo, tem que se levar em conta a variação relativística da massa do elétron com a velocidade que ele vai adquirindo, o que também complica os cálculos. Ou seja, a equação de conservação da energia mecânica não relativística que você usou só vale para velocidades pequenas em comparação com a da luz e, nos condutores materiais, a energia mecânica não é conservada, pois há dissipação de calor pelo atrito. Isso é estudado em Física no nível superior.

Imposto é um roubo quando a pessoa não é beneficiada à altura de sua contribuição?‎

Não. Imposto é uma forma de distribuição de renda. É para cobrar mais de quem tem mais para beneficiar mais quem tem menos mesmo. Quem tem muito se vira por conta própria. O estado tem que cuidar é de quem tem menos, exatamente tirando de quem tem mais. Essa é a filosofia que, na prática pode funcionar distorcida. Mas é o que deveria acontecer.

Qual a sua opinião sobre alguns pais terem uma certa resistência em deixar — ou não deixar — suas filhas visitarem a casa dos namorados e achar que é dever deles, e somente deles, virem na casa da namorada?‎

Uma bobice que advém do fato de considerarem que, na casa do namorado, eles poderiam dormir juntos e transarem e na casa da namorada, sob a vigilância dos pais, isso não aconteceria. Ora, qualquer casal de jovens adolescentes que quiserem transar o vão fazer, seja onde for. Por outro lado, qual o problema de deixar os namorados transarem? O que parece é que os pais têm medo do que os outros vão dizer e aceitam que os jovens tenham transado se eles o fizeram sem a sua permissão, mas não dão a permissão (pelo menos os pais das meninas). Isso é o cúmulo.

Você acredita em retrocausalidade - a ideia de que coisas que acontecerão no futuro podem influenciar o passado?‎

Não, exceto em situações especialíssimas em que um campo gravitacional de extrema intensidade possa construir curvas tipo tempo fechadas, como dentro do horizonte de eventos de um buraco negro. Caso contrário, todas as curvas tipo tempo do espaço tempo se encontram no interior de um cone de luz e se dirigem do passado para o futuro, impedindo a retrocausalidade. Leia o livro "Máquina do Tempo" de Mário Novello.

Porque eu devo ganhar mais que uma mulher exercendo a mesma função: https://www.facebook.com/oexbonzinho/posts/1615624011983791 ... http://vidaeestilo.terra.com.br/homem/homens-ganham-mais-que-mulheres-por-serem-competitivos-diz-pesquisa,0208518b2b137310VgnCLD100000bbcceb0aRCRD.html‎

Competitividade não é algo bom. O bom, para um projeto de mundo melhor, é a colaboração, a solidariedade. Um dos aspectos pelos quais o capitalismo é ruim é porque é competitivo e não compartilhativo. O bom para o mundo como um todo é que todos compartilhem suas descobertas e seus conhecimentos, para que todos tenham proveito delas e deles, e não apenas quem as obteve ou os obteve. A competição beneficia uns em detrimento de outros e a colaboração beneficia todos. Por isso, mulheres são melhores do que homens no trabalho, justamente por serem menos competitivas e mais colaborativas e compartilhativas. Note que quanto digo que o capitalismo seja ruim não estou dizendo que o bom é o socialismo. Esse também é ruim. O bom é o comunismo, em que o estado é abolido, bem como o trabalho assalariado e todos se tornam capitalistas, o que derruba o capitalismo, pois capitalismo não a doutrina que considera a existência do capital e sim que considera que o capital está nas mãos de alguns e não de todos.

Você deseja aprender a programar de qual maneira?‎

Ainda não sei programar esses novos recursos para construir páginas da WEB, como php, css, xhtml, e outras. Também queria saber elaborar programas de manipulação de imagem e de som, como, por exemplo, converter arquivo wav em arquivo mid. Ou rastreador de imagem para converter arquivo bmp em arquivo wmf. Ou programar em linguagem de máquina para chips dedicados em robótica.

No meu estado, doar sangue gera isenção em taxas de inscrição para concursos públicos, no entanto tal benefício só é dado a quem doou voluntariamente sem destinar a alguém. Se você destinar a algum doente, tal doação não conta para a isenção das taxas. Isso não é um absurdo, ou estou enganado?‎

Não acho que seja absurdo não. A questão é que as doações com destinatário definido são comuns mas o difícil é ter sangue para quem não tenha ninguém disposto a doar para ele, especialmente pessoas mais pobres. Acho válido essa isenção como meio de estímulo a doações voluntárias sem destinatário definido. Isso é que está em falta.

http://ask.fm/wolfedler/answer/124697123613 como você disse nessa pergunta, nem todo acontecimento precisa de uma coisa,logo não necessariamente Deus foi criado, é perfeitamente possível que ele sempre tenha existido.‎

A existir Deus, ele não poderia ter sido criado, senão quem o criou é que seria Deus. Mas poderia ser que ele tivesse surgido sem ter do que provir, por acaso, sem causa e nem propósito, como se considera que se deu com o Universo. Daí, tendo surgido, poderia ser que ele tivesse criado o Universo. Ou seja, mesmo considerando que Deus seja incausado, não é preciso considerar que seja eterno para o passado. Todavia não há razão nenhuma para supor que tenha surgido um Deus que, então, criou o Universo. Basta considerar que o próprio Universo já surgiu sem ter sido criado.

Não me contento com pouco conhecimento, por essa razão sou um autodidata! Mas ultimamente estou pensando em prestar uma faculdade. Gosto de filosofia, ciência e tecnologia. Seriamente não sei o que fazer. Gosto de todo tipo de conhecimento! O que fazer? Qual área é mais interdisciplinar?‎

Você deve fazer um curso de Filosofia, que é o assunto mais abrangente possível. Um filósofo tem que ser entendido de todos os assuntos em um razoável nível de profundidade. De todas as áreas: humanas, exatas, biológicas e aplicadas.

Também concordo que o anarcocomunismo não pode ser imposto (por meio de uma "revolução", ou algo assim), e sim por meio de uma "evolução"... Mas revoluções, no geral, são importantes/úteis em situações específicas? Como por exemplo, para derrubar um sistema ditatorial?‎

Nesse caso, sim. Não só é algo aceitável, como recomendável, já que uma tirania é inaceitável. Mas é preciso que a tirania, tão logo derrubada, seja substituída por uma verdadeira democracia e não por outra tirania dos vencedores, como aconteceu na União Soviética e em Cuba, por exemplo.

Muitas pessoas me procuram aqui no ask para pedir conselho em relação a paixão pelo melhor amigo. Diga-me, alguma vez se apaixonou pelo seu melhor amigo (a)? Fala sobre.‎

Sim, isso é perfeitamente normal e, aliás, muito bom. Porque a paixão, quando aliada á amizade e à admiração, leva a um amor mais sedimentado, em que todos os fatores colaboram para sua realização plena, desde a atração sexual à estima fraterna. A primeira pessoa por quem me apaixonei foi uma colega de faculdade que era minha grande amiga, bem como colega de trabalho e companheira de estudo. Adorávamos discutir filosofia, música clássica, artes plásticas, matemática, física, astronomia, cosmologia, psicologia, política, economia (essas últimas em um plano filosófico), sociologia e tudo o mais.

Você acredita na teoria das cordas? O que acredita que existia antes do big bang ocorrer?‎

Não é uma questão de acreditar e sim de verificar. E ela ainda não foi verificada. Se o for, quando o for, se tornará o modelo padrão do comportamento fundamental da natureza. Por enquanto é só uma proposta. Pode ser que não seja confirmada. Meu palpite é que não seja. O Big Bang foi o início da expansão atual do Universo. Não se tem uma teoria adequadamente formulada de modo testável sobre o que havia antes. Pode ser que antes se teria uma situação correspondente a um estágio final de uma contração de um ciclo anterior de expansões e contrações de um Universo eterno. Ou pode ser que o conteúdo que começou a expandir tenha surgido, sem ter do que provir, sem causa e nem propósito, imediatamente antes do Big Bang. Aceito mais essa segunda hipótese, mas ainda não se encontrou uma forma de verificar.

Qual a diferença de um Computador normal para um quântico ?‎

Em um computador normal a transmissão de sinais dentro dos chips é feita por deslocamento de cargas ou de "buracos (lugares sem carga)" na estrutura cristalina, o que demanda um lapso de tempo, por menor que seja. Em um computador quântico isso seria feito por comunicação da alteração do estado de uma parte para outra de um sistema quanticamente emaranhado, o que seria instantâneo, além de poder ser feito entre regiões afastadas e de muito menores dimensões, inclusive com quase nenhuma dissipação de calor. Todavia tais chips ainda não foram feitos, nem em escala piloto.

É contraditório um anarco-comunista se candidatar para algum cargo político?‎

Teoricamente sim. Todavia, como anarquia não é uma situação que possa ser imposta (senão não é anarquia), o caminho para alcançá-la necessariamente passará por vias políticas. Então se torna válido uma pessoa anarco-comunista exercer um mandato político para, dentro da política, propor medidas que avancem no sentido de, por um lado, diminuir a ação do estado e do governo na sociedade e, por outro, promover a distribuição de renda e a igualdade de oportunidades, direitos e deveres de todos na sociedade. À medida que tudo isso for sendo alcançado, as condições para que o governo e o estado deixem de existir, espontaneamente, por falta de necessidade, vão sendo estabelecidas.

Professor, como se determina a frequência natural de estruturas e construções?‎

A partir da massa e da elasticidade dos componentes. Mas isso depende da forma estrutural e, dependendo do caso, o cálculo se torna muito complexo. Por isso se fazem maquetes que são testadas em túneis de vento ou em simuladores de terremotos.

Em experimentos pessoas lançam balões meteorológicos,preenchidos com gás Hélio, para a atmosfera e acoplam uma câmera para registrar o feito, Você acredita que seja possível mandar uma câmera para a atmosfera, com várias camisinhas enchidas com gás Hélio? afinal o material é o mesmo do balão (látex)

Não porque a espessura da parede da camisinha é muito fina e arrebentaria quando a pressão externa fosse diminuindo e a interna a inflasse. Além do mais seria muito mais trabalhoso enchê-las todas do que encher um balão só.

Vejo muitos cientistas dizerem que o Big Bang foi uma explosão (ao invés de expansão) ou que tudo é feito só de matéria, ou então matéria e energia. Você acha que isso ocorre por deslize, por facilitação, por considerar irrelevante ou por desconhecimento mesmo?‎

Geralmente é para ser mais acessível ao público sem maiores noções científicas. É muito comum considerar que energia seja uma entidade e não uma propriedade, como é. Há cientistas que dizem que o Universo seja feito de matéria e energia. Em geral o que eles querem dizer é que seja feito de matéria e campo, nele incluindo a radiação, que denominam impropriamente de "energia". Mas eles sabem que não é isso. Todavia se disserem que é feito de matéria, campo e radiação vão ter que explicar com mais detalhes, o que pode confundir as pessoas. Mas eu não gosto de dizer coisas erradas só para não complicar. Prefiro complicar. Essa da explosão também é para não complicar, pois há quem não consiga entender que algo não pode explodir e avançar para um espaço que não existe. Há quem não consiga entender que "nada" não contém nem espaço vazio. Pensam que antes do existir o conteúdo do Universo havia espaço vazio. Não entendem que o próprio espaço é um constituinte não substancial do Universo e não havendo Universo também não há espaço. Isso tem que ser divulgado à exaustão, como sempre faço.

As moradas celestiais foram descritas em todas as tradições religiosas do mundo. Sem dúvidas, viver num mundo o qual prazeres sensuais estão maximizados é algo desejável para a maioria das pessoas. Você acredita ser possível construir um paraíso na Terra? Que devemos fazer para alcançá-lo?

O sonho do paraíso terrestre é acalentado por quase todas as pessoas. A desilusão com a sua obtenção leva à aspiração por um paraíso celeste, numa pretensa vida após a morte. Eu mesmo, quando acreditava em Deus, ansiava por minha morte para poder fruir a bemaventurança eterna, na qual antevia infindáveis conversas com Deus para satisfazer minha curiosidade de saber tudo a respeito de tudo. Agora que sei que isso não existe, foco minha ação na consecução de um projeto de mundo paradisíaco, a ser atingido pela humanidade em um processo evolutivo gradual, ao fim de dezenas de gerações. Isso é perfeitamente possível e se pode envidar esforços para se chegar lá em menos tempo, isto é uns poucos milhares de anos apenas, por meio de ingentes esforços educacionais, no sentido de se mudar a mentalidade e a cosmovisão das pessoas do mundo todo, para que passem a viver de modo fraterno, com justiça, equidade, solidariedade, cooperação, generosidade, altruísmo, diligência, bravura, nobreza, honestidade, em suma, num estado de elevada virtude pessoal e social. Especialmente com muito amor, sem inveja, sem ganância, sem preguiça. Isso pode vir a acontecer e, certamente virá, pelo esforço de cada um no sentido de mudar o outro. O mais importante é se despir totalmente do egoísmo, o pai de todos os vícios. Assim se construirá o paraíso na Terra. Um paraíso que dispensará a existência de exércitos, de polícia, de juízes, de advogados, de presídios, de dinheiro, de propriedade, de governos, de estados, de leis. Depende de cada um se dispor a colaborar sem querer nenhuma retribuição. Porque não verá o retorno em sua vida, mas estará obrando para o futuro.

