domingo, 7 de maio de 2017

ACERTO

Por que o povo brasileiro só pensa em festa e p******? Quase não pensa sobre política, economia, etc.

Isso é uma generalização que não procede, mesmo que a maioria assim o faça, mas não a totalidade. A falta de seriedade de grande parte da população é o resultado de uma indolência tropical que leva muita gente a não querer se esforçar para examinar e refletir sobre a realidade em todas as suas facetas. Isso, em parte, é culpa da escola, que não é exigente. Mas ela não é exigente porque os professores também são preguiçosos e não querem ter muito trabalho. Então fica-se em um círculo vicioso difícil de ser rompido. É preciso que quem não tenha preguiça se esforce, dando muito murro em ponta de faca, para reverter a situação e acabar com essa indolência, levando a população a pensar. Tem gente, até, que estranha quando alguém afirma que está pensando, como se isso fosse um mal.

És a favor ou contra os professores falarem sobre política em sala de aula?

A favor. É preciso politizar a juventude. Mas tem que falar de forma isenta e não passional. E não só conjuntural mas, principalmente, estrutural e filosoficamente. Analisando tudo de modo neutro e sereno, como um cientista político. Mesmo que tenha suas preferências, tem que apresentar todos os lados das questões e deixar que os alunos concluam por si mesmos. Como no caso da economia e das religiões. A escola precisa mostrar todas as possibilidades para que o aluno faça sua opção. Inclusive o ateísmo, mesmo não sendo religião.

Você tem cara de quê? Alemão, italiano, ibérico, escandinavo ou eslavo?

Não sou em que digo. Os outros é que julgam. O que você acha? Acho que sou mais parecido com um inglês. Clique na foto de meu perfil para vê-la ampliada.

Ernesto, a propriedade é um roubo? O q vc tem a dizer sobre isso?

Nem sempre, mas, muitas vezes, sim. Especialmente no caso de grandes propriedades que são herdadas de geração em geração que, originalmente, foram resultado de predação, às vezes até pré-histórica. Mas pode haver propriedade legítima, obtida por trabalho sem exploração nem roubo. Mesmo assim, o melhor é que a propriedade privada seja abolida para uma propriedade coletiva. Tudo sendo de todos e nada sendo de ninguém em particular, todos serão supridos de tudo o que precisam e nada faltará a ninguém. Isso é o mais justo. Todos trabalhando, uns pelo bem dos outros e compartilhando o resultado de seu trabalho. Numa economia de doações, sem trocas, nem por bens, nem por moeda. Isso é que é o comunismo e não o controle dos meios de produção e serviços, bem como do resultado da produção e dos serviços por parte do estado, do qual todos seriam empregados. No verdadeiro comunismo não há empregados. Todos são sócios do que fazem. E o melhor é que o comunismo seja anárquico, isto é, sem estado nem o seu governo.

Um filósofo *necessariamente* tem que saber mais de História do que um historiador? Tive essa dúvida depois que vi este historiador sendo massacrado: https://www.youtube.com/watch?v=95Xi3x_tTuc (Sobre o tráfico de escravos).

Não necessariamente, mas pode saber. Em geral um historiador sabe mais, se for de gabarito e não como esse que o Olavo refuta. Um filósofo tem que ter um bom trânsito em História sim, bem como em ciências, especialmente Física e Biologia. Isso o Olavo não tem, como já demonstrou. Minha birra com o Olavo é, especialmente, o seu dogmatismo religioso. Não consigo conceber como um filósofo possa ser religioso. Ciência e Filosofia são incompatíveis com crenças religiosas. Tomás de Aquino, por exemplo, não foi um filósofo e sim um teólogo que buscou adequar forçosamente a Filosofia à Teologia. Prefiro as posições de Ochkam e Scoto, que mostraram que a Filosofia e a Ciência não podem provar a existência de Deus, mas a aceitavam por fé.

Qual a matéria mais chata do ensino médio, na sua opinião?

O que eu acho chato de se aprender, em geral, não é visto no Ensino Médio Geral, como Direito, Contabilidade e Finanças, por exemplo. O que se vê no Ensino Médio, como Matemática, Física, Química, Biologia, Geografia, História, Filosofia, Sociologia, Português, Literatura, Inglês e Espanhol eu considero muito interessante. Como também Música e Artes Plásticas, além da Literatura de outras línguas. Também gosto de Psicologia e de Habilidades Práticas, como Mecânica, Eletrotécnica, Marcenaria e outras. Para mim, em geral, estudar é uma delícia.

Olá, Ernesto von Ruckert, você acredita em livre arbítrio? Se sim, me diga uma explicação física plausível para isso. (Parto do pressuposto de que as ações humanas são dimensionadas dentro das leis do universo e, caso exista de fato um direito de escolha, acredito que ele deva estar prescrito)

Considero que existe o livre arbítrio sim, mas não sei dizer qual a sua fundamentação. Quem o nega, em geral, se baseia no fato de que muitas decisões são tomadas inconscientemente antes que a consciência tome conhecimento delas. Mas o inconsciente também faz parte do "eu" da pessoa. Portanto o que se decide inconscientemente é uma escolha livre da pessoa também. O que se observa é que, não só os seres humanos, mas outros animais fazem suas escolhas. Isso, para mim, é o livre-arbítrio.

O que você acha de um filósofo conservador? Ou pelo menos um filosofo que defende dogmas?

Uma característica essencial de todo filósofo é o livre pensamento. Portanto, não há como ser um filósofo dogmático. Quanto ao conservadorismo, o filósofo também não pode se prender a nenhum rótulo. Certamente que pode admitir algum princípio defendido pelo conservadorismo, tanto quanto outros, defendidos pelo progressismo, da mesma forma que proposições das mais diversas correntes de pensamento. Sempre de uma forma cética e crítica. E não pode se fixar em nenhuma concepção em definitivo, estando sempre aberto a rever suas próprias convicções. Isso é que é ser filósofo.

Já leu Deus um delírio de Richard Dawkins? Se sim o que achou? Não gostei, sou ateu e não acho que ter religião ou fé é em si um mal ou que ateus são pessoas mais elevadas.

Já li, há alguns anos, e gostei. A questão é a seguinte: Pessoas podem ser religiosas de boa fé e a maioria o é. Todavia estão iludidas. Como ateu esclarecido e convenientemente convencido com boa argumentação da inexistência de Deus, é uma obrigação de caridade buscar remover as pessoas de suas crenças infundadas e libertá-las das religiões. Claro que isso tem que ser feito com a máxima educação e cortesia. Mas não se pode ser omisso e deixar as pessoas permanecerem na ignorância. O mal que há em se ter alguma religião é, simplesmente, de se deixar enganar por afirmações falsas sobre a realidade, como supor que se tenha uma alma imortal e que exista algum deus, bem como anjos e demônios. Por outro lado, as religiões, apesar de promoverem a cooperação entre seus adeptos, em geral promovem a animosidade entre os adeptos de religiões diferentes. Os benefícios que as religiões oferecem podem ser obtidos sem elas, como a caridade e o consolo.

É possível um ser humano transcender a existência?

De modo efetivo e realístico, não, pois cada um sé é quem é, existindo. Todavia, de modo indireto, sim, por seu legado para a posteridade, em termos de suas obras, seu exemplo de vida, sua mensagem e suas lembranças.

https://resistenciacurda.wordpress.com/2016/05/06/ser-mulher-no-pais-mais-democratico-do-mundo/

Muito bom isso. Vamos ver se continua e também inclui na democratização os homossexuais, o poliamor e outras coisas do tipo.

Comente: Não é possível tentar estimular as famílias culturalmente desfavorecidas a valorizar o conhecimento usando uma linguagem originalmente concebida para as excluir e discriminar. — Desidério Murcho

Sim. Para começar é preciso uma aproximação dentro do modo de falar que elas conhecem e, então, à medida que forem crescendo em conhecimento e cultura, ir passando para a norma culta da linguagem, pois esta possibilita uma comunicação mais precisa em nuances de significância.

Professor, voce acha importante que um engenheiro mecanico se aprofunde em assuntos como mecanica analitica (Hamilton), Calculo Tensorial e Derivadas Fracionarias? Meu curso de engenharia nao toca nesses assuntos..

É muito interessante, mas não é importante para a engenharia normal. Só para quem for trabalhar com o desenvolvimento de projetos completamente inovadores. Ou seja, para inventores de dispositivos revolucionários e ousados a serem aplicados em ramos ainda impensados, como controle do tempo e do clima, viagens interestelares, exploração do magma terrestre ou das profundezas abissais, construção de redes de satélites geradores de energia e outras do tipo, por exemplo.

Acha possível realizar um golpe de estado no Brasil, inspirado nos moldes de O Príncipe, mas sem derramamento de sangue, derrubando o governo, extinguindo a câmera e o senado, expulsando e expatriando todos os políticos, e assumido o controle de tudo sem precisar matar ninguém?

Não é possível e nem desejável. O Brasil precisa encontrar seu caminho dentro na legitimidade das instituições democráticas. Com a conscientização do povo para votar nos candidatos probos, honrados, capazes e comprometidos com o bem geral.

Um devaneio hipotético e absurdo.Se fosse de seu conhecimento, que a raça humana será extinta dentro de alguns anos, e que a única forma de evitar isso, depende de você realizar um golpe de estado no Brasil. Como prosseguiria? Como planejaria esse golpe? Por onde começaria? Onde atacaria primeiro?

Absolutamente não faria tal coisa, pois, é claro que essa afirmativa não seria verídica.

Acha que programas como desse canal https://www.youtube.com/watch?v=XT0Bkvcsmhs que diz trazer mais informação "cientifica" só servem pra desinformar mais pessoas com especulações ditas cientificas ?

Isso é completamente falso e sua divulgação presta um desserviço à sociedade por iludi-la a esse respeito com afirmações inverídicas. Tais iniciativas deveriam ser impedidas de serem veiculadas.

A iniciativa privada no meio científico deve ser incentivada? Considera como sendo algo bom?

Não acho que o conhecimento científico deva ser privado e sim disponibilizado para a população gratuitamente. Por isso é bom que, enquanto houver estado e dinheiro, a atividade científica seja promovida pelos governos. Quanto o mundo se tornar anárquico, a sociedade proverá os cientistas de suas necessidades, de graça, para que possam desenvolver suas pesquisas.

É bom conhecedor de musica classica? Sabe qual musica toca nessa cena abaixo? https://www.youtube.com/watch?v=LSny4rCps_U

É primeiro movimento do concerto número um para piano e orquestra, em si bemol menor, opus 23, de Tchaikovsky.

Sabes cantar e dançar? Senão, gostarias de saber?