A inteligência de uma pessoa pode influenciar no gosto musical dela?‎

Indiretamente sim, pois uma maior inteligência, em geral, conduz a um nível cultural mais elevado, se a pessoa tem a oportunidade de desenvolver academicamente a inteligência em estudos de nível superior ou além deles. Por sua vez uma pessoa inteligente, em geral também, acaba adquirindo uma cultura mais ampla e eclética, versando-se sobre vários assuntos, dentre os quais, música, seja qual for sua área de atuação. E quem seja versado em música, toma contato com os vários gêneros musicais, acabando por apreciar os que sejam mais elaborados, mais "cerebrais". Nisso começa a ver a beleza estrutural da música, da poesia das letras, do encadeamento melódico, da harmonização do acompanhamento instrumental, da nuance dos timbres utilizados, do fraseado musical e todos os demais aspectos que compõe a música, percebendo, também, o contexto histórico em que se insere. Isso é mais um resultado não da inteligência em si mesma, mas de todo o contexto cultural que o fato de ser mais inteligente acaba acarretando na história de vida da pessoa. Todavia tais considerações não são fatais, podendo haver pessoas inteligentes de todos os gostos musicais.

O bacharelado é mais amplo em conhecimento do que a licenciatura? Pra ser pesquisador qual dos dois devo fazer?‎

Depende do aspecto em questão. O bacharelado é mais amplo e mais profundo em conhecimentos específicos do assunto do curso. A licenciatura, por sua vez, é mais ampla e mais profunda em conhecimentos relativos ao processo de aprendizagem. Para ser pesquisador em ensino é preciso fazer licenciatura. Para ser pesquisador no assunto do curso, é preciso fazer bacharelado. Eu recomendo que se faça ambos, pois o pesquisador, em geral, lecionará e o professor, mesmo da Educação Básica, deve saber muito mais do que tem que ensinar. Para ser pesquisador, isto é, cientista, não basta, contudo, fazer apenas o bacharelado, tem que fazer o doutorado e, para fazê-lo, há instituições que exigem que se tenha feito o mestrado.

"Se o universo Surgiu por obra do acaso , eu Big Bang, queria Saber como Surgiram os elementos que Fizeram tal explosão? " pergunta feita, copiada e colada.‎

Isso não se sabe, como não se sabe como Deus teria feito tudo o que existe a partir de nada, caso assim o fora. Uma vez, contudo, que Deus não existe, ou o Universo sempre existiu, ou surgiu, sem ter do que provir, sem causa e sem propósito. O surgimento de algo a partir de nada, se não havia nada, não é proibido por nenhum comportamento natural, pois não havendo nada, não há comportamento a ser observado. Portanto pode acontecer de surgir tudo sem provir de nada. E causa não é uma necessidade para eventos, nem agora que já existe algo, mormente se nada existe.

A VENTURA DA MORTE‎

Quando eu era pequenino,
menino, tão bonitinho,
garotinho, inocente,
tão crente, tão confiante,
galante, inteligente,
em gente, bem convincente,
que mente, coro fazendo,
dizendo, com bom juízo,
que o paraíso, depois da morte,
com sorte, tinha certeza,
com presteza, eu desejasse,
chegasse, sem alarido,
aos queridos, que muito amava,
não restava, exceto fossem,
que fossem, com alegria,
não tardia, mas celerados,
levados, de modo doce,
que trouxe, pra sua sorte,
a morte, tão desejada.
Ernesto von Rückert

"A ignorância é uma bênção"?‎

De modo nenhum. O bom é saber o máximo possível de tudo. Porque assim se pode agir para consertar as imperfeiçoes do mundo. E levar uma vida mais plena de significado.

A natureza é perfeita? Caso a resposta seja não, argumente, por favor.‎

Claro que não é. Para começar, existem doenças. E existem catástrofes, desastres. Existem inadaptações de muitos seres. Leio o livro "Criação Imperfeita" do Marcelo Gleiser.

Olá amigo. Saudades! Lamento pela ausência, ousei-me viver intensamente. A vida e seus desafios vieram ao meu encontro, mas já, eu, de braços abertos, já estava. Retornei como aprendiz, aliás, todos somos. Seguimos caminhos quase idênticos, eu busco respostas. E você?

Pois é, Luísa. A questão é que há que se viver sem respostas mesmo. A vida é uma correnteza que não tem um leito onde se sabe por onde vai passar nem onde vai dar. Mas estamos mergulhados nela e precisamos fruir o prazer da viagem. O importante é que nos demos as mãos para irmos juntos, uns aos outros nos apoiando, sempre amando. Que promovamos mais encontros, mais doações. Que absorvamos todas sensações e todas as lições. E que também sejamos mestres e exemplos. Assim, não importa por onde formos e nem onde vamos chegar, estamos vivos e nossa vida é plena e luminosa. Às vezes achamos respostas, mas não importa. O que mais importa é que sempre tenhamos curiosidade e façamos muitas perguntas. Que busquemos as respostas sem ansiedade de as acharmos. E que, quando acharmos, as acolhamos com júbilo e nos moldemos a elas. Mas que não nos moldemos ao mundo como é por conveniência e sim façamos uso de tudo que aprendemos em nossas inquirições para aperfeiçoá-lo no que conseguirmos. Assim todos navegarão pela vida com mais proveito e nossa consciência se aplacará em sua ânsia de ver em tudo um sentido. Só há um sentido para a vida: simplesmente viver.

Acho que a ciência e a arte se complementam. Relacionando psicologia e literatura, por exemplo: a psicologia vai descrever os comportamentos objetivamente, suas causas e motivações. Na literatura poderemos ve-los de uma forma cotidiana, perceber como se encaixam na nossa vida humana. O que pensa?‎

Isso mesmo. Inclusive os grandes escritores foram e são excelentes psicólogos e sociólogos. Porque eles dominam esses conteúdos na prática e escrevem tramas em que eles se manifestam com extrema maestria. Do mesmo modo que cineastas, músicos, pintores e outros artistas. Isso não vale só para psicologia e sociologia, mas também para filosofia e ciências exatas e biológicas. Por outro lado, fazer ciência é como criar uma obra de arte. Extrair o conhecimento da observação do mundo é um dom artístico.

Ernesto, gostaria de saber como o Senhor faz para dominar (dê dicas, por favor) uma matéria que não possui muita aptidão. Além disso, como o Senhor têm a consciência de que está dominando a matéria ou assunto? Obrigado

O jeito é "meter a cara" pra valer, em abrangência e profundidade, dedicando muito tempo e esforço para entender, compreender, se habilitar a usar e aplicar todos os conhecimentos referentes ao tema. A melhor forma de, realmente, aprender algo e se propor a ensinar isso, com um compromisso real e inescapável de saber para ensinar dentro de um prazo exíguo. Então se fica sem dormir e sem comer para aprender e se aprende. Já fiz isso para, por exemplo, aprender Corel Draw. Me propus a dar um curso e escrever uma apostila num prazo de um mês. Devorei um manual de mil páginas e escrevi uma apostila ilustrada em Corel, de 200 páginas em um mês e comecei a dar o curso dominando o Corel completamente. Assim é que se tem que fazer. Você vai saber que sabe se for capaz de responder sem vacilar a todas as perguntas dos alunos do curso.

Professor, sobre os seres inteiramente sólidos nos quais não tem a mobilidade interna. O senhor acredita numa consciência por trás deles? Não uma que tenha levado a como estão, como muitos já arriscaram. Alguma consciência no momento presente exercendo uma influência direta, como a vontade por exemp

Não vejo como algum ser vivo possa ser inteiramente sólido. Mas pode haver um ser não vivo como um robô, inteiramente sólido e com consciência. Isto é, um artefato consciente. A consciência é uma propriedade de mentes que são ocorrências que podem se dar em artefatos. Mas isso requer uma complexidade imensa que a tecnologia humana ainda vai demorar muitos séculos para alcançar. Tal tipo de coisa não existe ainda. A não ser que tenha sido feita por alienígenas. Só que não acho que alienígena inteligente nenhum tenha tido contato ou visitado nosso planeta.

Professor, um número imaginário puro pode ser um número irracional?‎

A parte imaginária de um número complexo é um número real que pode ser irracional. Mas o número complexo cuja parte real seja nula, isto é, um imaginário puro, não é dito racional nem irracional. Sua parte imaginária é que seria.

Ernesto(se me permiti chama-lo pelo nome),Concernente a pergunta do Vitor Barbosa sobre "lições de fisica" do feynman,O que o senhor quer dizer com "pormenores abordados nas disciplinas especificas"?Tem como citar que matérias de física seriam esses "pormenores"?Mecânica Quantica?‎

O estudo específico da Mecânica Quântica envolve muito mais técnica matemática do que é passado no livro do Feynman, especialmente no que diz respeito a álgebra de operadores, métodos de diagonalização de matrizes, espaços vetoriais complexos, espaços de funções, métodos de perturbações para solução da equação de Schrödinger e de Dirac em vários contextos, métodos de análise de espalhamento e espalhamento inverso para investigação da estrutura dos potenciais das interações. Aplicações de métodos de Função de Green em vários contextos. Na Teoria Quântica de Campos e na Física de Partículas Elementares existem, ainda, vários tópicos mais avançados do que o Feynman aborda, como as integrais de caminho (que, aliás, foi o Feynman que introduziu) e outras técnicas.

Vale a pena viver sem sexo para alcançar a iluminação?‎

Não vale a pena viver sem sexo e nem a vida sem sexo leva à iluminação. De onde vem essa ideia esdrúxula? Sexo, inclusive, é uma forma de elevação. Claro que não um sexo vulgar e chulo, mas um sexo requintado e transcendental. Como bem sabem os hinduístas. O cristianismo, infelizmente, colocou o sexo como um pecado, só o admitindo para a procriação, desde que feito sem prazer. Que estupidez! Não é para ser uma pessoa luxuriosa, libertina ou depravada, mas é para ser uma pessoa sensual, amorosa e, mesmo, fogosa na prática do sexo, com todo o desvelo, dedicação e entusiasmo.

Pretendo começar uma graduação de Física depois que me formar na atual e fizer um mestrado. Terei cerca de 28 anos. Talvez fazer licenciatura à noite enquanto trabalho de dia, e depois complementar com bacharelado. Isso será possível?

Claro que sim e é uma ótima ideia. O que você está fazendo agora? Sou suspeito de dizer, mas digo que a Física é a ciência mais abrangente, profunda e completa. Ela é a base do todo o resto. Apenas a Filosofia não se reduz a ela. E, geralmente, um físico costuma conseguir ser um entendido em qualquer outro assunto, mas os entendidos em outros assuntos raramente são entendidos em Física. Além dos conhecimentos precípuos que abrange, o estudo da Física é a melhor forma (inclusive mais do que o de Matemática) de disciplinar o raciocínio, porque também acrescenta a intuição como ferramente imprescindível. Bem como estimula comportamentos éticos de respeito à verdade acima de qualquer conveniência. Física é um assunto delicioso, estimulante, extremamente gratificante e compensador. Não em termos financeiros, mas em termos de satisfação pessoal e de conferir significado à vida. Sempre é bom fazer tanto a licenciatura quanto o bacharelado. E depois continuar pelo mestrado e o doutorado. Felicidades em sua empreita.