Cantar eu canto e, até, muito bem. Gosto de música lírica e sou barítono, mas minha extensão adentra tanto no tenor quanto no baixo. Dançar eu não sei, mas gostaria de saber.

Professor, porque o nazismo que tem uma ideologia de extrema direita significa "nacional socialismo", levando em conta que o partido nazista caçava comunistas e queria exterminá-los, sendo o socialismo o caminho intermediário para o comunismo?

O nome que ele assumiu não corresponde ao que ele foi, exceto na parte "nacional". Mas o nazismo não é socialista, apesar de ser totalitário. Mesmo não sendo estatizante, no sentido de encampar as empresas pelo estado, possuía uma economia rigidamente controlada pelo estado, em atendimento a seus interesses, que eram proclamados como os interesses da nação.

Professor o que acha do estoicismo? Acredita que pode ser útil? Se sim, como você o pratica no seu dia a dia? Se não, por que?

Gosto muito dessa concepção e a adoto em um síntese dialética com o epicurismo. Mas não vejo pelo aspecto de ser útil ou não. Isso não me preocupa. O que observo é se é um comportamento compatível com minhas convicções e visão de mundo. Jamais valorizo em primeiro lugar qualquer coisa em função de sua utilidade, mesmo que considere que a utilidade seja um valor, só que não o mais importante.

O senhor já viu isso? http://bit.ly/1Wl73Tl o que acha?

Mesmo que a pessoa acredite em Deus, não há razão para ser contra quem não acredite. E nem supor que, por isso, seja uma pessoa sem valor ou que não atribua significado a sua vida. A posição dessas pessoas é extremamente preconceituosa. Todavia, pelo que percebo, não são pessoas cuja opinião valha a pena levar em consideração. O que eu lamento é que esse tipo de programa, que é visto por muita gente, dissemine esse preconceito contra ateus. O que ele deveria fomentar é a tolerância e o respeito a todo tipo de crença, incluindo a descrença. Como os ateus decentes respeitam as crenças de quem as possua de forma sincera, mesmo que achem que sejam equivocadas.

Sabe se comunicar em quantos idiomas? Qual seu nivel de ingles escrito e falado? Basico, intermediario ou avançado?

Leio inglês normalmente, escrevo mais ou menos bem, mas falo e entendo razoavelmente. Dá para comunicar, mas não com grande fluência. O inglês que eu sei eu aprendi na escola pública, ao longo de sete anos do ginásio e do científico, de 1961 a 1967. Naquela época a escola pública era melhor do que as particulares, especialmente o Colégio Estadual de Barbacena, onde estudei, como o de Belo Horizonte. Eram equivalentes ao que é, hoje, o Colégio Universitário da UFV. Também leio bem o Francês e o Espanhol e razoavelmente o Italiano. Estudei muita Física em livros em Francês, Inglês e Espanhol.

Podemos afirmar que o sol vai nascer amanhã? Se podemos, podemos fazer isso porque ele nasceu ontem, anteontem e isso parece ter acontecido desde sempre? Criamos então nossas certezas com base na memória?

O fato de termos memória de que o Sol nasceu ontem, anteontem e nos dias anteriores não garante que isso sempre aconteceu e nem que sempre acontecerá. De fato, nem sempre aconteceu, mas apenas depois do Sol ter surgido e, mais ainda, depois da Terra ter surgido. E não acontecerá indefinidamente, pois a Terra (e mesmo o Sol) deixarão de existir no futuro. Portanto o que se tem é apenas uma fortíssima convicção de que tal se dará, especialmente porque não há indícios de que, de hoje para amanhã, a Terra desaparecerá ou, pelo menos, deixará de girar em torno de si. Essa convicção é tão grande que pode, até, ser chamada de certeza, o que, de fato, não é.

Se o campo não possui spin, paridade, carga e outros atributos quânticos, como que os valores dessas grandezas flutuam no campo, a ponto de chegar a um valor específico, formando uma partícula (quantização de campo)?

Nunca se forma uma partícula. Sempre são duas, a partícula e sua antipartícula e elas possuem grandezas que totalizem zero. Todavia, quando se fala do spin de uma partícula, se refere ao módulo. Uma partícula e sua antipartícula possuem o mesmo módulo de spin, mas quando são formadas, o são de modo que os vetores são opostos. As cargas são opostas. Outras propriedades também se cancelam. O que não se cancela é a massa, que é originária da energia do campo. Na atualidade (diferentemente do que se deu no surgimento do Universo) o surgimento de pares é proveniente da colisão de fótons e a massa do par provém da energia dos fótons. No surgimento do Universo, as flutuações de densidade do campo do vácuo eram muito mais violentas, de modo a permitir uma concentração localizada de energia suficiente para fornecer a massa de um par de partícula e antipartícula. Depois, com a expansão, a densidade de energia do campo do vácuo já não permite mais isso.

Professor, Roger Penrose, um respeitado cientista, elaborou uma teoria quantica da consciencia. O que pensa sobre isso? http://super.abril.com.br/comportamento/roger-penrose

Penso que ele está equivocado em suas concepções. Claro que o funcionamento de tudo no mundo, em última análise, se reduz a fenômenos quânticos em nível sub-atômico. Mas que chegam a se realizar no nível biológico em que se situa a consciência por meio de ocorrências químicas. Esse é o caminho para a busca do entendimento da consciência.

Poderia opinar sobre essa matéria que diz respeito a seres de outro mundo e dimensão? Diz a matéria sobre um documento do FBI, o qual admite que fomos visitados por seres de outra dimensão. http://www.ancient-code.com/the-fbi-admits-visits-of-beings-from-other-dimensions-declassified-fbi-document/

Isso é uma carrada de baboseiras. Completamente disparatadas. Invenções ou alucinações.

Você certamente sabe quem são James Randi e Harry Houdini. Existem pessoas que acreditam que eles possuem poderes sobrenaturais, e de fato, se você estudar profundamente a história desses dois ilusionistas, fica difícil de argumentar contra eles. O que você diria a essas pessoas?

Mas o que eles, justamente, mostram, é que não há nada de sobrenatural, mas apenas habilidade ilusionista. Quem acompanha o que eles dizem é que não vai achar que existem poderes mágicos nenhum.

"A punição que a lei PREVER" ou "A punição que a lei PREVIR" ?

Prever (infinitivo)! E não "previr" (futuro do subjuntivo).

Você possui conhecimentos acerca da Engenharia de Software? O que pensa sobre esta área?

Não. Mas acho uma assunto fascinante. Gostaria e entender para elaborar programas, por exemplo, de identificação de instrumentos em uma música gravada, fazendo sua separação e colocando sua melodia em pautas separadas de uma partitura. Bem como programas para projetar mecanismos, calculando as espessuras das peças e as formas que as façam executar variados movimentos. Ou, ainda, os programas que comandam os foguetes das naves espaciais para que sejam levadas a seu destino, por exemplo, uma lua de Saturno. Só não tenho o menor interesse por programas de contabilidade, administração, finanças, economia e negócios. Também gosto de programas de edição de imagens, especialmente aqueles que transformam uma fotografia em um quadro impressionista, pontilhista ou de outro estilo.

http://extra.globo.com/casos-de-policia/policia-prende-suspeitos-de-morte-de-jovem-em-arrastao-19257878.html qual punição você daria a esses indivíduos, esquerdista?

A punição que a lei prever. Digamos de 20 a 30 anos de prisão. E tem mais. Sou contra a concessão de qualquer abreviação de pena ou outra benesse por bom comportamento. Para mim o mau comportamento é que deve implicar em ampliação do tempo de prisão. Como também sou contra a existência de fiança. Não sei porque você colocou a palavra "esquerdista" na pergunta. Parece que você considera que uma pessoa, por ser esquerdista, seja condescendente com crimes. Em absoluto!

Qual a diferença de matemática aplicada e física?

Ora, Matemática Aplicada é a Matemática que se usa numa série de áreas de conhecimento, como Economia, Biologia, Engenharia, Astronomia, Meteorologia, Navegação, Computação, Física, Química e outras. Física é uma ciência natural que busca explicar, por meio de modelos em que se aplica a Matemática, como a natureza se estrutura e funciona em seus aspectos mais fundamentais.

De acordo com a mecânica quântica dois corpos podem ocupar o mesmo espaço? Senão me engano isso tem a ver com o principio da exclusão de Pauli.

Corpo é um conceito macroscópico não existente em quântica. O que se tem são sistemas que podem ser campos e partículas, sendo estas quantizações (isto é, densificações) de campo. Campo possui extensão espacial, mas não tem impedimento de se estender sobre uma região já preenchida por outro campo. Em verdade a impenetrabilidade macroscópica de corpos é, apenas, uma decorrência da repulsão provocada por campos que, na região de contato, se interpenetram. O princípio da exclusão afirma que duas partículas fermiônicas de mesma espécie, em um sistema ligado, não podem estar no mesmo estado, isto é, com todas as variáveis que caracterizam seu estado coincidentes. Pelo menos uma tem que ser diferente. Aplicando-se a elétrons de um mesmo átomo, como estão todos ligados ao mesmo núcleo, cada um tem que estar em um estado diferente, já que são férmions. Mas podem estar interpenetrados espacialmente, ou seja, a função de onda deles pode existir em um mesmo ponto para mais de um.

Indica algum livro para quem quer aprender Mecânica Quântica do básico? Pode ser apenas de divulgação científica :)

John Polkinghorne - Teoria Quântica - L&PM
Oldenberg & Holladay - Introdução à Física Atômica e Nuclear - Edgard Blücher
Alastair I.M. Rae - Quantum Physics - Oneworld

Professor poderia recomendar uma bibliografia para o estudo do pensamento anarquista ?

George Woodcock - "História das Idéias e Movimentos Anarquistas" - L&PM - 2 vols.

https://scontent.fgig3-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/13178762_1035769933167161_1751742702118794350_n.jpg?oh=6b3e8c24610100a548d8ff9cf4b31e94&oe=57E14E91 Desde a infância penso nisso. O que realmente acontece, supostamente?

Se fosse possível fazer um buraco passando pelo centro da Terra até o outro lado, o campo gravitacional em seu interior seria proporcional à distância ao centro (isso pode ser deduzido pela lei de Gauss), agindo como uma força restauradora linear, do tipo de uma mola. Então um corpo deixado cair na beira desse buraco, se não houver atrito com o ar, entraria em oscilação entre seus dois extremos.

O que pensa de Giordano Bruno?

Admiro muito por suas concepções rebeldes para a época. Se bem que não concordo com sua concepção de tudo tenha vida e tenha alma. Tampouco com sua ideia da imanência divina. Mas ele foi muito ousado em defender o heliocentrismo, a infinitude do Universo e a possibilidade de outros mundos. Da mesma forma que em duvidar da trindade divina, da partenogênese de Jesus, da eucaristia e outras questões dogmáticas da fé cristã.