Já se deu conta de quantas pessoas se direcionam para sua vida de acordo com seus textos e pensamentos, e qual a real importância?‎

Sim. E é por isso que estou aqui. Entrei para o Formspring porque pessoas que liam meus blogs e eram meus amigos do orkut pediram que eu respondesse suas perguntas. Depois passei para o Ask porque o Formspring ia acabar. Estou plenamente convencido de tudo o que defendo, mesmo considerando que, com o tempo, posso mudar, como já mudei. Acho que este é um excelente lugar para defender minhas convicções ateístas e anarquistas e assim o faço com plena consciência do bem que estou fazendo para as pessoas e para o mundo. Da mesma forma que promovo a divulgação da filosofia, ciência e das artes. Que conscientizo todos dos valores éticos. Este trabalho se insere em meu projeto de educador que já lecionou mais de 16 mil horas de aula para mais de 4 mil alunos de nível médio e superior, sempre com essas concepções e considerando que o magistério não consiste apenas em transmitir conhecimentos e desenvolver habilidades mas, principalmente em formar caráteres, em aprimorar inteligências e sensibilidades, em incentivar a apreciação e a criação artística, em construir cosmovisões realistas, solidárias, altruístas e, principalmente, sonhadoras. Sonhadoras com um mundo justo, harmônico, pacífico, fraterno, aprazível e próspero para todos. Um mundo em que a humanidade se integre à natureza e a preserve. Um mundo sem pobreza, sem ignorância, sem doença, sem conflitos. Isso confere significado à minha vida. Tenho, pois, plena consciência do papel e da influência que exerço na construção desse mundo e na mudança dos paradigmas sociais que busco implementar, começando pelas mudanças de mentalidades pessoais. Espero que obtenha sucesso nisso tudo. Por pouco que consiga, já é uma colaboração que considero valiosa.

Prof, a coleção "lições de física" do Feynman cobre todo o conteúdo de um curso de graduação em física?

Não. A coleção do Feynman corresponde às disciplinas de Física Geral 1, 2, 3 e 4. Mas não desce aos pormenores abordados nas disciplinas específicas que são cursadas na segunda etapa do curso, depois das físicas gerais. Para a Física Geral o livro do Feynman é bem puxado, como o curso de Berkeley e o Alonso & Finn. É ótimo como uma bibliografia complementar para quem quer fazer um excelente curso de Física.

Oi, boa noite! Você acha que o homem tem ido à lua? Qual a sua opinião a respeito!? Desejando-lhe uma ótima semana com muita Paz e Luz. Fique com Deus.

Foi. Não tem ido mais. Mas as idas que ocorreram são fartamente documentadas. A concepção de que as viagens à Lua foram farsas não procede. Caso tivessem sido, os Russos, que à época eram rivais dos americanos, teriam denunciado a farsa. Eles eram capazes de rastrear as viagens.

Mas não há possibilidades de haver outros corpos que não precisem de água para sobreviver?‎

Seres inteiramente sólidos não permitem a mobilidade interna de suas moléculas para que participem do metabolismo que faz com que a vida aconteça. Por outro lado, outros solventes não possuem a propriedade da água de envolver os íons para que sejam transportados ao longo do meio dissolvedor.

Você concorda que "um homem de convicções resiste a mudanças"? Explique.‎

Não gosto de expressar sentenças que se refiram a seres humanos dos dois sexos usando a palavra "homem" e sim "pessoa", pois pode parecer que se esteja referindo apenas às pessoas do sexo masculino, que, infelizmente, em português, é expressa pela mesma palavra que designa a pessoa genérica da espécie. Quanto ao que está sendo dito, depende do tipo de convicções e do tipo de mudanças. Há convicções válidas e não. As que assim o forem, realmente, é preciso que sejam resistentes a mudanças. Todavia, a maioria precisa ser permeável a mudanças, desde que, certamente, para melhor. A pessoa refratária liminarmente a mudanças é uma pessoa obtusa. À medida que se vive vai-se aumentando o cabedal de conhecimentos, o que leva, naturalmente, à reflexão sobre as próprias convicções e sua revisão no que sejam incorretas ou inadequadas. Uma pessoa de bem, normalmente, evolui ao longo da vida e, portanto, muda suas convicções, exceto aquelas que são o sustentáculo de suas virtudes, como, por exemplo a primazia do bem sobre as conveniências e outras.

As pessoas hoje estão mais consumistas do que antes?‎

Sim, porque atualmente a propaganda tem uma penetração muito maior. Além do fato da televisão servir de vitrine para todo tipo de produto, o que desperta o desejo deles.

Assim como nós nos adaptamos com a temperatura da Terra, por que não pode haver outras formas de vida adaptados com o clima de Marte, assim como os outros planetas?

Porque são as temperaturas e pressões que permitem a existência da água e estado líquido, fator essencial para possibilitar um meio em que as substâncias se dissolvam e suas moléculas possam se encontrar para reagir quimicamente. A água é o solvente ideal. Por isso a busca por vida no Universo é, primordialmente, a busca por lugares onde possa haver água líquida.

Física é mais cálculo ou intuição?‎

Tanto um quanto o outro em grandes doses. Cálculo sem intuição e intuição sem cálculo não permitem resolver nada em Física. Tem que ter muita intuição mesmo e dominar muito bem a matemática. Não há escapatória.

Qual rede social que vc mais usa?‎

Este Ask. Depois o Facebook. E, muito pouco, o Google plus. Antes eu usei muito o orkut, desde que foi fundado até acabar. Usei também muito o Formspring. Entrei para o twitter, mas não uso mais.

Por que não existe vida em marte?‎

Porque o ambiente é extremamente hostil, sem água, com baixa pressão atmosférica, com grande amplitude térmica, sem efeito estufa. Pode ser que, no passado, tenha havido. Todavia, mesmo que tivesse havido condições propícias, não é necessário que, com isso, a vida surja. Pode surgir ou não.

o argumento de São Tomás de Aquino, usado por alguns crentes, é um argumento cosmológico?‎

Aquino reuniu cinco argumentos para pretensamente provar a existência de Deus: o cosmológico, o ontológico, o teleológico, o de causação e o de perfeição. Todos eles, contudo, são falaciosos. Veja isto:
http://www.brasilescola.com/filosofia/cinco-vias-que-provam-existencia-deus-santo-tomas-.htm
http://hypescience.com/5-argumentos-e-seus-contra-argumentos-para-a-existencia-de-deus/
http://psoethe.blogspot.com.br/2007/12/refutando-so-tomas-de-aquino.html

Acha que é possível existir vida que não seja baseada em carbono (de forma natural, não criada artificialmente) ?‎

Sim. Poderia ser baseada no Silício, outro elemento com a mesma capacidade combinante do carbono. Mas as condições ambientais teriam que ser outras, pois um ser de Silício teria muito mais massa, o que requereria um campo gravitacional mais fraco para que não tivesse muito peso. Todavia não tenho conhecimento de outro veículo como a água, para substrato dentro do qual as moléculas reagiriam para produzir energia, bem como para dar suporte ao volume dos corpos de modo não rígido, como é preciso que seja um sistema vivo. Mesmo artrópodos, que possuem exoesqueleto, têm partes moles para possibilitar uma articulação de seus corpos.

É impressão minha ou o você pode ser dito como um racionalista-empírico?‎

De certo modo sim. Mas eu não gosto de rótulo nenhum. Sou em parte isso, em parte aquilo. Não me enquadro totalmente em nenhuma concepção. E nem pretendo. Sou, apenas, eu mesmo. Concordo e discordo com pontos de todas as concepções políticas, ideológicas, econômicas, filosóficas, sociológicas, científicas, culturais e tudo o mais. Até religiosas, mesmo sendo ateu. Há quem diga que ecletismo é falta de substância intelectual e oportunismo ideológico. Não concordo. Se há um rótulo que pode me ser aplicado é o de "livre pensador". Portanto minhas opiniões não se alinham com escola nenhuma. Minha escola é só minha e, mesmo assim, vai mudando à medida que vivo e aprendo mais.

tu diz que a solução está na educação e na cultura. Tenho minhas dúvidas,achas que os alemães eram um povo de baixo nível educacional?. E no entanto, mas vestiram a bandeira do nazismo e mataram pessoas por serem diferentes, 50% dos médicos alemães aderiram ao partido nazista. Isto é preocupante‎

Eram sim. Tanto que embarcaram na conversa de Hitler. A educação deles ainda não era suficientemente evoluída para contemplar princípios universais de cooperação, fraternidade, altruísmo. Eles eram esnobes e convencidos de sua superioridade. Isso é falta de educação. A humanidade pode chegar a um nível de civilização elevadíssimo. Ela toda. Todos os povos do mundo. Claro que isso levará milênios para ser atingido. Mas é preciso que se comece já a incutir esse tipo de valores. Note que educação não é meramente instrução, cultura, habilidades, inteligência aprimorada. Educação é, principalmente, formação do caráter, desenvolvimento das virtudes, comportamento social benigno. Isso ainda não está suficientemente desenvolvido, mas já começa a prevalecer em muitos lugares. Um dia o mundo todo atingirá esse píncaro. Então a anarquia poderá ser estabelecida.

É possível a existência de algo no lugar de nada, de forma que não houvesse leis para governar esse ser? Seria o que chama de "caos" proibido?‎

Sim. Seria possível que o Universo tivesse surgido com um conteúdo cujas mudanças de estado não estariam sujeitas a regra nenhuma. Mas isso já seria uma regra. Como seria possível que o que existe funcionasse em observância a outras regras, diferentes das que vigoram no que existe atualmente. Ou, mesmo, que não tivesse surgido Universo e nada existisse. Não há proibição nenhuma a respeito das possibilidades para um Universo. Todavia, como surgiu, por acaso, um Universo que funciona de modo que pode ser descrito por certas regras, não é mais possível que se dê qualquer ocorrência em desacordo com elas. Isto é, não existem milagres e nem mágicas genuinamente mágicas.

Acreditar que podemos obter conhecimento com a sem recorrer aos sentidos?‎

Não. Quem seja privado de todos os sentidos de nascença não desenvolverá mente nenhuma. Se uma pessoa ficar privada dos sentidos em certo momento, poderá continuar a ter uma vida mental e gestar conhecimentos por raciocínio, com base nos registros de sua memória, referentes ao que já percebeu do mundo antes e ao que elaborou por raciocínio. Note que estou dizendo "todos" os sentidos, ou seja: visão, audição, olfato, paladar, tato, sentido de temperatura, equilíbrio, fome, sede, dor, cócegas, posicionamento corporal, micção, defecção e assim por diante.

Lí você dizendo que, quando escuta musica, fecha os olhos e não faz mais nada. Me lembrei de um texto que fiz para diciplina de Filosofia, o titulo era "Você escuta musica por lazer ou prazer?". Pena que eu perdi o texto, gostaria de mostrar pra você. :

Sempre que posso gosto de escutar por prazer, fruindo todas as sensações sonoras. Mas sempre estou ouvindo música, mesmo que não esteja escutando. Faço tudo com uma música ao fundo.

Por que não seria possível viajar pelo passado?‎

Porque o tempo decorre das alterações do estado do Universo. E qualquer alteração representa o avanço para um novo momento, futuro ao anterior. Isto é, em cada lugar, o tempo sempre avança, qualquer que seja o observador. O que se pode é observar que seu avanço seja mais rápido ou mais lento. Todavia é possível, no contexto global e não local, avançando-se sempre para o futuro, voltar ao passado ao longo de uma curva tipo tempo fechada. Isso pode ocorrer em uma situação em que o campo gravitacional seja tão intenso que encurve não só o espaço em uma superfície fechada, mas também o tempo em uma curva fechada. Leia o livro do Mário Novello: Máquina do Tempo.

Ernesto, comecei a pensar que todo ateu é por tabela agnóstico. O que acha sobre?‎

Pode ser ou não. Em relação à existência de Deus a pessoa pode achar que exista ou não exista (atéia). E pode achar isso com certeza tanto de que exista ou de que não (ateu gnóstico). Também pode considerar que não se pode saber que exista ou não, mesmo que ache que não exista (ateu agnóstico). Ou, como eu, não ser gnóstico nem agnóstico mas um ateu cético, isto é que acha que não exista Deus, sem ter garantia disso e também não achando que não se possa saber, só que não se sabe. Isto é, que é cético a respeito da existência de Deus.

professor,levando em conta a distancia sol - terra se ele tivesse massa suficiente para se tornar uma supernova como veríamos a explosão da terra,digo,a luz chegaria junto com a "onda de choque" (não sei se é o nome certo) ou chegaria uma depois a outra?‎

A luz chegaria antes. A onda de choque é sonora e tem uma velocidade milhares de vezes menor. Essa luz seria formada de raios gama, altamente letais. Todavia, antes da explosão, o Sol teria (e terá mesmo) se tornado uma estrela gigante vermelha, tendo inchado tanto que engoliria as órbitas de Mercúrio e de Vênus. Então ele aqueceria tanto a Terra que nenhuma vida poderia existir e toda a água dos oceanos evaporar-se-ia.

Qual composição química da inteligência? Como surgiu a inteligencia na matéria? Ou seja nós!‎

Inteligência não tem composição química pois não se trata de um sistema material e sim de uma situação, caracterizada pela número e pela disposição das ligações sinápticas, Tanto uma pessoa inteligente quanto uma que não o seja possuwm o mesmo número de neurônios com a mesma composição química, além das células gliais do cérebro. O que faz a diferença é o modo como os neurônios se ligam uns aos outros e a quantidade dessas ligações. Isso não é só uma condição genética, mas também pode ser estimulado por meio de exercícios neuróbicos, que promovem a formação dessas ligações. O surgimento da inteligência foi um processo gradual ao longo da evolução. Mas a inteligência não é uma exclusividade da espécie humana. Não só as que nos antecederam na evolução, nem apenas as que nos foram paralelas, como os Neandertais a possuíram, como também muitas espécies atuais a possuem em maior ou menor grau. Em verdade todos os animais a possuem em algum grau. Mesmo formigas.

Você também aprende com as perguntas que responde?‎

Muito, pois para dar várias respostas eu pesquiso.

So uma curiosidade: Uma estrela que vemos brilhar já pode ter sido extinta, correto? Isso se dá pela distância dada em anos-luz, correto? Se sim, podemos ver em questão de segundos(digamos: segundo-luz) coisas na terra que já não existem?‎

Na Terra, qualquer tempo de trânsito da luz demandará frações de segundo. Para vir da Lua à Terra a luz gasta cerca de um segundo. Do Sol, oito minutos. Se o Sol se extinguisse, ele ainda seria visto por oito minutos aqui da Terra. Ocorrências que se dão tem tempos muito curtos, como a formação de partículas elementares cujos decaimentos radioativos se dão em trilionésimos de segundo, realmente, quando são vistas, já não existem.

O que é momento de inércia?‎

A grandeza que mede o quanto algo oferece de resistência inercial a ter sua rotação alterada (inclusive começada ou parada). Seu valor é dado por uma integral (somatório de infinitos valores infinitamente pequenos) do produto de todos os elementos de massa pela distância ao eixo de rotação ao quadrado. Veja isto:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Momento_de_in%C3%A9rcia

Professor, o que acha do Mensa?‎

A internacional é interessante. A filial brasileira, pelo que andei assuntando, tem muita gente vaidosa e convencida. Para mim isso conspurca o valor de uma inteligência. Acho interessante que pessoas inteligentes se reúnam para colocar sua inteligência a serviço da humanidade. Mas sem bazófia e sem achar que sejam melhores do que os outros por serem inteligentes. A maior parte da inteligência de quem a possua não se deve a esforço nenhum da pessoa, portanto não é mérito dela e não se tem que gabar disso. Infelizmente foi o que vi nos mensanos brasileiros. Se for engano meu, ainda bem. Mas há uns assim.

Você considera a geografia uma ciência importante para o desenvolvimento tecnológico? Acha que existe espaço para pesquisa nessa área no Brasil? Gosto muito de química e sempre quis ser professora universitária, porém estou pra ser chamada em Geografia numa estadual e me bateram várias dúvidas.‎

Geografia é importante para o desenvolvimento econômico e social, para o que também é importante a tecnologia. Mas a geografia não é tão importante para a tecnologia. Além do fato de que o conhecimento geográfico, tanto nos aspectos humanos quanto naturais, é de imensa importância para que cada um conheça o mundo em que se situa. Geografia é essencial para se entender história, bem como os fenômenos naturais que interferem na vida humana, tanto da atmosfera quanto dos oceanos, dos rios, das florestas, dos desertos e tudo o mais. Acho Geografia fascinante. Meu pai era professor de geografia e história e eu, desde criança, adorava estudar em seus livros de nível superior, mesmo ainda estando no ensino fundamental. Tanto que minhas melhores notas eram em geografia que, quase sempre, fechava as avaliações.

Você fala muito "nunca"?‎

Não. Há palavras que evito dizer: nunca, sempre, tudo, nada, todos, nenhum, todo mundo, ninguém. Quando for o caso, digo, "quase" sempre, nunca, tudo, nada, todos, nenhum e similares. Acontece que, raramente, algo se enquadra na abrangência dessas palavras.

É impressão minha ou as pessoas de fato pensam errado?‎

Há pessoas que pensam errado e há pessoas que pensam certo. Estou me referindo à forma de pensar e não às opiniões, já que, nesse caso, as que sejam certas ou erradas variam com a concepção de cada um. Infelizmente nosso processo educacional não se debruça sobre o modo correto de raciocinar, o que deveria ser objeto de estudo em Filosofia. Mas em Filosofia só se estuda História da Filosofia, não se aprendendo a filosofar. Uma lástima decorrente da estrutura dos exames admissionais ao nível superior, que não contemplam uma forma de se avaliar se se pensa certo ou errado, já que isso fica difícil de aferir em provas objetivas.

Como o senhor escolheu sua carreira ? Estou em duvida quanto a isso e queria uma ajuda sua, pois tenho uma grande duvida e medo de acabar escolhendo errado. ja pensei em fazer mais de dez cursos diferentes, e isso me deixou mais confuso. Obrigado‎

Na adolescência pensava em ser arquiteto ou engenheiro mecânico, pois eram duas atividades de que gostava muito. Entrando para o científico (atual ensino médio), me empolguei com a física e a matemática e passei a querer ser professor e pesquisador nessas áreas. Em verdade preferiria fazer física mas acabei fazendo matemática pois era o que tinha em minha cidade e meu pai não teria condições de me manter em Belo Horizonte, a cidade mais perto em que havia curso de Física. Além de que eu já começara a trabalhar. Depois é que fiz mestrado em Física, já como professor universitário. Minha escolha foi baseada naquilo que me daria mais satisfação de exercer. Além da Física e da Matemática também adorava (como adoro) Filosofia e Música. Mas achei que esses assuntos eu poderia me dedicar por diletantismo, pois Matemática e Física requereriam um exigência de estudo maior, mais difícil de ser levado de forma diletante. Também gosto de literatura e pintura, a que me dedico por diletantismo também.

Como que a radiação pode ser um dos constituintes substanciais do Universo, se radiação é só a transmissão de energia? Outra coisa, https://en.wikipedia.org/wiki/Radiation este artigo diz que "som" é uma forma de radiação, procede? Não seria uma ocorrência?‎

Radiação não é só transmissão de energia não. Energia não é uma entidade e sim uma propriedade de entidades. Radiação é um fluxo ondulatório de campos elétricos e magnéticos quantizados. Portanto radiação é algo que possui energia. E suas quantizações, que são os fótons, são entidades constitutivas do Universo sim. Quanto ao som, chamá-lo de radiação e uma mera extensão da palavra a uma situação que não se configura realmente como tal, pois o som não é uma entidade e sim uma ocorrência, isto é, um fenômeno.

Terminando-se uma graduação em um curso X de área Y, pode-se fazer mestrado em uma área Z que envolve mais um curso C do que o X que você fez, sendo necessário pagar cadeiras de nivelamento?

É possível fazer mestrado em um curso diferente daquele em que se fez a graduação. Todavia é muito difícil ser aceito para cursos de áreas distintas. Exceto em alguns casos, como por exemplo, em Filosofia, que se pode fazer o mestrado e doutorado tendo se graduado em exatas ou biológicas. Mas há que se fazer o nivelamento. Eu, por exemplo, ia fazer doutorado em Filosofia, sendo graduado em Matemática e mestre em Física. Mas teria que fazer um ano de nivelamento e como estaria de licença da UFV em que trabalhava, ela não manteria meu salário durante o nivelamento e, já tendo família, não dava para viver só da bolsa. Então desisti.

Para se assistir séries e filmes hoje não se precisa mais de televisão, há a possibilidade de se fazer downloads, e existe a melhor invenção da humanidade nesse quesito, que é o www.netflix.com (o qual recomendo fortemente).‎

Já sou assinante do NetFlix. Mas acabo assistindo poucos filmes porque prefiro usar meu tempo livre para ler ou escutar música. E quando escuto música, não faço mais nada além de escutar, com olhos fechados, prestando muita atenção em cada nuance da composição e da orquestração. É diferente de quando ouço música fazendo outra coisa.

De acordo com um dos protagonistas do filme, O Estrangeiro: "É impossível mudar a vida de alguém." Você concorda com essa afirmação? Comente sobre

Não. É possível sim, mas não garantidamente. Todavia pode-se e deve-se fazer tentativas para convencer alguém a mudar de vida e isso é perfeitamente capaz de ter sucesso. O que não se pode é impingir uma mudança de vida a ninguém. Porque, desta forma, se houver mudança sem que a pessoa queira, a mudança será só na aparência.

O que pensa a respeito dessa pessoas (William Gates, Eike Batista, Carlos Slim..) que vivem de certa forma brigando pela posição de homem mais rico do mundo ?‎

Uns bobocas, nesse aspecto.

"O prazer não está em descobrir a verdade, mas sim em procurá-la"... eu diria que é possível regojizar-se das duas coisas. Concorda?‎

Certamente que sim!

Qual a importância do conhecimento científico?‎

Três. A primeira é a compreensão do funcionamento da natureza, da mente e da sociedade, por simples desejo de se saber. A segunda é a possibilidade prever o comportamento natural, humano e social e, com isso, tomar providências para impedir algo indesejável. A terceira é a possibilidade de intervir nesse funcionamento, uma vez que se conheça como se dá. Com isso se pode controlar, bem como induzir a natureza, a pessoa ou a sociedade a fazer o que se pretende. O conhecimento científico disponibiliza um grande poder a quem o detém ou a quem controla quem o detenha. Por isso requer uma grande vigilância social de suas utilizações, para que não seja aplicado à revelia de princípios éticos. Isso, contudo, não pode impedir o conhecimento em si mesmo, mas só suas aplicações que sejam nefastas. O conhecimento em si mesmo é sempre bom. mesmo que possa ser usado para o mal.

Qual raciocínio empregou para chegar a essa expressão para a taxa, que envolve arco-tangente? Foi meramente pelo comportamento assintótico da função e pela proporcionalidade à renda?‎

Porque é uma função crescente de derivada decrescente. Isto é, a taxa aumenta continuamente com a renda mas esse aumento vai sendo cada vez menor. Além disso, como o argumento é a renda menos certo valor, pode-se estabelecer uma renda, abaixo da qual, não se cobra imposto. Acho que uma variação contínua seja mais justa do que uma função do tio I = TR - B, em que I seja o imposto, T seja a taxa por faixa e B seja um coeficiente ajustado por faixa a fim de que a função seja contínua no limite das faixas. Contínua, mas poligonal, isto é, não suave.

Você prestou muitos concursos públicos? Foi aprovado em algum, quantos?‎

Fui aprovado para professor auxiliar da UFJF e para professor assistente da UFV. Também fui selecionado, por prova e currículo, para professor secundário da EPCAR e para professor auxiliar da UFV. Os outros lugares em que trabalhei entrei por convite, como na UFSJ (antes de ser federalizada), no Colégio de Aplicação da UNIPAC, na EAFB e no Colégio Anglo, onde hoje sou Vice-Diretor.

O que acha da taxação de altas fortunas?‎

Concordo plenamente, para mim não é só a renda que tem que ser taxada, mas a riqueza acumulada também. E isso tem que ser feito por meio de uma função contínua, do tipo exponencial, e não por porcentagens varáveis por faixas. O cálculo complica, mas é mais justo. Por outro lado, complicar não é problema. Sugiro a expressão:
T = A*R*arctan((R - B)/C), em que R = renda e T = taxa do imposto. Os parâmetros A, B e C, seriam definidos em função das rendas a partir da qual se começa a taxação; do valor inicial da taxa, para que renda e de um valor de taxa para alguma renda. Por exemplo, R$10.000,00 para renda anual inicial da taxação; 10% de taxa para a renda de R$20.000,00 e 90% de taxa para a renda de R$200.000,00. O cálculo dos parâmetros não é simples, mas pode ser feito e posso fazê-lo, com mais tempo. Outros valores seriam definidos, em uma fórmula análoga, para a taxação dos bens. Essa função tem um comportamento assintótico para 100% de taxa a uma renda infinita. Estou aberto a sugestões de outras funções.v

Professor, saberia responder, qual a reação do movimento cristão conservador católico no período do regime militar em 1964, em relação a retirada do Ensino de Filosofia dos PCN's em 1971 pelo Costa e Silva?‎

Não tomei conhecimento de reação cristã conservadora a respeito. Há que se consultar arquivos históricos ou quem estivesse envolvido com a questão.