Qual é a tua opinião sobre o Inri Cristo?

Uma pândega.

Acreditas em seres de outras dimensões? O que pensas sobre a existência ou não de outras dimensões, universos, com formas de vida diferentes se quer imaginadas? Tipo, seres de plasma

Não vejo que existam outras dimensões além das que temos acesso. Inclusive as propostas pelas teorias das cordas e das branas. Portanto não há seres de outras dimensões. Também não acho que existam outros universos, além deste. Pode ser que haja outros tipos de vida, com outras bases diferentes, mas neste universo. Acho difícil haver seres de plasma, pois o plasma é eletricamente carregado, o que impede sua estruturação em sistemas de complexidade necessária para que os fenômenos que caracterizam a vida ocorram. Mesmo seres gasosos não plasmáticos. A presença de líquido é uma condição bem forte para a existência da vida. E isso implica, também, na existência de membranas sólidas que os contenham.

O que acha sobre esse texto? http://www.osho.com/pt/read/osho/vision/jealousy-love-and-relating-in-the-21st-century

Uma maravilha! É tudo o que eu penso. Assim é que o mundo precisa ser para que todos sejam felizes. Amor não admite ciúme nem posse, nem tem que ser exclusivo e perene. Amor tem que ser vivido aqui e agora. Com liberdade, intensidade, sinceridade, doação, dedicação, compromisso, devoção, desejo, prazer, afeto, amizade, compartilhamento, cumplicidade. Mas não com posse, dominação, restrição, ciúme, controle, inspeção, imposições, contratos, deveres. Sem requerer exclusividade, perenidade. Nem reciprocidade. Senão não é amor. E sem amor a vida não compensa.

Sobre essa pergunta: http://ask.fm/wolfedler/answers/136088799773 no tocante ao anarquismo por vias legitimas sem subversão. Não seria por causa dessa modéstia que os sábios ever fracassaram em suas investidas? Não foi por isso que o iluminismo não vingou? A guerra certamente é atroz. Mas...

A maioria das nações e civilizações foram fundadas sobre a égide da luta, da revolta, do derramamento de sangue. isso não da para negar. Não consigo enxergar uma sociedade que abra mão da batalha, para fazer revoluções através de diálogos.Já tentaram em vão.

"O homem escolhe, o escravo obedece!" O que acha dessa frase?

Completamente idiota!

Por que existe algo ao invés do nada?

Não há razão nenhuma para tal fato. Existe por uma coincidência de ter surgido algo a partir de nada. Nem razão nem propósito.

Professor, em uma questão como essa: http://educacao.globo.com/provas/enem-2011/questoes/173.html . Eu posso dizer que o menor crescimento ocorreu entre os anos de 2003 e 2006, já que em tal período não houve nenhum crescimento?

Não. Menor crescimento é um crescimento de valor menor do que outros crescimentos. Mas é um crescimento e não um decrescimento. Pode ser nulo, mas não negativo.

Se o campo fermiônico não possui carga, como surge duas partículas com carga? De onde elas adquirem as cargas? E surgem em sentidos opostos pela conservação de momentum, uma vez que o momentum do campo é nulo?

No surgimento de quantizações de campo de matéria que caracterizem partículas e antipartículas, também pode, dependendo de como a quantização se deu, ocorrer transformação do campo de matéria em campo eletromagnético. Como ele não existia antes, sua quantidade total, medida pela totalidade de seu fluxo, permanece nula. Então ele vai possuir uma região de emanação e uma região de sumidouro. De onde emana um fluxo de campo elétrico se diz que é sede de uma carga elétrica positiva e para onde some um fluxo de campo elétrico se diz que é sede de uma carga negativa. Esses pontos serão a partícula e a antipartícula que surgiram. O valor dessa carga é determinado pela quantidade de fluxo de campo emergente ou imergente. Uma característica intrínseca do comportamento da natureza é que os valores dessas quantidades de fluxo sejam quantizadas, do mesmo modo que os valores de várias outras propriedades das partículas que surgem quando uma densificação de campo de matéria se transforma em partícula, sempre aos pares de partícula e antipartícula, garantindo a conservação das grandezas envolvidas.

Poderia o espaço ter precedido o tempo, se sim, por que o ponto de Einstein da inerência espaço-tempo estaria errado? Teria alguma relação com a inexistência de qualquer tipo de propósito ou razão para o existir do universo, não implicando assim em restrições?

Pode haver espaço sem que exista tempo, mas não pode existir tempo sem que exista espaço. Porque o espaço advém da existência de um conteúdo e o tempo advém do fato desse conteúdo alterar seu estado. Não há como alterar o estado de coisa nenhuma, portanto, para haver tempo, é preciso existir algo e, se algo existe, existe espaço para conter esse algo. Todavia esse algo pode se manter imperturbado, com o que o tempo não decorre. Essa situação, todavia, teria que ocorrer com o conteúdo completo do Universo. O fato de ter-se iniciado uma expansão do espaço que contém o conteúdo fez com que o tempo passasse a decorrer. Nada disso tem a ver com algum propósito para a existência, quer do conteúdo, quer do espaço, quer do tempo e das alterações em tudo isso.

Ernesto, a ocorrência do Big Bang não contradiz o conceito de universo infinito?

Não. O Universo poderia já ter surgido infinito, só que extremamente denso. Ou, então, já existir de modo imperturbado. O Big Bang, então, foi o início da súbita e violenta expansão do espaço continente de seu conteúdo, ao longo de toda a sua extensão infinita, de modo que o que, atualmente, é o tamanho de todo o Universo Observável, naquele momento, se reduzia a um volume menor do que o ocupado, atualmente, por um átomo. Mas o Universo inteiro era infinito, como continua sendo. Note que infinito não é um tamanho definido. É, simplesmente, e afirmação de que sua extensão é ilimitada.

Qual vantagem hoje em dia de se afiliar em um partido político?

Afiliar-se a algum partido político é a única forma de poder se candidatar a algum cargo eletivo. Essa é a única vantagem. No Brasil, infelizmente, não se admite candidato sem partido. No entanto, como os partidos brasileiros não possuem um programa que realmente cumpram, ser filiado a algum deles, absolutamente, não significa que, sendo-se eleito para algum cargo por ele, se vá pautar seu trabalho político pelo programa do partido, como seria de se esperar.

Como podemos ter certeza que uma dízima não é periódica? O que impede um número de começar a se repetir após sua 100ª casa decimal, por exemplo?

Não há como ter certeza de que alguma fração decimal não seja uma dízima periódica porque não há como se conhecer todos os seus algarismos. O período poderia começar a se repetir depois de trilhões de algarismos. A demonstração de que alguns números não são racionais, como o número "pi", o número "e" e a raiz de 2, por exemplo, é feita por meios indiretos e não pelo exame da sequência de seus algarismos decimais.

Porque, sendo anarquista, você fez alistamento militar e paga impostos? Há contradição?

Para começar, quando eu me alistei, há 49 anos, eu não era anarquista. Depois, não tem como escapar de pagar impostos que já estão embutidos no preço das coisas. Quanto ao imposto de renda, eu o pagava antes, porque assim está estruturada a sociedade, e eu não quero que as modificações que levem ao anarquismo sejam feitas de forma ilegítima. Isso tem que ser alcançado por uma opção da sociedade, que fará modificações em sua estrutura de modo legítimo para se chegar lá. Discordo totalmente de rebeliões que subvertam a ordem para se atingir a anarquia, especialmente porque a anarquia é o suprassumo da ordem, pois é a ordem assumida espontaneamente, sem nenhuma coerção. O trabalho para o atingimento da anarquia, conduzido pelos anarquistas, tem que ser, essencialmente, um trabalho educativo de mudança da mentalidade das pessoas. De mudança em suas visões de mundo.

Por exemplo, se eu for Biólogo e fizer o nivelamento para fazer o Mestrado/Doutorado em Física, posso ser professor universitário de Física ?

Só com o nivelamento não, mas com o mestrado, em nível superior, pode-se ser professor sem ter a graduação na área. Na Educação Básica (Ensino Médio e Fundamental) não. Esta requer a licenciatura na área específica.

http://bloga.grupoa.com.br/para-tirar-nota-10-em-fisica/ comente.

Achei interessante e, até, vou comprar. Todavia, minha experiência de quase 50 anos de magistério, me mostrou que não é o treinamento em fazer problemas que define o domínio da matéria, inclusive para resolver problemas. É o conhecimento, entendimento e compreensão conceitual e teórica do assunto. Saber muito bem qual o modelo matemático que se aplica a cada fenômeno, em que circunstâncias se aplica e em que não se aplica. Ter uma noção claríssima dos conceitos e definições. Saber matemática o suficiente para manipular as equações com mestria. Quem tem esse domínio teórico resolve qualquer questão que aparecer, mesmo com pouco treino em resolver problemas.

Campo leptônico, bariônico, eletromagnético, campo gluônico, campo fraco, campo de Higgs e o gravitacional também fazem parte dos 5% do universo? Ou só matéria bariônica mesmo?

Só a matéria bariônica.

Ernesto, acreditasse que conheçamos apenas 5% da composição do universo (segundo um documentário), isto decorre de fato ?

Sim. E mesmo esse vigésimo não é completamente conhecido. Acontece que dezenove vigésimos do conteúdo do Universo é constituído de matéria escura e energia escura que, por enquanto, não se sabe de que seja feito. Apenas se conhecem seus efeitos gravitacionais e expansivos.

Professor, existe lógica sem linguagem?

Certamente que existe o pensamento sem palavras e, em verdade, ele é o mais ocorrente em nossa mente. Esse pensamento conduz a raciocínios que são lógicos, mesmo que não explicitados linguisticamente na consciência. Claro que eles não podem ser comunicados, mas são esses raciocínios lógicos não explicitados que dão conta da maior parte de nossas decisões na vida. O cérebro tira conclusões inconscientes e as apresenta à consciência para serem acatadas ou não. Muitas vezes esse acatamento é feito inconscientemente mesmo. Tal lógica, decerto, não há como ser ensinada. Ela é um produto da própria estrutura e funcionamento neuronal do cérebro, mas é aprimorada pela vivência.

O objeto de estudo da Física-Matemática é o formalismo da lei física? É como se fosse a análise real da física? Qual a diferença entre um físico teórico e um físico-matemático? É possível fazer um tcc nessa linha ou ela é demasiado avençado?

A diferença é que o Físico Teórico elabora modelos (certamente matemáticos) que descrevam os fenômenos físicos da natureza, enquanto o Físico Matemático desenvolve esses modelos e os aplica, obtendo soluções deles nas mais variadas situações. Há uma grande superposições de trabalhos, geralmente um trabalhando, também, na área do outro. Em geral a mesma pessoa que seja um deles, também é o outro. Em nível de graduação é difícil desenvolver um trabalho, quer em Física Teórica, quer em Física Matemática, já que, em geral, requerem um aprofundamento em Física e Matemática maior do que o visto nesse nível. O que se pode é fazer um retrospecto do trabalho já realizado por algum cientista do passado, como, por exemplo, recuperar e apresentar o trabalho de Newton, Laplace, Lagrange, Hamilton, Maxwell, Boltzmann, De Broglie, Bohr, Schrödinger, Fermi, Einstein, Gödel ou outro, por exemplo.

(Continuação...) E por que digo que muitos estudantes não entendem que a função de filosofar também é do indivíduo? Questione Nietzsche, Foucault, Kant ou Marx para você notar a reação... Quando eles encontram um filósofo como o Olavo, que pensa fora da panelinha acadêmica, ficam histéricos...

Sou plenamente a favor de que sejam questionados todos os filósofos e discordo do que grande parte deles diz, como Comte, Nietzsche, Marx, Foucault. Como também, Aristóteles, Platão, Tomás de Aquino, Kant, Hume, até mesmo meu mestre Bertrand Russell. Isso é extensivo a líderes religiosos, como Maomé, Buda, Jesus Cristo, Moisés, Zaratustra, Lutero, Allan Kardec e os demais. É bom que Olavo critique Nietzsche, Marx, principalmente Foucault, Derrida, Deleuze, Lacan e essa turma. Mas ele também precisa criticar Tomás de Aquino, Aristóteles, Platão e similares, que também disseram muita besteira. O importante é fazer como o disse Saulo de Tarso (I Tessalonicenses 5:21): "Examinai tudo, retende o que é bom". A questão é saber o que é bom. E bom não é o que tal ou qual religião diga que seja. Bom é o que está de acordo com a verdade e com o que promova a maximização da felicidade para o maior número de seres.

http://goo.gl/pEVxEs Mas ele faz, como poucos, as pessoas saírem inércia, discutirem temas polêmicos; essa é a função do Filósofo e não ser o "dono da verdade". Este, como todos, pode falhar. O ato de filosofar também é do indivíduo, coisa que, na prática, muitos estudantes de Filosofia não entendem

Concordo que ele é provocante e acho isso bom. Mas não concordo com as conclusões a que ele chega, na maioria dos casos. Quando ele adentra para a área científica, então é um desastre, a ponto de defender o geocentrismo.

Quando Dirac falava "mar de elétrons", a exatamente o que ele se referia?

Ao campo de matéria do elétron que preenche todo o espaço, constituindo um dos componentes do vácuo. Aliás esse campo não é só do elétron, mas também do muon e do tauon.

Voce entende alguma coisa da area de Informatica e Eletronica digital? Ou mais de Fisica mesmo? Aliás na parte de Eletricidade (resistores, etc.) vc entende algo alem do basico?

Não entendo de eletrônica digital em detalhes, apenas os fundamentos. Mas entendo de eletricidade além do básico sim.

OBS: Sobre http://m.ask.fm/wolfedler/answers/136063875101 a experiencia de Urey e Miller ( https://pt.wikipedia.org/wiki/Experi%C3%AAncia_de_Miller_e_Urey ) já da uma explicação de como teria surgido a vida por geração espontanea e nao por Criacionismo como a biblia cristã insinua.

A experiência de Urey e Miller é um passo no sentido de se explicar a abiogênese, isto é, a origem da vida a partir da matéria inanimada. Mas não fecha a explicação. Mesmo considerando que, de fato, deve ter sido de um modo natural que a vida surgiu da não vida, ainda não se tem a explicação acabada. A proposta de teoria de Oparin-Haldane ainda não está comprovada. Todavia, tudo indica que seja nesse sentido que se encontrará a explicação.

Se o li bem, Ernesto, para fazer o nosso trabalho teríamos de fazer prova pública de ateísmo. Vejo nisso quase uma Inquisição Ateia. O seu erro intelectual é crer que os "regimos de prova", da fé e do trabalho científico, têm de ser exactamente os mesmos e daí segue-se a sua incompatibilidade.

A prova de validade de qualquer proposição é a sua adequação à verdade. Ou, pelo menos, seu esforço nesse sentido. As religiões, absolutamente, não passam nessa prova. Suas proposições não são comprovadamente verdadeiras. As proposições científicas, por outro lado, primam pela honestidade em pretenderem ser verdadeiras e sempre buscam ser contestadas para que se verifique sua veracidade ou que sejam derrubadas. Isso não acontece com as religiões. Elas não se propõem a serem testadas. Isso é simples e não há diferença entre critérios de verdade seja para o que for. Daí a incompatibilidade entre ciência e religião. Realmente considero que um cientista crente não possa ser um verdadeiro cientista. Ele poderia aceitar que Deus exista apenas se isso fosse passível de comprovação e se verificasse que fosse verdade. Jamais pela fé. Fé é algo inadmissível em ciência, entendida como uma crença em afirmativas sem indícios de plausibilidade de serem verdadeiras.

Quanto tempo dura a faculdade de Física?

Um curso de Bacharelado em Física, normalmente, leva quatro anos para ser feito. Do mesmo modo que uma Licenciatura. Para fazer ambos se leva cinco anos. O bacharelado é necessário para seguir carreira como cientista fazendo o mestrado e o doutorado. A licenciatura é necessária para ser professor do Ensino Médio. Deveria ser, também, para ser professor do Ensino Superior e da Pós-graduação mas, infelizmente, não é, de modo que se tem professores do Ensino Superior e da Pós-graduação que possuem péssima didática. Lamentável.

Há, em todo mundo, investigadores (pesquisadores) como nós que têm as suas crenças religiosas. Há, simplesmente, uma separação de planos. Em 35 anos nunca as minhas crenças interferiram no meu trabalho. Este indivíduo é ignorante, é dominado pelas suas crenças e transporta isso para este cargo.

Concordo que ele seja tudo isso e deploro que tenha sido escolhido para tal cargo. Mas acho, também, que todo cientista que possua crenças religiosas, em algum momento, terá que abdicar delas para fazer ciência. A incompatibilidade é incontornável.

Explique como o universo quanto a vida, inclusive a humana, surgiram espontaneamente, por acaso

Não sei e não se sabe. Como, também, quem acha que tanto o Universo como a vida surgiram por meio de uma criação divina não sabem que procedimento foi tomado por Deus para fazê-lo. Então, dizer que é criação divina não é nada mais fundamentado do que dizer que é obra do acaso. Não há como comprovar que seja criação divina e nem há como comprovar que não seja. Todavia supor que seja uma criação divina é supor ingredientes desnecessários no processo. Supor que seja obra do acaso é muito mais simples e perfeitamente aceitável, uma vez que não há razão para que não possa ser.

http://ask.fm/wolfedler/answers/136062961181 Mas esse nível introdutório já é dado, indiretamente, pela literatura mais filosófica, pela História e pelo convívio das crianças e adolescentes na sociedade. Estou falando do estudo aprofundado. Hume, Descartes, Lavelle, Leibniz, Russell, Aquino, Kant...

Não é a mesma coisa fazer uma abordagem indireta ou direta. Mas essa abordagem direta, no nível fundamental, não precisa e nem deve ser feita com a menção ao nome de filósofos. Deve ser feita por assunto, a ser discutido em termos das vivências dos alunos. No ensino médio, o interessante, também, é abordar a filosofia não pelos filósofos, mas pelos temas, só que, então, deve se dizer o que cada filósofo pensa sobre o assunto. Numa segunda visita, vale a pena estudar historicamente a contribuição dos vários filósofos. O importante, porém, em todos os casos, é levar o estudante a filosofar, a refletir, a analisar, a contestar, se for o caso. Porque o grande valor da Filosofia é fazer as pessoas pensarem e não aceitarem tudo o que lhes é dito sem reflexão ou, simplesmente, porque é o que todo mundo acha que deva ser. Especialmente as proposições religiosas, mas também outras correntes na sociedade. Sem isso não se muda o mundo.

gostaria de ganhar a vida escrevendo? Sendo escrevendo artigos, ensaios, ficção, escrita técnica etc...

Sim, mas é muito difícil. Porque, para ganhar dinheiro com literatura ou produção textual científica e filosófica tem que encontrar algo que seja o que o público deseje. Se acertar, pode até ficar rico, como o Paulo Coelho. No caso de textos não literários, o que dá dinheiro é a produção de livros didáticos, se conseguir que eles sejam adotados em muitos colégios. Livros não didáticos e não literários vendem bem menos, a não ser que se seja um autor já famoso que vá ser traduzido em vários idiomas e vendido no mundo todo. Mas isso é difícil para brasileiros. Há poucos casos desses, como acontece com o Marcelo Gleiser. Em geral o escritor precisa ter uma fonte de renda garantida e considerar o rendimento de suas obras como algo extra.

A questão nem é ser ou não "um bispo", a questão é ser um indivíduo com esse tipo de perfil e visão/ignorãncia de como fazemos "ciência"... a questão ciência-religião é outro plano...

A questão é que, sendo um bispo, para ser coerente, tem que acatar a visão religiosa do conhecimento (como de tudo o mais). Acontece que a visão religiosa é incompatível com a visão científica, pois considera que a revelação seja a verdade (o que leva a uma multiplicidade de verdades, uma vez que há várias "revelações"), enquanto a ciência busca a verdade por meio da experimentação, da observação e do raciocínio. Então a questão da compatibilidade ou não entre religião e ciência é essencial para o modo como se faz ciência (e filosofia), uma vez que, se a ciência levar a conclusões discrepantes com o que a religião diga, quem for religioso, por coerência, tem que rejeitar a ciência. Daí que não é admissível que um religioso seja cientista e, especialmente, ministro da ciência e tecnologia.

Todo ser humano tem um certo nível de egoísmo?

Sim, bem como de altruísmo. É a educação que vai fazer prevalecer o altruísmo sobre o egoísmo. Mas educação tem que ser entendida não só como acúmulo de conhecimentos mas, principalmente, desenvolvimento de atitudes, de visões de mundo, de comportamentos, de padrões de julgamento, de habilidades de vida. Isso é que é o mais importante no processo educativo, tanto por parte da família quanto da escola, que também tem essa responsabilidade de formar o caráter e a personalidade.

Filosofia não é para criança - Olavo de Carvalho: https://goo.gl/UVHOK2 (assista antes).. Verdade nua e crua! Na infância e na adolescência, é muito melhor adquirir cultura através da literatura de ficção. Depois entra a literatura mais filosófica (Dostoiévski, Victor Hugo). Aí sim entra Filosofia.