Por que não existe nem movimento absoluto nem repouso absoluto?‎

Porque mover é mudar de posição e posição é estabelecida em relação a algum marco. Se não houver mais nada no espaço além de uma só partícula, como se saber onde ela se encontra? Por sua vez, o marco de referência está em alguma posição que tem que ser referenciada a outro marco e assim por diante. Donde se conclui que nenhum marco é privilegiado em comparação a qualquer outro. Então não se pode dizer que algo se mova ou esteja parado se não se disser em relação a que. Da mesma forma que isso em relação a que se diz que algo se mova ou não, não se pode dizer que esteja parado ou não. Ou seja, não há movimento nem repouso absolutos, mas só relativos.

como surgiu a água no planeta?‎

Água é uma substância existente no Sol e na nuvem que ele, ao se formar girando, centrifugou e da qual os planetas se originaram. Assim água é um componente do magma da Terra. Sendo bem leve ela elevou-se na atmosfera em formação (só o hidrogênio é mais leve que a água, na atmosfera). Com o resfriamento e a formação da crosta, o vapor de água se precipitou ao longo de centenas de milhões de anos, formando os rios, lagos e oceanos, que nada mais são do que vastas poças d'água. A água do Sol, por sua vez, já existia na nebulosa da qual ele se formou. Em nebulosas, moléculas como água, metano, gás carbônico, oxigênio, nitrogênio, amônia e outras são formadas espontaneamente a partir de seus átomos, quando colidem em seus movimentos aleatórios. Um, pouco da água também proveio de cometas que se chocaram com a Terra. Os cometas, por sua vez, se formaram, também, a partir da nuvem centrifugada pelo Sol, ou mesmo, de parte da nebulosa primordial que não chegou a entrar no Sol.

O que seria uma variável dependente e uma independente?

No estudo de relações entre aspectos representados por grandezas, uma variável é aquela que pode assumir diferentes valores dentro de um conjunto de possibilidades para dada circunstância (enquanto parâmetros são valores fixados em cada circunstância e constantes são valores totalmente invariáveis, em todas as circunstâncias). São ditas independentes as variáveis cujo valor se pode estabelecer diretamente a partir de imposições externas, sem considerar as relações que vinculem entre si as varáveis envolvidas. São ditas dependentes as variáveis cujos valores ficam estabelecidos internamente pelo sistema de relações em consideração, a partir dos valores que se introduziu das variáveis independentes.

Obrigada por me responder - mesmo não sendo todas as perguntas. Mas gostaria de dizer o quanto te acho espetacular e inteligente.‎

Sempre que consigo ajudar, tento. Não respondo a todas porque não tenho tempo para tanto. Algumas nem chego a ver que foram feitas, pois vão ficando para baixo. De vez em quando dou uma varrida nas mais antigas, mas tem 18.827 na fila, sem resposta. É impossível atendê-las todas. As que coincidem estar por cima quando abro o Ask são as que acabo respondendo. Mesmo assim dou uma peneirada, preferindo as que possam ter um interesse mais geral do que particular. E, naturalmente, descarto as idiotas.

O que você acha do Joaquim Levy, ministro das finanças?

Não acompanho nada a respeito de economia. Tal assunto só me interessa filosoficamente e não na prática. O mesmo se dá com a política. Em verdade tenho gastura sobre tais assuntos. A política partidária brasileira é nojenta. Não leio essas notícias do escândalo da Petrobrás. Sei que tudo vai virar pizza mesmo. O que eu quero é uma mudança da mentalidade do povo. Do povo todo. Não admiro que condene a corrupção em nível macrossocial mas usa programa pirata de computador. Ou que estaciona em lugar proibido. Ou dirige acima do limite de velocidade. Que xeroca livros burlando direitos autorais. Para mim essa pessoa também é corrupta.

a mais ou menos 3 anos eu mudei de casa e uns dias depois da mudança (e isto vai parecer completamente absurdo ) mas eu era constantemente empurrado e eu olhava para trás e nunca havia ninguém isso foi vivenciado por mim... não foi nenhuma historinha contada você consegue explicar o sucedido?

Não consigo. Todavia penso que seja uma impressão sensorial ilusória, que lhe deu a sensação real do empurrão sem que ele tenha sido efetivamente exercido. Supor que seja uma ação oriunda de entidade sobrenatural não procede. Tais tipos não existem. Quando não se tem explicação é isso mesmo: não se tem explicação. Não significa que a explicação seja sobrenatural.

Doutor Ernesto, você considera o Stephen Hawking o melhor e mais relevante cientista vivo? Pode comentar?‎

Não. Acho que é o mais famoso, em parte por causa de sua doença. Realmente ele é muito bom. Mas não é o melhor. Atualmente não há nenhum que se possa chamar de melhor. Há vários muito bons. Um detalhe: não sou doutor, pois não tenho doutorado, só mestrado. Sou professor, mas prefiro se chamado só de Ernesto e tratado por você e não por senhor. Isso se deve a minhas concepções anarquistas e igualitárias.

Gostaria de me tornar vegetariano. Mas tenho preocupação com a saúde. Todos os nutrientes encontrados na carne podem ser encontrados em outro lugar?‎

Na carne, sim. Mas a vitamina B12 só é encontrada em produtos de origem animal, como leite e ovos, além da carne. Nos vegetais ela se encontra em bactérias que os parasitam, mas em quantidade insuficiente. De qualquer modo, a dieta sem carne tem que ser bem variada em vegetais, pois os aminoácidos essenciais não são todos encontrados em cada tipo. Nutricionalmente uma dieta com carne sem muita gordura é mais saudável. Mas eu não acho que se deva matar animais para comer. Considero um assassinato.

Professor, estou pensando em fazer matemática. Mas a única forma de eu trabalhar seria sendo professora?‎

Com a graduação apenas, sim. No caso você tem que fazer a licenciatura. Mas se você fizer o bacharelado também e, depois, o mestrado e o doutorado, você pode ser matemática, isto é, pesquisadora. Só que o mercado de trabalho de matemáticos é bem mais reduzido. Geralmente os matemáticos também lecionam em universidades, especialmente em cursos de mestrado e doutorado. Também podem trabalhar em institutos de pesquisa, como o IMPA, o IBGE, a FGV e outros.

professor se depois da vida terrena não existe nada e simplesmente morremos e a nossa consciência desaparece como é que o professor consegue viver sem deprimir ao saber que esta vida simplesmente é um mero acaso do universo e que não vale nada? eu tenho andado deprimido à causa disso ajude-me pfv‎

professor se depois da vida terrena não existe nada e simplesmente morremos e a nossa consciência desaparece como é que o professor consegue viver sem deprimir ao saber que esta vida simplesmente é um mero acaso do universo e que não vale nada? eu tenho andado deprimido à causa disso ajude-me pfv‎

O que é melhor: Licenciatura em História ou Bacharelado em História?‎

Sempre recomendei a todos os alunos do Curso de Física que coordenei, que fizessem tanto a licenciatura quanto o bacharelado. A primeira forma o professor, a segunda prepara para se tornar pesquisador, uma vez feitos o mestrado e o doutorado. Todavia, em geral, todo pesquisador também é um professor, mesmo que só de pós-graduação. E todo professor precisa de formação pedagógica para lecionar, seja qual for o nível, mesmo que a lei não o exija. Além disso, como licenciada, a pessoa já pode ter uma profissão, o que o bacharelado não dá. Por outro lado, é imensamente importante que o professor, mesmo da Educação Básica (Ensino Fundamental e Médio) seja uma pessoa de conhecimentos bem mais profundos e amplos do que o que vai lecionar. Com o bacharelado o licenciado vai ter, pelo menos um pouco, mesmo que não tenha mestrado e doutorado, esses conhecimentos a mais.

Não tenho fé suficiente para ser ateu- já leu?‎

Não. Mas discordo liminarmente do título. Para ser ateu não é preciso fé. Muito pelo contrário. Para ser ateu é preciso se despir de qualquer fé. Fé é um total despropósito. Não tem cabimento nenhum crer no que quer que seja sem indício nenhum de veracidade. Mesmo que não haja evidência nem prova de alguma assertiva, uma crença só pode ser admitida se houver fortes indícios de plausibilidade. E fé é, justamente, uma crença sem indícios de plausibilidade. Portanto, descabida.

Qual é a tua maneira favorita de desperdiçar tempo?

Nunca desperdiço tempo. Sempre usufruo o passar do tempo de modo proveitoso. Só que o que entendo por proveitoso tanto é um trabalho quanto a curtição de um lazer.

no caso da Cleópatra,chamar uma pessoa de má sem situar essa mesma pessoa no seu contexto histórico e seu contexto familiar é um erro tremendo.‎

Não é não. Quem urde assassinatos é uma pessoa má, em qualquer circunstância.

Professor, você poderia explicar o conceito de ética e estética para a educação, como essas duas coisas se entrelaçam?‎

Ética é a reflexão filosófica sobre o agir humano. Estética é a reflexão filosófica sobre o fazer humano. Ética cuida do bem e do mal. Estética cuida do belo e do feio. Há uma associação entre bom e belo e entre mau e feio. Todavia essa não é uma associação lógica. Não há razão para que o que seja bom seja belo nem para que o que seja mau seja feio. Tampouco para que o que seja belo seja bom e nem para que o que seja feio seja mau. Isso é um preconceito que precisa ser desfeito na mente das pessoas e a educação tem que cuidar que isso aconteça. Geralmente tal ideia é impressa na mente das crianças pelos pais que dizem que quando a criança fica boazinha ela está bonitinha. Isso não é bom, porque as crianças podem achar que outra que não seja bonitinha não seja boazinha.

Prof, tire-me uma dúvida conceitual importante pra mim: Todos dizem que ócio é tempo livre, fazer nada. No entanto, assisti uma palestra na qual o professor disse que ócio é ter tempo livre para estudar. Diferente do nec-ócio, que serie sem tempo para estudar. Então, o que seria o famoso ócio ?‎

Ócio é um tempo não comprometido com nada, isto é, um tempo em que se pode fazer o que quiser ou não fazer nada. Pode-se até trabalhar, mas sem necessidade. Pode-se estudar, pode-se ler, pode-se brincar, pode-se passear, pode-se namorar, pode-se dançar. Qualquer coisa que não se precise fazer. Para que uma pessoa seja criativa ela tem que ter tempo ocioso. Porque o tempo comprometido com algo de que se tenha que dar conta não permite desbrochar a criatividade. Para se filosofar também é preciso gozar do ócio. Mesmo que seja um cientista pesquisador, sem ócio as idéias não brotam. Tudo que é feito com exigência de prazo, de resultado em dado tempo, restringe a criatividade. E criatividade não é só artística. Ciência e filosofia também são criações. Negócio, realmente, é a negação do ócio, isto é, uma atividade a que se dedica porque se precisa fazer.

Professor Ernesto tudo bom? Gostaria de lhe perguntar o que você achou do vídeo mostrando pessoas ligadas ao estado islâmico destruindo estátuas milenares. Verdadeiras obras de artes criadas há 2800 anos atrás. http://noticias.terra.com.br/mundo/oriente-medio/membros-do-ei-destroem-reliquias-milenar‎

Isso é um crime contra a humanidade, a história, a cultura. Como aconteceu com o Talibã que destruiu as duas maiores estátuas de Buda que existiam, no Afeganistão. Não sei como se podem perpetrar barbaridades como essas. Só mesmo em cabeças carcomidas por um fanatismo insano.

Nos dias de hoje, é desejável se fazer filosofia sem ciência? Uma filosofia que ignora a ciência hoje é ao meu ver ultrapassada e falha.‎

Depende, mas, em geral, filosofia e ciência têm que se sustentar. Mesmo em temas aparentemente não científicos, como ética e estética, há que se considerar os aspectos científicos, como as tendências genéticas para o bem ou para o mal, bem como os vieses sociais da apreciação estética, por exemplo. Todavia há aspectos filosóficos que não são científicos, como a própria metodologia científica e a validação do conhecimento. Ou, ainda, a categorização da realidade. Da mesma forma não se consegue construir a ciência sem pressupostos filosóficos, impossíveis de serem validados cientificamente. Como, por exemplo, a realidade do mundo exterior a nossas mentes.

Na sua opinião, uma pessoa bem estruturada, inteligente, responsável, porém "má", que sente prazer em fazer o mal e sente desgosto em fazer o bem, é considerada imatura? Ou pode ser madura, somente tem um gosto diferente? Ter prazer em fazer o mal é considerado imaturidade ou só gosto diferente?