Discordo. Acho que Filosofia já deve ser algo inserido de modo introdutório desde os anos finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio já pode ser abordado de modo formal mesmo. No nível superior, para quem for fazer o curso de Filosofia, então é preciso tanto se aprofundar quanto aumentar a abrangência das considerações, abordando a contribuição de mais filósofos e, principalmente, levando o estudante a ser, ele mesmo, um filósofo.

Professor, não me parece pragmático colocar pragmatismo acima de outros valores. Entendo que se o pragmatismo é um valor absoluto, então ele teria que invalidar outros valores. Mas os fatos invalidam isso e portanto para que o pragmatismo funcione, ele não pode ser absoluto. O que pensa sobre isso?

O pragmatismo não diz que a utilidade prática seja um valor absoluto e sim que seja o valor preponderante, pelo qual se deva julgar o valor de alguma ação. O que eu considero é que isso seja errado. Não é a utilidade prática o fator primordial para que se julgue o valor de algo, mesmo que também seja levada em consideração.

Qual a diferença de comprimento e largura de onda, em Física?

Comprimento de onda é a distância, ao longo da propagação da onda, finda a qual as características da onda voltam a se repetir. Largura é uma característica que só se aplica a ondas em que aquilo que "ondula" possua extensão espacial. Nos casos em que a entidade ondulante da onda não seja espacial, como nas ondas eletromagnéticas, em que são campos elétricos e magnéticos, o conceito correspondente é o de "amplitude" da onda, que vem a ser o valor máximo da grandeza que mede a entidade ondulante da onda.

Professor, o que acha de Temer ter indicado um bispo da Igreja Universal como ministro da Ciência e Tecnologia? Estamos mesmos regredindo para Idade Média.. lamentável

Lamentável. Ele diz que não há incompatibilidade entre ciência e religião, mas há. São irreconciliáveis. Não há como fazer ciência tendo a pressuposição de que Deus exista e o Universo seja gerido pela vontade dele.

O que fazer quando o amor pelo conhecimento é muito maior do que o amor pelas pessoas?

Dedicar-se a obter conhecimento e procurar, também, amar as pessoas. Em verdade o conhecimento pleno levará à conclusão de que o amor às pessoas é um valor maior do que o amor ao conhecimento.

Ernesto, não há como usar vetores em rotações finitas. então como é passível falar de velocidade angular?

Ora, simplesmente porque nem tudo que possua orientação necessariamente tem que ser vetorial. Uma rotação é um tensor antissimétrico de segunda ordem em três dimensões. Que pode ser representado por um vetor dito "axial". Vetores axiais não observam a comutatividade da soma.

Professor, por que considera o pragmatismo abominável? Qual o problema de valorizar a função prática das coisas? Me refiro a situações gerais da vida não ao ambiente político.

Não é problema valorizar o valor prático das coisas. O problema é colocar esse valor como o valor preponderante. Há valores mais altos do que a utilidade. Como a beleza, a bondade, a justiça, a verdade, o amor, a honestidade, a solidariedade, a compaixão, a coragem, a bravura e muitos outros.

O que você entende por pragmatismo?

A atitude de valorizar tudo em função de sua utilidade prática. Acho isso abominável.

O que te deixa mais Indignado(a) ,nos dias de hoje?

O pragmatismo. A falta de idealismo. A falta de desprendimento. A falta de abnegação. A falta de altruísmo. O egoísmo. A falta de nobreza. A preguiça. O imediatismo. Esse tipo de atitude.

Próximo semestre vou pagar primeira matéria de Física da faculdade, se não me engano trata de Mecânica. Tenho uma base bem ruim de física, quais leituras e materiais o senhor me recomenda para que eu "fique em dia" e acompanhe bem? (Fora coisas como Cálculo I, que estou pagando esse semestre).

Você tem que revisar a Física do Ensino Médio em um livro bom e não nesses que só treinam para fazer vestibulares e o ENEM. Por Exemplo:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Col%C3%B4nia_Cec%C3%ADlia

Existe um romance muito bonito do escritor paranaense Miguel Sanches Neto, chamado "Um amor anarquista", que se passa na Colônia Cecília e narra a epopeia de seus habitantes.

Professor, poderia me explicar essa afirmação: "Sem a teoria da relatividade de Einstein, GPS não existiria." ?

A questão é que o posicionamento depende de uma triangulação feita entre o ponto desejado e três satélites. Para tal se tem que medir a distância entre o ponto e os satélites. Essa medida é feita pela medida do tempo que o sinal de rádio leva para subir e descer. Mas esse tempo é modificado pela dilatação ou contração gravitacional do tempo, conforme o sinal se move no mesmo sentido ou no sentido oposto ao campo gravitacional terrestre. Então o programa tem que proceder à correção adequada para que a distância seja corretamente calculada. Se isso não for feito pode acontecer um erro de alguns metros.

O que é pragmatismo político?

É não se comprometer com um comportamento rigorosamente ético para obter vantagens. É faltar com a honestidade, a justiça e a bondade para conseguir ganhos políticos. E considerar que isso seja aceitável, pela consideração de que os fins possam justificar os meios.

O crime pode ser entendido como necessário(útil) para a sociedade, pois se a consciência coletiva(moral) fosse excessiva, se cristalizaria e a consciência individual inovadora não se manifestaria? Assim,crime existe porque sentimentos coletivos estão no estado de maleabilidade para tomar nova forma?

Não. De modo nenhum. Crime não é absolutamente necessário para que a inventividade do homem se manifeste. A sociedade pode ser perfeitamente ética, sem que haja crime nem desonestidade e, mesmo assim, ser pujantemente criativa e inovadora. O mundo pode ser todo populado por santos e a sociedade ser extremamente rica em cultura, tecnologia e tudo o mais. A maldade não tem necessidade nenhuma de existir para nada a não ser para si mesma. Sua inexistência não compromete, em nada, a expressão de nenhum valor artístico, científico, filosófico ou cultural de qualquer tipo.

Se no universo não existe uma superfície lisa e sem atrito (uma prova de que Newton não tirou a ideia da experiência e sim da abstração mental), então é correto dizer que na reflexão da luz num espelho, por exemplo, há sempre uma difusão, já que também não há nenhum espelho com uma superfície lisa?

O espelho será considerado perfeitamente liso se suas irregularidades forem bem menores do que o comprimento de onda da luz que vai refletir. Para microondas, por exemplo, uma tela metálica com buracos, funciona como um espelho. A luz visível tem um comprimento de onda médio milhares de vezes maior do que os átomos. Se as irregularidades da superfície forem do tamanho de uns dez átomos, a luz ainda será cem vezes maior do que as irregularidades. Então essa superfície, com essas irregularidades, para a luz visível, será perfeitamente lisa.

Conhece o site http://www.inovacaotecnologica.com.br ou outros como ele que mostram diaramente novidades do mundo da ciencia?

Sim, acompanho sempre. Bem como o Hype Science. São muito bons.

Viajar no tempo indo para o passado já foi descoberta alguma possibilidade concreta ou ainda ta mais com campo da teoria e/ou ficção cientifica? Ex: Ir ou enviar alguma matéria (partícula) ou mensagem via energia (ondas eletromagneticas) para o passado

Nem teórica nem praticamente é possível se viajar no tempo para o passado. O que se pode é, indo sempre para o futuro de si mesmo, deslocar-se em uma linha de universo tipo tempo fechada sobre si mesmo e, com isso, chegar ao evento de partida vindo de seu passado. Para tal, contudo, se requer uma configuração especial de curvatura do espaço-tempo, provocada por um densidade tão grande de massa-energia, que impediria que qualquer sistema mantivesse sua estrutura intacta.

Como que é possível medir a temperatura da radiação cósmica de fundo sendo que os fótons contêm energia radiante e não térmica?

A temperatura é medida a partir da aderência da função espectral da intensidade da radiação em relação à frequência com a curva teórica da distribuição espectral da radiação de um corpo negro.

Pelo que li das suas respostas, você está mais para um positivista!

De modo nenhum. Inclusive eu abomino especialmente o positivismo. Não gosto de rótulos, mas posso dizer que me identifico mais com as correntes empirista, cética, fisicalista. Mesmo descartando totalmente a validade da teologia, defendo a validade da metafísica. Também sou infenso ao pragmatismo, bem como ao idealismo.

Eu sei que o som não se propaga no vácuo! Você está em um lugar aberto, com olhos vendados, toca um sino A a 599 metros e um sino B a 600 metros. Como você poderia determinar qual deles está mais longe sem ter a informação de quantos metros cada um está de você?

Se se souber a potência com que eles são emitidos e se tiver algum medidor do nível de intensidade sonora captado, se pode achar a distância da fonte emissora. Mas não a sentimento, pela audição. Se não se souber a potência sonora emitida, não se pode achar a distância, pois uma fonte mais longínqua, de maior potência, pode produzir uma intensidade captada maior do que outra mais próxima, de menor potência.

Reformulando http://ask.fm/wolfedler/answers/135998875933 pois nao ficou bem claro. Usando outro exemplo: Supondo A e B sendo presos num ponteiro como o de um relogio fazendo terem mesma velocidade. Eles chegariam aos mesmo tempo. Por que isso acontece? EXEMPLOS: https://imgur.com/WhIcyv5

Se os pontos A e B estiverem presos a um ponteiro, como mostrado, cada um em um círculo, eles NÃO terão a mesma velocidade. O ponto A, no círculo de maior raio terá uma velocidade maior do que o ponto B, no círculo de menor raio. A razão das velocidades será a mesma razão dos raios.

Vc conhece alguma outra possibilidade de "viajar" no tempo que nao seja através velocidades muito rapidas (proximas as da luz) ou através da gravidade? Ambas seriam mortais pros seres vivos. Ou pelo menos conhece alguma evidencia de pequenas particulas ou mesmo energia "viajar" no tempo?

Para começar, tudo está sempre viajando no tempo. A questão é viajar em taxas diferentes, uns em relação a outros, o que acontece quando qualquer coisa se mova em relação a outra, seja com que velocidade for. Isso foi verificado experimentalmente em um voo de avião:
http://www.fflch.usp.br/df/opessoa/TR-Exp-2-Avioes.pdf

Como que as partículas fermiônicas serão fragmentadas na tendência assintótica do Big Rip, se elas possuem conservações de número (leptônico e bariônico) como os elétrons e neutrinos por exemplo?

Essa é uma propriedade da partícula enquanto uma quantização de campo de matéria. Com o esgarçamento do espaço em razão da expansão cósmica, a quantização é destruída e as partículas retornam à situação de campo não quantizado.

Os objetos (A e B) com igual Tamanho/Peso/Forma em vias retas 1 e 2 (1 é maior do que 2), B chegará primeiro ao fim do que A. Em vias curvilineas eles chegariam ao mesmo tempo. Por que A não chegaria depois já que sua via é maior a ser percorrida? https://imgur.com/37CS2fX

Se os móveis percorrem seus trajetos curvilíneos de diferentes comprimentos com a mesma velocidade, eles não chegam de volta ao ponto de partida ao mesmo tempo não. O que se move na curva menor chega antes. Para chegarem ao mesmo tempo é preciso que o que se mova na curva mais comprida se mova com uma velocidade tanto maior quanto o comprimento de sua curva seja maior do que o da outra menor.

Sabe alguma fórmula da relação entre Coordenadas cartesianas e ângulo da reta que corta o ponto de encontro de entre eixo de abcissas e coordenadas? A única coisa que sei é que quando valor de X = Y a reta tem ângulo de 45º. Como mostra na figura http://imgur.com/s7hAh4j

Dada uma reta que passe pela origem de um sistema de coordenadas retangulares no plano e por um ponto de coordenadas (x,y), o ângulo que essa reta faz com o sentido positivo do eixo dos x é dado por arctan(y/x).

Poderíamos dizer que a arqueologia é antropologia aplicada? E que é impossível se tornar um bom arqueólogo sem um vasto conhecimento de antropologia?

Não. São disciplinas distintas. A arqueologia se ocupa do levantamento das obras do homem e a antropologia do homem em si. Claro que existe uma ligação entre os temas, mas são distintos. Todavia, certamente, a compreensão e o entendimento de cada um depende da compreensão e do entendimento do outro. Como também da pré-história.

A regra de ouro é um princípio ético universal que se faz presente nas grandes tradições religiosas do mundo. Que outros aspectos, em sua opinião, conectam e caracterizam as religiões do mundo?

A caridade é um aspecto positivo das religiões, compartilhada por quase todas. A crença em uma realidade sobrenatural é um aspecto negativo das religiões, também compartilhada por quase todas as religiões.

Comente: "As coisas que não existem são mais bonitas" ~ Felisdônio

Essa sentença é totalmente desprovida de sentido pois, se algo não existe, não é passível de sofrer valorização de qualquer espécie, inclusive estética.

Professor, você acha que a religião, especificamente enquanto instituição, deva ser defendida ou combatida?

Nem um nem outro. As religiões devem ser toleradas até que desapareçam espontaneamente em razão da elevação global do nível educacional de toda a humanidade. É tendo conhecimento histórico, científico e filosófico bem amplo e profundo que as pessoas concluem pela grande falácia que são as religiões. Mas, como muita gente ainda as segue de boa fé, não é o caso de se combater diretamente. Com a difusão dos conhecimentos elas desaparecerão.

Como é que você poderia distinguir ruídos mais próximos e mais distantes se não estivesse implícita a presença do espaço?

Ora, se existem fontes de som mais próximas e mais distantes é porque existe espaço.

Professor, Certa vez me deparei com uma questão de física, para a qual até hoje não tenho a resposta: "A nascente do Rio Tocantins está mais próxima do centro da Terra do que a sua foz. Como explicar isto? O Rio sobe montanha?

O que acontece é que a Terra tem o raio polar é de 6.356,8 km e o equatorial 6.378,1 km, ambos ao nível do mar, com uma diferença de 21,3 km. A superfície do geoide, que é o sólido com a forma da Terra, descontadas as irregularidades montanhosas é, aproximadamente, um elipsoide de revolução. São os pontos dessa superfície que estão a uma altitude zero. Um ponto que no polo esteja a mais de 6.356,8 km e menos de 6.378,1 km, apesar de estar mais próximo do centro da Terra do que um ponto ao nível do mar no equador, está numa altitude maior do que o mar no equador. Então é possível que um rio que nasça mais próximo do polo e desague mais próximo do equador, mesmo diminuindo sua altitude com relação ao geoide, enquanto vai descendo, vai se afastando do centro da Terra. Veja a linha tracejada da figura, em que a linha cheia mais grossa é o geoide. Ela vai de uma certa altitude no polo para o nível do mar no equador, mas se afasta do centro da Terra.

https://www.youtube.com/watch?v=GT9f7rqyrWc&feature=youtu.be Concorda com alguma coisa que ele falou? Um dos vídeos mais disparatados que eu já vi.

A questão é que ele parte do pressuposto de que o que a Bíblia diz seja verdade. Mas isso não é garantido. Nem o que ele chama de "fé natural", nem o que ele chama de "fé bíblica" tem nenhum sentido. Pode-se crer, isto é, acreditar que seja verdade, em alguma proposição não evidente e nem comprovada com base em indícios, desde que sejam bem plausíveis. Mas fé é crer sem evidências nem provas nem indícios. Isso não faz sentido. E a fé bíblica menos ainda, pois pretende que se aceite como verdades proposições, pelo simples fato de constarem da Bíblia. O que garante a veracidade da Bíblia? Segundo quem a aceita, a própria Bíblia diz que o que ela diz é verdade. Ora, isso é um completo disparate. Se for assim o Corão também tem que ser verdadeiro e ele afirma coisas que contrariam a Bíblia. Como a verdade tem que ser única, os dois não podem estar certos. Como decidir por qual? E as outras escrituras ditas "sagradas" das outras religiões? Não podem ser todas verdadeiras. Mas há quem tenha fé em todas elas. E fé sincera. O mais plausível é, pois, que todas sejam falsas.

Acho a hipótese de que o conteúdo do universo "existia" de forma imperturbada bem atraente para explicar a origem cósmica. Há apenas três, ou ele sempre existiu, ou "existiu" de forma imutável ou proveio de nada. Quais seriam os problemas com essa hipótese do conteúdo imutável?

Todas as três hipóteses são igualmente plausíveis e não têm nenhum problema. A única questão ainda não resolvida é encontrar um critério para se verificar qual delas é a que, de fato, aconteceu.

Ainda existe algum compositor de música erudita vivo hoje que se equipare ou se aproxime dos mestres antigos?

Sim, só que os grandes compositores da atualidade, em geral, o que compõem são trilhas sonoras de filmes.

Se a velocidade máxima para as interações físicas é c, isto significa que conforme uma partícula se aproxima desta velocidade, ela deixa gradativamente de interagir com o campo que a acelera. Não é este real motivo que nos faz erroneamente pensar que é a massa que aumenta infinitamente?

Enquanto a partícula não atingir a velocidade c (e ela nunca o vai) ela não deixa de interagir com o campo, pois a velocidade de propagação, tanto do campo elétrico quanto do gravitacional (que são os únicos de alcance ilimitado) é c. Portanto essa não é nenhuma razão para que a partícula custe mais a se acelerar, parecendo possuir maior massa. A razão é o fato de que a taxa de aumento de velocidade não é independente da velocidade, como supõe a mecânica newtoniana. À medida que a velocidade aumenta, cada novo aumento de velocidade se torna mais custoso pelo próprio fato de, tendo-se mais velocidade, tem-se mais energia e a inércia não é só uma função da massa, mas também da energia.

O que acha da arqueologia?

Fascinante, bem como a pré-história, a antropologia e a paleontologia. Gosto de saber como a humanidade foi se disseminando pelo planeta, após ter surgido. Como se formaram as línguas, como se desenvolveram as raças, como surgiram as diferentes culturas e civilizações. E como a vida se desenvolveu até chegar à espécie humana. Isso é um estudo extremamente cativante e delicioso de se dedicar.

Professor, pelo seu entendimento, a ciência é capaz de dar sentido ao mundo?

Não. A ciência busca explicar como o mundo é e funciona, mas não por que razão ou com que finalidade. Portanto ela não atribui sentido e significado a nada do que estuda. Em verdade não existe sentido e nem significado para o mundo existir e ser como é. Ele assim o é por coincidência de o ser. Não há uma razão para tal. Nem há propósito nenhum na existência do mundo, bem como da vida.

É preciso ter vocação/dom para ser professor?

Para ser professor não, mas para ser um bom professor, sim! Aliás para ser bom em qualquer atividade.

O fato de os cientistas atuais discordarem, não muda o fato de que, para Newton, havia sim uma correspondência. Newton nunca enunciou suas ideias de forma "precisa e racional" no sentido acadêmico de hoje. Foram terceiros! O foco de Newton nunca foi a ciência!


Eu não disse que Newton não achava que as leis que ele descobrira seriam obras de Deus. O que eu disse é que sua descoberta, em nada se deveu à consideração da existência de Deus. Ele as descobriu cientificamente, sem cogitar de nenhuma interveniência divina. Mas ele enunciou de foma precisa e racional sim, mesmo que não da forma como hoje é representada (notação vetorial, por exemplo). Ele as apresentou em texto corrido. E o seu objetivo era e foi a ciência sim, mesmo que ele visse na ciência uma comprovação da existência de Deus.

Tudo o que Newton fez na vida foi para provar a concepção teológica que ele acreditava. Newton enunciou suas descobertas sobre essa perspectiva; só que muitas bestas quadradas ignoram esse fato! "de forma precisa e racional" na visão de Newton, que incluía Deus. Entendeu? Meu Deus do céu! Desisto

O fato de Newton, como outros cientistas, considerarem verdadeira a existência de Deus não interfere, em absoluto, em suas descobertas científicas. Elas foram feitas por meio de experimentos e raciocínios que não levam em conta interveniência divina nenhuma, mesmo que o cientista considere que tudo seja parte de um plano de Deus. Tal consideração é gratuita e não advém de conclusão nenhuma que se possa tirar dos resultados das descobertas. É uma questão de fé. A ciência não mostra que Deus existe e nem que não existe. Ela não leva tal questão em consideração. Quem acha que Deus existe vê na beleza da ciência uma constatação dessa existência. Quem não acha, se maravilha com a beleza da própria natureza em seu funcionamento fundamental. Porque, as ocorrências complexas também exibem casos de extrema horripilância.

https://www.youtube.com/watch?v=GvXtvxH6lrc ... Como Richard Dawkins é ignorante, meu deus do céu! HAHAHAHAHA... Se eu fosse ele, ficaria uns 10 anos estudando Filosofia (Lógica, principalmente) antes de abrir a boca pra falar asnice!

O trecho de vídeo apresentado não permite tirar conclusão nenhuma, pois não mostra o que antecedeu e sucedeu. O que me parece é que se está se discutindo a viabilidade ou não do Universo ter surgido sem que fosse proveniente de nada. Ora, se ele nem sempre existiu, então só se pode considerar que surgiu sem ter de que provir, pois se houvesse algo de que provir, isso já seria o Universo. Tal consideração vale tanto para um surgimento fortuito como para um surgimento provocado por algum agente extrínseco ao Universo (Deus). Isso não significa que se diga que o Universo surgiu "do nada", pois "o nada" não é algo. O que se pode dizer é que o Universo surgiu "de nada", sem o artigo. Nada é só um pronome indefinido. Não é um substantivo. Não se refere a algo entitativamente existente. Esse pronome se refere, justamente à inexistência de qualquer coisa. A questão que se disputa não é essa e sim se tal surgimento tenha tido uma causa ou seja incausado. Há quem considere que toda ocorrência tenha que ter uma causa. Isso não é verdade. Há eventos que não são efeitos e eles são, até, majoritários. Os eventos macroscópicos é que são associados, normalmente, a causas. Mas os microscópicos não. Todavia pode-se ter eventos macroscópicos sem causa, como o surgimento do Universo.