Ser malvado, em geral, não é imaturidade, se bem que, às vezes, pode ser. É um grave defeito de caráter que pode ter origem genética (não necessariamente hereditária) ou ser uma característica desenvolvida a partir das vivências e da interação com o meio. O malvado que se compraz com a malvadeza, então, é pior ainda. Geralmente isso vai ser efeito de algum "gene do mal". Há vários estudos sobre isso. Tenho livros lá em casa. À noite vou ver e posto aqui.

Hipoteticamente falando, suponhamos que exista "militares estrangeiros infiltrados no Brasil" (como a Direita tenta com todas as forças convencer as outras pessoas),e estejam preparando um exército para defender o nosso governo, caso tentem tirar a Dilma do poder a força...Você estaria de qual lado?‎

Sou a favor de legalidade democrática, seja quem for que estiver no governo. Não aprovo golpe nenhum, nem de direita, nem de esquerda. Se for o caso de se tirar algum governante, de direita ou de esquerda, que isso seja feito dentro da legalidade. Não acho, contudo, que seja o caso da Dilma, por enquanto. Mesmo não tendo votado nela e nem estando satisfeito com seu governo. Por isso é que sou a favor do Parlamentarismo, em que o governo pode ser legalmente derrubado sempre que for preciso e novas eleições convocadas a qualquer tempo. Essa aparente instabilidade é, em verdade, uma grande virtude democrática.

O que tem o talento de te irritar?‎

Injustiça, intolerância, preconceito, crueldade e coisas do tipo. Quanto ao resto, é difícil em me sentir incomodado com o que quer que seja. Mesmo com implicância, chateação, esnobismo, vaidade, empáfia e similares. Ou feiúra. Também não me incomode em sentir frio, calor, fome, sede, cansaço, sono, dor (só se for muito grande). Só me incomodo se estiver apertado para ir ao banheiro.

Por que o Ask se importa tanto com a estampa de uma camiseta? São todas iguais, enquanto uma estampa for mais importante que o brilho nos olhos haverá guerra.‎

O que acontece é que muitas pessoas que usam camisetas estampadas com símbolos de alguma religião ou concepção ideológica, não o fazem despretensiosamente, mas sim para afirmar suas convicções e, em geral, elas são excludentes em ralação às outras possibilidades sobre o tema. Isso é uma atitude provocadora que incita animosidades que, no extremo, levam a guerras. Por isso é que, absolutamente, não uso camiseta com escrito ou símbolo. Até mesmo a etiqueta com a marca eu tiro. Minhas convicções jamais incluem qualquer intolerância em relação a outras, exceto se essas outras forem essencialmente intolerantes.

porem, me disse que ainda consumia ovos e leite, pq o corpo humano tinha necessidade disto. (n me lembro muito bem). Porem veganos dizem que podemos muito bem viver sem derivados. E queria sua opiniao sobre, ainda que o senhor n esteja consumindo carne, de certa forma ainda contribui com a +‎

exploraçao, ja que galinhas e vacas sofrem muito p que os ovos e o leite possam abastecer a necessidade da humanidade. Apenas queria uma opiniao. voce é sempre muito coerente e peço que me ajude esclarecendo algumas ideias que tenho sobre o veganismo.
Uma dieta vegana exige complementação vitamínica artificial. Não é possível considerar que alguma dieta não possa ser seguida sem nada artificial. Além do mais, algumas vitaminas (como também alguns aminoácidos essenciais), em geral, têm o seu suprimento artificial obtido a partir de animais sacrificados. Os aminoácidos essenciais podem ser obtidos só de vegetais, mas a vitamina B12 encontrada em bactérias que se hospedam em vegetais, não se encontra em quantidade suficiente para as necessidades humanas. Daí a necessidade de consumo de produtos de origem animal. A obtenção de leite e ovos não precisa, necessariamente, se dar por meio de métodos cruéis. O abate, contudo, mesmo sendo incruento, é um assassinato. No meu caso eu compro ovos do tipo "caipira", das feiras diretas de pequenos produtores rurais. Quanto ao leite e laticínios, eu também comprava da roça, sem pasteurização, mas o fornecedor sumiu e eu não achei outro. Pode-se pasteurizar o leite cru em casa, aquecendo-o sem que chegue a ferver (mal se forma a nata) e, a seguir, refrigerando-o imediatamente (isso não estraga o congelador, como dizem). Mas não pode congelar. Guardando na geladeira, dá para dois dias.

Newton fez uma viagem de trem que durou 15,3h. Karla fez a mesma viagem de avião durante 1,70h. Qual é a relação entre as velocidades médias do trem e do avião?‎

Como a viagem é a mesma, a distância é a mesma. Já que velocidade média é a razão da distância para o tempo de trajeto, ela é inversamente proporcional a esse tempo, para dada distância. Portanto a razão das velocidades médias é o inverso da razão entre os tempos, Isto é, a velocidade média da viagem de avião está para a velocidade média da viagem de trem assim como o tempo da viagem de trem está para o tempo da viagem de avião.

Disse Dennet: 'Não há tal coisa como ciência livre de filosofia; há apenas ciência cuja bagagem filosófica é tomada a bordos sem examinação'. Você concorda com Dan Dennett? Por quê?‎

Concordo inteiramente, discordando de Hawking e Feynman. A construção da ciência se faz com base em pressupostos de ordem filosófica, sem dúvida nenhuma.

Primeiramente vi o vestido azul com preto. Depois, quando fui mandar para outros amigos, vi branco com dourado. O que está por traz desse vestido, Ernest?‎

Por trás do vestido está uma pessoa. A percepção de cores diferentes, contudo, se deve ao fato de que o cérebro não tem uma percepção analítica, de cada coisa separadamente, e sim do conjunto, de modo que uma cor é percebida por meio de sua comparação com as cores do entorno e do resto da imagem. Isso pode variar, mesmo para a mesma pessoa, de momento a momento. Há, inclusive, na literatura especializada, inúmeros exemplos desse fato.

A primeira impressão é a que fica?‎

Isso não é regra geral. Às vezes sim, às vezes não. A que fica será a que for mais forte.

Você acha que panelinhas são necessárias em um grupo?

Claro que não. Pelo contrário, são indesejáveis.

Professor o que é pensar? E se fosse ensinar isso à alguém, como faria?‎

Pensar é articular idéias, isto é, formular juízos, tirar conclusões, tomar decisões, evocar memórias, perceber uma sensação, associar idéias, imaginar, abstrair, generalizar, ter sentimentos, experimentar emoções, comandar ações. Trata-se de uma atividade mental executada por interações entre neurônios. Pensar é uma atividade instintiva que se forma no desenvolvimento embrionário, da mesma forma que respirar, circular o sangue, fazer a digestão, filtrar o sangue e outras. Todavia pode-se treinar o organismo a pensar melhor pensando, exatamente como se treina a nadar nadando ou se treina a andar de bicicleta andando. Há que se dedicar tempo do dia a ficar pensando. Tem gente que estranha quando alguém está pensando e quer demovê-lo disso. Nada disso. É importantíssimo ficar pensando. Não, como se diz, "pensando na vida", se bem que isso pode também. Mas, principalmente, pensando em problemas abstratos, sobre a constituição e organização do Universo, da Sociedade. Ou criando obras de arte imaginárias, sistemas lógicos. Não é para passar o tempo dedicado a atividades intelectuais apenas lendo, escrevendo, discutindo ou conversando, mas, também, pensando. Claro que se pode pensar enquanto se lê ou se conversa e isso é ótimo também. Vai-se lendo e, enquanto isso, meditando sobre o que se está lendo, inventando situações e soluções. Isso também é ótimo ao se conversar. Ir conversando o que se vai pensando com todos os envolvidos. E se articulando sistemas ainda inexistentes. Isso é fantástico e uma atividade extremamente prazerosa. Mesmo que não tenha utilidade nenhuma. Outra coisa boa é ir escrevendo o que se vai pensando, mesmo que não se chegue a conclusão nenhuma. É uma coisa de doido, mas coisa de doido é das mais interessantes de se fazer.

"a luz tem a mesma velocidade pra qualquer referencial" entao, se eu ir em uma direção a 200.000km/s e uma outra pessoa for em uma direção oposta na mesma velocidade, o que acontece?‎

Haverá uma velocidade relativa que tem que ser calculada pelas fórmulas de transformação de velocidades relativísticas entre referenciais. Mas a velocidade relativa não será d 400.000 km/s como prevê a transformação galileana de velocidades. Veja as fórmulas nestes artigos:
http://en.wikipedia.org/wiki/Velocity-addition_formula
http://www.alunosonline.com.br/fisica/a-relacao-entre-velocidades-relativas-relativisticas.html
http://to-campos.planetaclix.pt/astron/relat/lorentz.htm

Você faria sexo com seu filho/filha, pai/mãe, irmão/irmã para criar uma nova linhagem de humanos?

Não. Mas não vejo problema em algum relacionamento desse tipo se for por razão de amor mesmo. Em outras palavras, não vejo razão para que o incesto seja um tabu, mesmo que considere que não seja bom que aconteça.

http://macbeth.if.usp.br/~gusev/campo%20eletrico.pdf O conceito de campo que ele dá nesse paper (está na segunda página) é o conceito matemático, e não físico, de campo certo? Pois se for como ele aponta, então nada é substancialmente feito de campo.‎

Sim. Essa é a definição matemática do vetor intensidade de campo elétrico. Mesmo a generalização feita para outros campos, como de temperatura e escoamento de fluidos é matemática. Fisicamente um campo é uma entidade da natureza, não importa como seus atributos sejam descritos por qualquer grandeza que venha a ser definida. Assim os campos de temperatura e de escoamento não são campos físicos, pois temperatura e velocidade não são entidades e sim grandezas que descrevem atributos de entidades, no caso algum sistema de partículas materiais, como um fluido. O campo como entidade física e não como conjunto de valores de grandezas não é uma abstração. Não requer mentes para que exista. Não é uma definição arbitrária. É algo real. E é a realidade fundamental constitutiva da natureza. Radiação e matéria são particulares modos de apresentação de campos, quantizados em partículas subatômicas ou em mensageiros de interações.

Os fins justificam os meios ou os meios justificam os fins? (livre interpretação)‎

Certamente que os meios não podem justificar os fins. Isso é algo inteiramente esdrúxulo. Por outro lado, mesmo que, num primeiro exame, os fins poderiam justificar os meios, um segundo exame mostra que também não, exceto em condições especialíssimas. Toda ação tem que se pautar por critérios éticos, mesmo que não sejam ações que visem um fim. As que levam intermediariamente a algum fim também têm que ser éticas.

A multiplicidade de religiões é a prova de que nenhuma delas é a verdadeira?‎

Prova não. Mas é um forte indício. Pode ser que uma delas seja verdadeira. Todavia o critério teria que ser extrínseco às religiões, isto é, objetivo e independente de fé. Não conheço nenhum assim. Pode-se, até, cogitar de evidências ou provas da existência ou não de Deus, deuses, espíritos, alma e coisas do gênero. Contudo, verificar que esta ou aquela religião é a que apresenta a correta interpretação da relação dessas entidades com o resto do universo é praticamente impossível de ser checado. Daí a probabilidade muito grande de que nenhuma delas apresente a verdade. Mesmo a existência de Deus, deuses, espíritos, alma e conceitos correlatos não possui comprovação ou evidência incontestável, independentemente se ser colocada sob a égide desta ou daquela religião.

Professor, como você explicaria a atual dificuldade das pessoas aceitarem, até mesmo para alguns físicos, o indeterminismo e a incausalidade? E também que o nosso livre-arbítrio é fruto disso?‎

Acontece que o senso comum mostra que os eventos macroscópicos cotidianos são efeitos de causas e essas causas determinam os efeitos. Isso pode criar uma convicção profunda de que causa seja uma necessidade para todo evento e de que as causas, em idênticas circunstâncias, determinam o efeito. Todavia tal conclusão é indutiva, isto é, proveniente de uma generalização de observações de casos particulares. Nenhuma conclusão induzida, contudo, é garantida. Um único contra exemplo a derruba. E, com o surgimento da observação de eventos sub-atômicos e a Física Quântica, miríades de contra exemplos, isto é, eventos sem causa e causas que não determinam seus efeitos passaram a ser observados. Pessoas que possuíam a convicção arraigada de que isso não poderia acontecer, então, passaram a inventar explicações mirabolantes para evitar a incausalidade e o indeterminismo, como a proposta da "Teoria das Variáveis Ocultas", ou a dos "Muitos Mundos". Nenhuma dessas é convincente, além de extremamente complexas. Admitir a incausalidade e o indeterminismo é muito mais simples e dá conta de explicar tudo. O que acontece no mundo macroscópico é um fenômeno estatístico de concentração da probabilidade, que leva à aparência de causalidade e determinismo. Não que não existam eventos causados e nem causas deterministas. O que acontece é só que isso não é obrigatório.

O governo deve resgatar empresas em dificuldade financeira?‎

Não. Mas pode ajudar, sem investir dinheiro, para que elas sejam, por exemplo, compradas por seus trabalhadores, financiando essa compra.

Você lutaria em alguma guerra ?, por exemplo: Para se defender do avanço nazista na segunda guerra.‎

Sim, lutaria. Mas iria inventar um meio de conter o Hitler sem precisar de muitas mortes, inclusive de alemães. Acho que combater na infantaria, por exemplo, seria um desperdício de energia, de inteligência (não estou dizendo que os infantes sejam burros). O importante não é acabar com os exércitos alemães, italianos, japoneses. Ou suas marinhas e sua aviação. O importante é conter quem os comanda.

quinta-feira, 12 de março de 2015

Ernesto,existe algum benefício em ler dois ou mais livros em paralelos? Tem embasamento científico?‎

Não sei se existe. Eu gosto de fazer assim porque gosto sempre de variar e ficar fazendo o mesmo me entedia. Assim é que eu faço no trabalho também. Vou tocando vários projetos em paralelo. Talvez seja menos eficiente e menos eficaz. Mas é mais prazeroso. E o bom da vida não é obter o resultado e sim curtir o processo de se chegar a ele. Todavia, a cada momento em que estou me dedicando a algo, me concentro naquilo e esqueço do resto do universo. Mas quando interrompo, gosto de mudar e passar a fazer outra coisa. Não me preocupo com a eficiência, mas sou perfeccionista. Muito bom, para mim, é pouco. Tem que ser, pelo menos, ótimo. O ideal é ser excelente. Se dá mais trabalho, se demora mais tempo, se é mais difícil, se sai mais caro, não importo. Meu trabalho é meu lazer. Não faço distinção entre hora de trabalho e hora de lazer. Trabalho em casa e no serviço e me divirto trabalhando. Sou um grande inventador de moda. Gosto de aperfeiçoar tudo o que pego para fazer. Com isso aumento muito o meu trabalho. Mas é isso que me gratifica. Adoro dificuldades e complicações. Não objetivo o lucro e sim o bem que o que eu faço propicia ao mundo.

Isso significa que não sabemos quais são os blocos de construção do Universo? Poderá o Universo ser informação pura situada numa matriz bidimensional?‎

Não acho que possa não. O Universo é constituído de conteúdo verdadeiramente substancial, isto é, matéria, radiação e campo. Por outro lado, qualquer informação só existe se estiver assinalada em uma base física. Não há informação sem meio físico que a suporte. Não precisa ser material, mas tem que ser físico. Pode estar na radiação, por exemplo. Como está na radiação de fundo do Universo. Ou nas ondas de rádio que já lançamos ao espaço. O projeto SETI busca inteligências extra-terrestres a partir da análise das ondas captadas pelos radiotelescópios.

O que você acha sobre a segunda guerra mundial,foi algo certo matar milhões de pessoas ?‎

Toda guerra é insana. Todavia os países tinham que se defender da agressividade nazista, obstaculando suas pretensões dominadoras.

De forma geral, você acha que o gosto musical de uma pessoa reflete diretamente na forma como ela se veste?

De certa forma, sim. pois tanto o gosto musical quanto o estilo do vestuário refletem as concepções e o modo de ser da pessoa. Pessoas que gostam de música clássica, em geral, usam calças sociais, sapatos em vez de tênis, camisas de pano em vez de camisetas de malha. Por outro lado, quem gosta de funk já usa chinelo e bermuda, camiseta regata. E assim por diante. Todavia isso não é rígido.

O que você acha dos bloqueios que está acontecendo nas Rodovias do Pais ?‎

Acho que os caminhoneiros têm que fazer isso mesmo, pois, se não causarem um grande prejuízo, ninguém vai atender os seus reclames.Ask

O que fazer quando nos sentimos rejeitados por alguém que amamos ou nos apaixonamos?‎

Curtimos o amor de um modo apenas platônico, o que também é bom, e nos abrimos para acolher o amor de outra pessoa a quem poderemos amar também, sem precisar de deixar de amar a primeira. Claro que essa segunda tem que saber que amamos a primeira também.

Professor, não sei se o senhor vai entender essa pergunta mas, por que há?‎

Não há razão nenhuma para haver, em vez de não haver. A existência de tudo não tem motivo nem propósito. Existe inteiramente por acaso. Surgiu sem ter do que provir, sem ter sido causado por nada e sem nenhuma finalidade.

A matéria claramente pode existir sem a mente, mas será que a mente pode existir sem matéria?‎

Não vejo como existir alguma mente sem um substrato material que a suporte, mesmo que seja uma mente artificial (robótica).

Como posso me preparar para o vestibular? Por favor, me ajude.‎

Quem passa no vestibular e tira alto escore no ENEM é quem sabe, de fato, a matéria. Portanto, não adianta treinar os tipos de questões que caem e sim estudar profundamente para saber mesmo. Assim se acerta qualquer tipo de questão que aparecer. Saber o que é cada assunto, como é, porque é, para que é, em que circunstâncias acontece, como se relaciona com o resto dos conhecimentos, como se usa na prática. Isto é: conhecer, entender, compreender e aplicar.

Quais os dois últimos livros que leu?‎

Estou lendo três livros em paralelo (sempre leio de dois a quatro, num total de uns quatro por mês): "Particle Physics, an Introduction"; "An introduction to Modern Cosmology" e "The Big Bang".

Para mim as matérias de humanas são mais difíceis, apesar da maioria achar o contrario. Talvez pq se vc para pra refletir sobre a matéria dificilmente vc irá resolver alguma coisa, pois tudo nela está interligado e n é tão objetivo.‎

De certo modo sim, mas de outro modo não. É verdade que, em humanidades, não se tem uma resposta única nem uma explicação só para as questões propostas. Há muitas interpretações. Muitas pessoas não ficam confortáveis com isso porque buscam "a" resposta e não encontram. Isso é próprio da Filosofia, da Sociologia, da História, da Psicologia, da Economia, da Linguística e demais ciências humanas. Então fica parecendo que existe uma grande dificuldade. Todavia, se se considerar que é assim mesmo e não se tem a resposta, vê-se que não é uma dificuldade, mas uma característica. Certamente que também há dificuldades, especialmente na apuração dos fatos, das explicações, das interpretações. Mas eu considero que essas dificuldades são de menor monta do que as que se enfrentam nas ciências exatas, especialmente Física (Química não é nada difícil). Esse tipo de dificuldade das humanas é semelhante às dificuldade das biológicas. Pelo menos é como a coisa se apresenta para mim. Se bem que, depois da Física, o assunto mais difícil de se abordar, para mim, é Filosofia.

Por que você considera que a física é a matéria mais difícil de todas?‎

Pessoalmente não acho que seja difícil, mas observo que os alunos consideram assim. por isso digo que seja. De fato, como Física requer tanto raciocínio quanto intuição e não é uma matéria de memorização, muitos têm dificuldade, até mesmo mais do que em Matemática, porque se precisa raciocinar ao mesmo tempo em que se precisa perceber se as conclusões são plausíveis, dentro do comportamento da natureza. Ou seja, é preciso ter um "sentimento" do que seja possível acontecer. Essa compreensão "sentida" de como o mundo funciona nem sempre é absorvida por todos. Além disso é preciso se despir do "senso comum", isto é, do que todo mundo acha como as coisas e os fatos sejam. Tem que se captar uma "leitura" do que a natureza apresenta, percebendo o que há por trás do que aparece. E, sem escapatória, tem-se que ter ótimo traquejo em Matemática. Não se aprende Física sem Matemática mesmo. Só que não é apenas a Matemática que importa. Há muito de entendimento conceitual e fenomenológico. Que, todavia, não dispensa a Matemática. Daí a dificuldade para muitos. Especialmente porque, em nível superior e de pós-graduação, a Matemática que se usa na Física é bem mais avançada do que a que geralmente se faz no próprio Curso de Matemática. E não é focada em um único tópico, como acontece nos doutorados em Matemática. Varra vários tópicos diferentes. Sei bem disso, pois, como professor, durante vários anos, de "Métodos Matemáticos da Física", tive alunos do Curso de Matemática que, em geral, costumavam ter mais dificuldade na matéria do que os do Curso de Física.

Quantas partículas elementares existem?‎

Não se sabe. O que se pode dizer é quantas partículas elementares são conhecidas. Elas estão esquematizadas no quadro abaixo. Além delas existem suas antipartículas:
http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/00/Standard_Model_of_Elementary_Particles.svg/2000px-Standard_Model_of_Elementary_Particles.svg.png

Antes do Big Bang havia um universo primitivo, segundo alguns cientistas. Mas e antes desse universo primitivo, o que existia? Nada? O que seria capaz de impulsionar uma transformação de nada em algo substancial?‎

Isso não está seguramente estabelecido. O que a maior parte da comunidade científica admite é que o Universo surgiu imediatamente antes do Big Bang. E esse surgimento se deu sem ter do que provir, sem ter nenhuma causa e sem ter nenhum propósito. Se se considera que não houve surgimento antes do Big Bang, isto é, se o Universo já existia antes de começar a se expandir e, como propõem os que assim pensam, tal conteúdo estava no estágio final de contração de uma situação anterior, ou esse balanço de expansões e contrações, como uma gangorra, seria indefinidamente estendido para o passado ou teria havido um primeiro empurrão, que seria o surgimento do universo. Tendo havido esse surgimento, não há outra alternativa senão a de que ele tenha se dado a partir de nada, pois, se houvera algo, esse algo já seria o universo, que, então, não estaria surgindo. A transformação da inexistência para a existência de tudo o que existe não precisa ser executada por agente nenhum. Não é obrigatório que eventos tenham causa. Só que, tendo havido isso, tal ocorrência seria única, pois, uma vez surgido algo, tal conteúdo surge acompanhado de regras de comportamento que, como é agora, impedem que transformações ocorram com violação da conservação da energia e outros atributos. Mas isso não precisava ser obedecido no surgimento de tudo a partir de nada.

Qual o seu problema com o socialismo?‎

O fato do socialismo estabelecer que os trabalhadores sejam empregados do estado. Isso não é libertação. O que se tem é que acabar com qualquer trabalho assalariado e, portanto, com o emprego. Que todos sejam donos de seu meio de trabalho. Diretamente, sem intermediação do estado. Mesmo que exista estado e governo, ele seria apenas um coordenador e articulador de esforços e não um patrão. Nada de patrões e nem de empregados. Todos trabalhadores e todos capitalistas. Isso acaba com o capitalismo, cuja extinção não é a extinção do capital e sim de sua posse apenas por uma classe social e não por todos.

Se o universo é um sistema fechado, por que se expande?‎

Porque ser fechado implicaria em não se expandir? Ser fechado significa que não troca conteúdo nem energia com o exterior. Ora, como o universo não tem exterior, não há como fazer essa troca. Mas isso não implica que seja rígido, de modo que seu tamanho seja fixo. Pelo que se sabe, ele é infinito. Mas, mesmo que não fosse, poderia se expandir, sem problema. Mesmo um universo finito não tem uma fronteira, como se fosse uma parede. Pode-se avançar indefinidamente para frente quer em um universo infinito quer num finito. Isso equivale a, numa superfície fechada bidimensional, como uma esfera, jamais se encontrar barreira para se mover sobre ela. No caso do universo finito, indo-se sempre para frente, acaba-se voltando ao ponto de partida, vindo por trás. E no caso do universo infinito, expandir-se não significa aumentar de tamanho, que sempre é infinito, mas sim aumentar a separação entre os lugares, sem que nada precise sair do lugar.

Mas o que mais vejo por aí é mulher querendo algo a mais quando diz Eu te Amo e homem dizendo o mesmo para não acabar o relacionamento (ou seja, sem sexo). Alem de ambos os sexos também lutarem contra o amor,se senti-los de verdade.‎

Acho que você tem uma percepção distorcida, talvez em razão de suas vivências. Isso existe, mas também existe o verdadeiro amor, sem segundas intenções. E não vejo que todo mundo lute contra o amor. Pelo contrário, acho que a maioria fica é feliz quando ele aparece.

O senhor é biogenista ou abiogenista?‎

Depende das circunstâncias. Atualmente, nas condições da superfície da Terra, vida só provém de outra vida. No início da vida na Terra, contudo, a vida surgiu da não vida. Todavia, mesmo hoje, em situações especiais, como nas fumarolas submarinas, pode estar surgindo vida da não vida. Não há escapatória para explicar o surgimento da vida. Mesmo quem admita a panspermia tem que considerar que, em algum lugar, a vida surgiu da não vida, pois a vida nem sempre existiu no Universo.