Qual a diferença entre o socialismo utópico (diferente do socialismo de Estado) e do comunismo não anárquico?

Socialismo costuma ser usado como uma palavra abrangente que abriga tanto o socialismo estatal quanto o comunismo. O que se chama de socialismo utópico é o próprio comunismo (apesar de que o socialismo de estado foi, incorretamente, chamado de "comunismo"), que pode não ser anárquico, se bem que suas concepções econômicas conduzem às concepções políticas anarquistas. Um comunismo não anárquico seria uma sociedade estabelecida com uma economia em que a posse dos meios de produção e de serviços, bem como do resultado dessa produção e desses serviços, seria compartilhados pelas pessoas, sem propriedade particular. Mas poderia haver governo, como elemento articulador e supervisor dos esforços. Num comunismo anárquico não haveria o governo e a articulação e supervisão dos esforços seria conduzida por comissões "ad hoc".

Professor, os egípcios deduziram que a duração média do ano seria: 365 + 1/4 = 365,25 dias. Posteriormente, essa informação foi usada pelos romanos, certo?

Essa informação não era conhecida só pelos egípcios, mas também por outros, como os persas. Veja esta artigo sobre a história toda:
https://en.wikipedia.org/wiki/Julian_calendar

A ditas "radiação" alfa e beta, por exemplo, são partículas materiais. A radiação que não é matéria é a radiação eletromagnética e a radiação gravitacional (também seria a radiação transmissora das interações forte e fraca, isto é, dos glúons e dos bósons W e Z, mas elas não têm propagação infinita). Os elétrons não têm spin inteiro, mesmo na radiação beta. As partículas alfa (que são núcleos de hélio) têm spin inteiro, mas não são partículas elementares.

Como assim? Medo de que? Que idéias fixas você considera que eu tenha? Não me consta que eu tenha idéias fixas. Minhas idéias são sempre mutáveis, mas permanecem enquanto não vejo razão de mudá-las. Por exemplo, a superioridade das concepções verdadeiramente esquerdistas (que não são, em absoluto, estatizantes, como pensam alguns) em relação às concepções direitistas. Até que me convençam do contrário, penso assim. E o que que tem a História da Ciência? Não vejo em que o artigo sobre Newton que você assinalou muda o fato de que ele se dedicou, mesmo, a descobrir leis universais e enunciá-las de forma precisa e racional, apesar de que ele também tenha se dedicado à teologia e à alquimia.

Ernesto, radiação não pode ser matéria? Pergunto, pois existem dois tipos de radiação: corpuscular e ondulatória. No caso da primeira, temos, por exemplo, elétrons (partículas materiais) a altas velocidades, porém spin inteiro. Apenas no segundo é que a constituição é de ondas eletromagnéticas.

A ditas "radiação" alfa e beta, por exemplo, são partículas materiais. A radiação que não é matéria é a radiação eletromagnética e a radiação gravitacional (também seria a radiação transmissora das interações forte e fraca, isto é, dos glúons e dos bósons W e Z, mas elas não têm propagação infinita). Os elétrons não têm spin inteiro, mesmo na radiação beta. As partículas alfa (que são núcleos de hélio) têm spin inteiro, mas não são partículas elementares.

Professor, poderia me explicar de forma simples, por que o movimento de precessão causa a diferença entre o ano sideral e o solar?

O ano solar é o intervalo de tempo entre duas passagens sucessivas do Sol pelo ponto vernal, que é a intercessão do plano da órbita da Terra (eclíptica) com o plano do equador. Isso leva 365,2422 dias solares (dia solar é o intervalo de tempo entre dois meios-dias, isto é, 24 horas - dia sideral é o intervalo em que a Terra gira de 360° em relação às estrela fixas, o que leva 23h56min4,1s - em um dia solar a Terra gira cerca de 361° em torno de si).

Professor, a Lua possui movimento de precessão?

Sim. Leia isto:
https://en.wikipedia.org/wiki/Orbit_of_the_Moon
https://en.wikipedia.org/wiki/Apsidal_precession
https://en.wikipedia.org/wiki/Axial_precession

Professor, devido a precessão, a inclinação da órbita da Lua em relação ao equador da Terra, varia de 18,4° (23,5° - 5,15°) a 28,7° (23,5° + 5,15°), certo?

Sim, mas isso não é a precessão. São os lunastícios que se devem à oscilação do plano da órbita da Lua em relação à Terra com respeito ao plano da órbita da Terra em relação ao Sol. Leia estes artigos:
https://en.wikipedia.org/wiki/Orbit_of_the_Moon
https://en.wikipedia.org/wiki/Lunar_standstill

A minha mente não consegue conceber que o Universo é infinito, ela não entende que ele nunca tem fim, nunca mesmo, alguma dica? O infinito não era só uma abstração como pode ser real?

Claro que pode. E não é nada impossível de ser cogitado. Pense que o espaço se estende para sempre, sempre preenchido por conteúdo (não existe espaço sem conteúdo), sem acabar nunca. Não é uma abstração. É realmente assim.

Prof, o senhor acha que a metafísica morreu? Hoje em dia não se pode fazer conjectura a respeito de nada sem que haja embaçamento cientifico. Mas e a filosofia? E filósofos como Rouseeau, Hobbes, Platão e Descartes que não partiram da ciência, e sim de conjecturas, para fazer trabalhos esplendidos?

A Metafísica, absolutamente, não morreu. Mas a interveniência científica na consideração de qualquer assunto não é nenhum "embaçamento", pelo contrário, é um "aclaramento". Tanto a ciência quanto a filosofia (da qual a metafísica é o núcleo), apresentam contribuições valiosas para a compreensão do mundo. Cada qual nos aspectos de que se ocupa. Sempre é bom que se busque, preliminarmente, uma explicação científica para o que quer que seja. Se ela não for achada, então se busca a explicação filosófica. A explicação científica tem prioridade por ser passível de verificação fática por meio de testes experimentais ou observações objetivas. As explicações filosóficas, por outro lado, baseiam-se em reflexões e raciocínios, que podem levar a conclusões incorretas (se bem que a ciência também pode falhar). Há certas áreas, contudo, que não são passíveis de abordagem científica, restando a filosófica que, normalmente, será metafísica. O que acontece é que muitos consideram que metafísica seja algo que trate de realidades sobrenaturais, o que não é, apesar dela também considerar a possibilidade desse aspecto.

Pastor racista. https://www.facebook.com/anarcomiguxos5/videos/958723474243410/

Para começar, admitir que os africanos sejam descendentes de Cam, filho de Noé e um dos sobreviventes do dito "Dilúvio" é uma ignorância incomensurável. Para começar, não houve dilúvio nenhum e os africanos são de onde a humanidade evoluiu a partir dos primatas que lhe antecederam. Essas histórias bíblicas, contidas no livro do Gênesis, são todas lendárias, isto é, mitológicas, ou seja, ficções. Depois, considerar que haja algo "estranho" sobre a África é uma atitude completamente preconceituosa. Racista mesmo. Revela uma mentalidade mesquinha e retrógrada. Uma pessoa inteiramente indigna de confiança e de exercer o ofício de pastor religioso.

Você possui um acervo de resposta muito bom! Você costuma selecionar as que posta no blog?

Não, o fato de tê-las respondido já é uma seleção, pois não dá para eu responder nem um quinto das que chegam.

Se metade do seu salário fosse suficiente para suprir absolutamente todos teus gastos, o que faria com a outra metade que sobrasse? Guardaria, investiria, doaria?

Aplicaria tudo em uma ONG para difundir o anarquismo e o ateísmo, bem como para promover estudos de Cosmologia, Filosofia, Física e discussões e debates sobre religiões, regimes políticos, sistemas econômicos, comportamento humano, música clássica, artes plásticas e outros assuntos culturais, científicos, artísticos, educacionais, filosóficos e similares.

O senhor se importaria em fazer um catálogo de todos os livros técnicos e científicos que o senhor estudou?

Isso é difícil. Foram várias dezenas. Algumas centenas mesmo. Não tenho a relação deles.

Professor, como chegar à neurociência ? Através do curso de medicina?

Sim, com especialização em neurologia e tendo feito, também, um curso de psicologia.

Comente: nenhuma gota de chuva cai no lugar errado. ~ Provérbio Zen

Como não há lugar previsto para a gota de chuva cair, qualquer lugar que ela caia é certo. Isso significaria, na metáfora do provérbio, que tudo o que venha a ocorrer é o que deveria ocorrer. Isso não é correto. Há muita coisa que acontece e que não deveria ter acontecido. Portanto o provérbio não expressa nenhuma sabedoria.

Você poderia conferir até que ponto essa digitalização do PSSC foi (relativo aos vols. Edart ou UNB)? http://acrux.astro.ufsc.br/~lacerda/projetos/PSSC/. Para os interessados, além da PSSC, no Parent Directory tem outro projeto afim de Harvard e da USP. Caso conheça, o que acha desses últimos?

Acesse esse link:
http://acrux.astro.ufsc.br/~lacerda/projetos/PSSC/
Não tem diferença entre as edições da UNB e as da EDART
Os projetos Harvard e USP também são bons. Mas o PSSC é melhor.

Dizer que o espaço é plano é afirmar que ele se estende indefinidamente e, por isso, a geo euclidiana é aplicada?

Não só isso. O espaço pode se estender indefinidamente e não ser plano. Um espaço negativamente curvo se estende indefinidamente. Já um positivamente curvo não. A planicidade se prende à verificação de certas propriedades, como o fato da soma dos ângulos internos de um triângulo valer dois ângulos retos (nos espaços positivamente curvos vale mais e nos negativamente curvos vale menos). Essa medição é a forma com que se verifica que o Universo, em larga escala, é praticamente plano.

http://ask.fm/wolfedler/answers/134998721053 mas para mim, este nível de "bondade" o qual você descreveu, é muito genérico. Não se encaixa em um conceito mais amplo, como no seu caso: ser honesto e correto, mesmo que isso lhe cause prejuízo. A sua descrição de "bondoso" não abarca essa situação.

Não abarca mesmo. Ser correto e honesto não é ser bondoso. A pessoa pode ser correta e honesta e não ser bondosa. Bondoso é o que quer o bem dos outros, que age no sentido de promover esse bem, positivamente.