Poesia já não vale mais nada, parece que todos tem medo de amar‎

Discordo de você nas duas afirmativas. Claro que poesia vale, e muito. E não é verdade que todos têm medo de amar. Alguns até têm, mas muitos amam e amam muito. Não sei de onde você tirou tais bizarrices.

Então por enquanto o melhor para o Brasil é ser Capitalista?

O melhor é ser social-democrata, que é politicamente democrático e economicamente um misto de capitalismo e socialismo. Muito bom como um caminho para o comunismo, que seria, gradativamente, estabelecido, acompanhado da saída gradativa do estado não só da economia, mas da gerência da sociedade. Note que a saída do estado da economia tem que ser substituída não pela entrada da iniciativa privada com capital restrito a uma classe social e sim pela distribuição do capital aos trabalhadores, que deixam de ser empregados, sequer do governo.

Acredita que o Brasil está pronto para o comunismo?‎

De modo nenhum. Tanto o comunismo quanto a anarquia não podem ser implantados de supetão. Há que se atingi-los por meio de um processo evolutivo gradual, focado principalmente na mudança da mentalidade, da cosmovisão. Isso demanda várias gerações, isto é, alguns séculos. É preciso mudar as concepções egoístas e competitivas por concepções altruístas e cooperativas. Isso se alcança por meio da educação. Nenhuma revolução é capaz de promover tais mudanças.

A poesia prevalece!‎

Mesmo que o céu se despedace,
que a galáxia se esfacele,
que o universo se rasgue,
a poesia prevalece!
Se nada mais restar de nós,
se o tempo cessar o seu curso,
se nada, enfim, mais houver,
a poesia prevalece!
Pois os sonhos engendrados
nas mentes encasteladas
em surtos de insanidade...
Os ideais almejados
de um mundo tão encantado,
só na poesia florescem.

É dever de todo artista refletir o tempo em que se está vivendo?‎

Claro que não é. O artista é livre para criar o que quiser. Pode fazer sua arte refletir o mundo e o tempo em que vive ou não. Pode soltar a imaginação e criar mundos fantásticos, futuristas, ideais. Ou pode se voltar para o passado, para outros lugares, outras realidades. Não se pode impingir nenhuma diretriz à arte, como pretendia o regime soviético ou a Igreja Católica. Arte é uma expressão de livre pensamento, como a Filosofia. Já a Ciência, esta sim, tem que se adequar ao mundo como ele é e buscar descrevê-lo e explicá-lo. Não como se pretenderia que fosse.

A vida é horrível de ser vivida, a ciência mostra que somos majoritariamente dominados pelos genes, não pelo o que queremos ser. Além disso, a maioria de nossas boas memórias são vieses cognitivos. A vida é uma piada mal contada. Talvez a matéria nunca devesse ter deixado de ser apenas inorgânica.‎

Discordo completamente de você. A vida é maravilhosa. Claro que há ocorrências indesejadas. Mas, no todo, é ótimo se estar vivendo e fruindo tantos prazeres, tantas sensações, tantas emoções, tantos deleites, tanta satisfação. Só o fato de se encharcar de conhecimentos é fantástico. A maioria de nossas memórias não são vieses, são fiéis às ocorrências. Mesmo que a genética seja preponderante, há uma grande margem de manobra pessoal, por meio de nossas escolhas. O surgimento da vida, pelo menos neste rincão do Universo, foi um acaso surpreendente e maravilhoso. Sem isso o Universo seria bem menos interessante.

O que causa tanta preguiça, como vencer ela ?‎

Se não for um problema de hipotireoidismo, é um defeito de personalidade mesmo. Que se erradica com força de vontade.

Por favor, NÃO disponibilize seu material para o povo por uma ONG, eles não vão saber valorizar, podendo até mesmo depredar o material. Ao menos selecione para quem vai doar.‎

Acho que é muito egoísmo restringir o acesso a meus livros, revistas, discos, filmes, partituras, programas e tudo o mais que há em minha biblioteca para algumas pessoas apenas, como meus herdeiros. Gastei quase um quarto de tudo o que ganhei na vida para montá-la, pensando e disponibilizá-la para o povo. Com o dinheiro que investi nela poderia ter comprado vários apartamentos e os alugados. Ou viajado para a Europa. Não o fiz de caso pensado. Penso que o significado de minha vida fica muito maior se assim eu o fizer. Quanto à depredação, penso em estabelecer no estatuto e regimento da ONG que não haverá empréstimo, mas apenas consulta "in loco". Gostaria, também, de disponibilizar acesso à internet de graça, para pesquisas. Bem como audição de música clássica, assistência de óperas e concertos e coisas assim. Se eu doar para pessoas em particular, poucos terão acesso. Meu interesse é difundir a ciência, a cultura e a filosofia ao máximo de pessoas. Inclusive com cursos gratuitos e outras iniciativas. Talvez em troca de alguma retribuição em serviço. Meus filhos concordam com isso e não têm interesse em herança nenhuma. A única casa que já tive, vendi e dei o dinheiro. Quero ser totalmente despossuído.

Entre o Capitalismo e Comunismo,você escolhe o Comunismo.Mas de verdade você é Anarquista.Qual é o problema do Comunismo,pra você?‎

Anarquia é uma concepção política, Comunismo é uma concepção econômica. Há outras concepções políticas, como democracia ou autocracia. E há outras concepções econômicas, como capitalismo e socialismo. Em princípio pode haver qualquer combinação entre as possibilidades das duas categorias, exceto socialismo anárquico, pois o socialismo requer um governo. Sou a favor do comunismo anárquico. Não concordo com o capitalismo, mesmo anárquico. E nem com a autocracia, seja capitalista, seja comunista. Um socialismo democrático, hibridado com o capitalismo é viável como uma fase transitória para o comunismo anárquico. O socialismo autocrático que vigorou na União Soviética é péssimo. Não vejo problema no comunismo. O que acontece é que se chamou, erroneamente, de comunismo o socialismo autocrático da União Soviética. No comunismo, os trabalhadores não são empregados do governo, como no socialismo. Eles são seus próprios patrões, não havendo empregado nenhum. O comunismo pode ser autocrático, democrático ou acrático. Não concordo com o autocrático. Mas admito o democrático, preferindo o acrático. Isso é que é o ideal para a humanidade. O capitalismo não é bom em nenhuma forma política. Note que não haver capitalismo não significa não haver capital e sim que ele não está nas mãos de uma classe que tem outra como sua empregada assalariada e sim distribuído por toda a sociedade.

Prof,as disciplinas de pedagogia no curso de licenciatura em física realmente ajudam a ensinar ou só tratam de "pedagorreia"?‎

Em princípio ajudam sim, e muito. Há que se entender de psicologia, de psicologia da aprendizagem e de didática para ser um professor. Pode ser que, em alguma instituição, essas disciplinas sejam dadas por professores incompetentes. Mas elas, em si, são extremamente úteis e necessárias para a atividade de magistério.

Ernesto, você sabe aproximadamente qual é a porcentagem de humanos entre os seres vivos do planeta?

Não. Mas é ridícula. Só em nosso corpo há mais bactérias do que humanos no planeta. Mesmo seres pluricelulares, como formigas ou mosquitos, existem em número estupidamente maior do que humanos.

http://ask.fm/wolfedler/answer/124303499805 Você costuma usar o exemplo da lâmpada elétrica para falar de eventos ao mesmo tempo incausados e indeterminados. Porém, nesse caso, a corrente elétrica não seria o mesmo que o estímulo do laser, e portanto causado?‎

Não. O decaimento dos átomos excitados em uma lâmpada é fortuito. O decaimento dos átomos excitados em um laser é estimulado. Por isso é que o laser emite luz coerente (em concordância de fase) e monocromática, e uma lâmpada não. A corrente não é a causa de emissão e sim a condição para que possa ocorrer. Mesmo excitados, há átomos que não decaem. Estatisticamente muitos decairão, daí, macroscopicamente, se perceber que a corrente seja a causa da emissão de luz. A não causalidade tem que ser entendida no nível atômico individual.

O comunismo matou muita gente?‎

Não o comunismo, mas pessoas, em nome, pretensamente, do comunismo. Do mesmo modo que o fascismo, o nazismo, o catolicismo, o islamismo e outros "ismos". Mas o recorde de mortes em nome de alguma ideologia é da comunista.

mas não existindo não se sabe de nada, nem da existência e tampouco da inexistência, já que existindo se pode saber, pelo menos, de alguma coisa.‎

Claro que não existindo não se sabe de nada. A recíproca não é verdadeira. Se não se sabe, não quer dizer que não se exista. Pode-se saber algo e não se saber outras coisas. Como é sempre o caso. O que você houvera dito foi "A única forma de não saber algo é não existindo". Se você tivesse dito "A única forma de não saber nada é não existindo", para os seres humanos, seria correto. Mas não para vegetais, por exemplo. Todavia é possível, mesmo, que algum ser humano exista (isto é, esteja vivo) e não saiba nada, se tiver nascido com alguma lesão cerebral severa e tenha apenas vida vegetativa.

Você que se diz anarquista deveria reconhecer que o intelectualismo também é um tipo de opressão, e das piores.‎

Intelectualismo, considerado como o uso da intelectualidade para exercer algum poder sobre quem não a possua é uma opressão. Mas ser intelectual, em si mesmo, é uma libertação. Quanto mais intelectual uma pessoa for, isto é, quanto mais conhecimentos dominar e mais habilidades tiver de usá-los, mais condições ela possui para se libertar de uma opressão. Isso vale para todo o tipo de conhecimento e de habilidade: científica, tecnológica, social, política, econômica, artística etc. Portanto o ideal é que todo mundo seja o mais intelectual possível. Todavia a intelectualidade também possibilita que a pessoa tenha mais condições de ser opressora. Ele o será ou não em razão de seus princípios, de sua ideologia e de seu caráter. Deixar de ser intelectual porque isso poderia ser razão de opressão é idiotice. Há que se fazer uso da intelectualidade para libertar, não só a si, mas aos outros.

"Só sei que nada sei" (Sócrates) ou "Nem sei se nada sei" (Fernando Pessoa)?

Ambas estão incorretas. O fato é que se sabe algo e não nada. Mas não se sabe tudo, por mais que se saiba. Todavia se sabe que se sabe algo.

http://ask.fm/wolfedler/answer/123855044637 Poderia citar exemplos de eventos que sejam ao mesmo tempo causais e indeterminísticos?‎

A emissão de luz laser é estimulada e, portanto, causada. Mas, se a excitação tiver se dado para um estado dois níveis acima do fundamental, o decaimento pode se dar para o nível logo abaixo ou para dois abaixo. Não se pode prever, em cada caso, o que acontecerá. Portanto não é determinístico, já que não especifica o resultado da causa. Isso acontece muito em vários fenômenos quânticos. O decaimento radioativo de híperons não é causado e nem determinista. Ele acontece fortuitamente e pode se dar de várias formas. Antes do surgimento da Física Quântica se pensava que todos os eventos fossem causados e determinísticos. Isto é, tudo teria uma causa e a causa, nas mesmas circunstâncias, provocaria o mesmo efeito. Hoje se sabe que tal comportamento macroscópico é uma questão estatística, uma vez que, nesses casos, a probabilidade é muito concentrada.

"Pessoas que deram a vida por ele, morreram em vão." Essa foi a frase mais estúpida que já li em seu ask. Isso foi pisar na história, isso foi desconsiderar as conquistas e contribuições dos bolcheviques. Você sequer pode ser considerado um anarquista. É um reformista, degradador, desonesto. Adeus

Desonesto? Como assim. Claro que sou um reformista. Quero mudar o mundo. No começo a revolução soviética, mesmo com seus equívocos, teve um grande valor moral. Mas Stalin corrompeu tudo. Stalin foi o fim do ideal revolucionário. Se você diz que condenar Stalin é ser degradador, eu sou mesmo.

Negar as experiências socialistas da URSS é puro revisionismo e desonestidade. Isso é desonrar o sangue de russos que foi derramado em prol do proletariado. É ignorar completamente o marxismo na área da revolução. Você está com um discurso psolista, todo marxista de boteco sabe disso. Seja honesto!‎

Marxismo é uma concepção equivocada de comunismo. Pessoas que deram a vida por ele, morreram em vão. A via socialista e revolucionária para se atingir o comunismo é ineficiente, ineficaz e extr