De tantos livros que já leu, como faz para não esquecer a história, ou acabar misturando os assuntos? Durante quanto tempo, mais ou menos, consegue se lembra dos detalhes de um livro?

Não faço nada. Simplesmente esqueço.

O tempo nao é apenas a materia em movimento ? Energia.

Claro que não. Tempo é uma entidade física primordial, advinda das alterações do estado do Universo (basta que seu espaço se expanda para que existam situações diferentes que dão azo ao estabelecimento da passagem do tempo). Tampo é a coleção de momentos e momentos são as situações do estado do Universo, isto é, como ele "está". Se o estado do Universo não se modificar, não há mudanças de momentos e, portanto, não há passagem de tempo.

Tambem creio morrer em breve (suicidio), sou uns quarenta e tantos anos mais novo que você, mas me diz, há algo de que se arrependeria nunca ter feito caso soubesse que esta a horas da morte ?

Faço minhas as palavras da música "Epitáfio" do Sérgio Brito, interpretada pelos "Titãs". Quanto a sua ideia de suicídio, recomendo reconsiderá-la, uma vez que esta vida é uma preciosidade ímpar que deve ser aproveitada ao máximo.

sábado, 6 de maio de 2017

“Para aqueles de nós que acreditam na física, esta separação entre passado, presente e futuro é somente uma ilusão.” (Albert Einstein) O que acha? Einstein se engana?

Sim. Engana-se. Passado, presente e futuro não são ilusões. São posições ao longo do tempo perfeitamente definidas para cada observador. O que pode acontecer é que essas posições não sejam as mesmas para observadores diferentes.

Professor, o que pensa a respeito desta realidade ser uma mera ilusão criada por seres infinitamente superiores para entretenimento individual, como sugere o filme Matrix ?

Uma consideração inteiramente fantasiosa.

Qual a sua opinião a respeito do professor Olavo de Carvalho?

Uma pessoa de ideias completamente obtusas e retrógradas.

Se alguém propusesse hoje a você congelar seu corpo após a morte para que seja possível no futuro te reviver, aceitaria?

Sim, se eu não tivesse despesa com isso, pois dinheiro eu não tenho.

Você acha que algum dia humanos vão conseguir pisar em Marte? Se sim, ate que ano você acha que eles chegariam no planeta vermelho?

Sim, mas não tenho ideia de quando. Acho que isso será possível dentro de uns 50 anos. Mas é só um palpite.

https://ask.fm/wolfedler/answers/135918207517 Mas esse é exatamente o motivo de chamarem de golpe... É tudo feito dentro do processo legal, mas sem base legal pra isso... Ou seja, o impeachment está ocorrendo como deveria, mas sem motivo. Por este motivo é chamado de golpe..

Em meu entendimento isso não é chamado de golpe. Golpe é uma usurpação do poder em confronto com os procedimentos legais. O que está acontecendo é uma manobra política ilegítima, mas legal.

O que eu tenho que saber de matemática para me dar bem no curso de física?

Para começar, tem que ter um excelente traquejo em algebrismo, isto é, manipulações de equações, extração de incógnitas em expressões com frações, radicais e coisas assim. Isso é essencial, bem como usar as identidades algébricas notáveis. Vai precisar de resolver equações e sistemas de equações. Depois tem que conhecer bem funções em geral e, em particular, as trigonométricas, exponenciais e logarítmicas. Tem que ter facilidade em usar as identidades trigonométricas e as propriedades das exponenciais e dos logaritmos. Vai usar muito derivadas e integrais, mas isso se aprende no próprio curso. Tem que saber obter valores de comprimentos e ângulos em figuras geométricas em geral.

Professor, atualmente curso filosofia e técnico em música, pretendo, ao término da minha graduação, tentar ingressar em um conservatório de música, pois então, há alguma junção entre música e filosofia? alguma área de estudo, ou algo do tipo?

Existe a Filosofia da Música e a Estética da Música. Procure ler as obras a respeito de Theodor Adorno.

Quão reais são suas expectativas em relação a si mesmo

Considerando que sou possuidor de insuficiência cardíaca grave minha expectativa real é de morrer em breve.

É possível fazer uma pessoa deixar de ser preconceituosa? Tenho impressão que com jovens é mais fácil de desconstruir preconceitos.

Uma pessoa que já tenha formado sua personalidade e caráter e seja preconceituosa, dificilmente deixará de sê-lo, pois isso já faz parte de sua visão de mundo e a visão de mundo é algo muito arraigado na pessoa. Mas não é impossível mudar, só que com grande dificuldade. Nos jovens é mais fácil, pois eles ainda estão construindo sua visão de mundo e ainda são sensíveis a argumentos capazes de modificar as concepções que estão formando.

http://mobile.opovo.com.br/app/maisnoticias/brasil/2016/04/27/noticiasbrasil,3608279/deputados-aprovam-lei-que-proibe-professores-de-opinar-em-sala-de-aula.shtml o que acha sobre ?

Acho um absurdo. Claro que professores, na qualidade de professores, são moralmente obrigados a apresentar, sempre, os vários pontos de vista existentes sobre qualquer assunto que se aborde e os argumentos dos que os defendem e dos que os atacam. Isso faz parte da honestidade intelectual que o professor tem a obrigação de observar. Mas ele tem todo o direito de ter a sua própria convicção a respeito, apresentá-la e defendê-la, seja qual for, desde que cumpra o que eu disse no começo. Impedir isso é um ultraje à liberdade de pensamento garantida pelo artigo 5 da Constituição Federal.

Professor, sobre o golpe. Eu não vejo golpe algum. O STF não ver golpe. Mas Adolfo Pérez Esquivel, Nobel da paz em 80, discursou no senado dizendo que é golpe. Será que ele está mais informado que os brasileiros? Caso não esteja, como o PT consegue esse tipo de apoio, isso é moralmente justificável?

Mesmo considerando que a Dilma não incorra em nenhum problema que possa levar a seu impedimento de governar, não acho que o processo de impedimento ora em curso se configure em um "golpe", pois está sendo levado dentro da legalidade. A permissão que a Câmara deu para que o processo tramite e que o Senado também poderá dar é um resultado politico e não jurídico. Se essa permissão for concedida pelo Senado, então é que haverá o julgamento.

O formato de alguns orbitais no modelo atômico de Schrodinger assemelha-se a uma área "geométrica" muito parecida com o do símbolo de infinito, sabe me dizer geometricamente, o pq do orbital ser definido assim? Existe alguma propriedade relativa ao formato geométrico? Já que foi obtido por cálculos

A forma dos orbitais atômicos e moleculares não é arbitrária e sim resultante da solução da equação de Schrödinger para a configuração considerada. Ela apresenta o campo de densidade de probabilidade de se encontrar o elétron naquela posição, se se pretender pegá-lo. Em verdade ela significa a densidade do campo de matéria do elétron quando ligado ao átomo, molécula ou rede cristalina.

Você já foi pra Rússia? uma coisa que eu queria saber mas nunca encontrei informação é se soviéticos podiam viajar pros EUA nos tempos da guerra fria e vice-versa?

Podiam, desde que tivessem autorização governamental. Como é normal, mesmo entre o Brasil e os Estados Unidos e a maioria dos países. Só que essa autorização era difícil de ser conseguida.

Professor, eu tento olhar para o céu noturno e ver aqueles pontinhos parados brilhantes que são as estrelas e realmente não consigo imaginar que naquele mesmo momento estão viajando a milhões de anos-luz numa velocidade surreal e não percebemos. Realmente é uma coisa impressionante não acha?

De fato. Veja algumas velocidades:
Velocidade do som no ar: 1.200 km/h
Velocidade de rotação do equador da Terra em relação ao seu eixo: 1.700 km/h
Velocidade de revolução da Terra em torno do Sol: 17.000 km/h
Velocidade do Sol dentro da Via Láctea: 790.000 km/h
Velocidade da Via Láctea em relação à radiação de fundo: 2.000.000 km/h
Velocidade da luz: 1.000.000.000 km/h

É possível estudar História de maneira autodida?

Sim. História é. Porque depende mais de leituras. Mas é bom se valer de vários autores. Todavia há que se inteirar, com base nos programas dos cursos das faculdades, quais as disciplinas que se tem que estudar e qual a bibliografia de referência delas. Em geral os cursos de História, no Brasil, deixam de lado a história dos países do oriente, como China, Índia, Japão, Mongólia e os outros, bem como os povos periféricos do Império, como os lídios, dácios, frígios e outros. É bom estudar essas histórias também.

Você sabe guardar segredo?

Não. Eu sempre falo tudo que vem na minha cabeça, sem censura. Se alguém quiser me dizer algo para que eu guarde segredo, não diga. Da mesma forma que, se tiver algo que deva ser segredo, eu não digo para ninguém. Mas eu mesmo, acabo falando. Não sei guardar segredo mesmo. Meu cérebro não possui censura. E eu não me preocupo a mínima com isso. Para mim tudo pode e deve ser dito para todo mundo saber. Não concebo que algo possa ou deva ser secreto.

Se há extraterrestres seria possível se comunicar por ondas de rádio com eles?

Em princípio, sim. Isto é o que tenta fazer o programa SETI, há vários anos e que gerou o livro e o filme "CONTATO".

Da para ter o mesmo conhecimento de um acadêmico de física estudando em casa de forma autodidata?

É difícil. Estando fazendo o curso se tem contato com os professores e colegas para discutir os assuntos e tirar as dúvidas. Isso é fundamental, porque Física não é um assunto fácil e surgem muitas dúvidas. Além do que, em casa não se tem os equipamentos de laboratório da faculdade e Física também envolve uma parte experimental que é essencial.

o livro Curso de Fisica de Berkeley não segue a tradicional distribuição dos conteúdos encontrados em outros livros. além disso ele omite (ou considera de conhecimento do leitor) alguns assuntos. realmente vale estudar por ele ou é melhor combinar Moyses, Alonso e Feynman?

Depende do seu objetivo. Se é saber Física, o Berkeley é melhor. Se é ser aprovado nas disciplinas de Física Geral, o Alonso & Finn é melhor. O Feynman não serve como livro texto e sim como leitura complementar. No meu entendimento o bom seria estudar pelos três. O Berkeley requer um ensino médio muito bem feito, de preferência através do PSSC, inclusive com seus "Tópicos Avançados" e a parte de laboratório.

Na questão da evolução, quem evolui é quem é mais forte, quem mais se adapta ou quem mais se reproduz?

A evolução biológica se dá em duas etapas: mutação e seleção. A mutação é aleatória e provocada por agentes químicos ou físicos sobre o DNA das células gaméticas. A seleção se faz pelo sucesso adaptativo à sobrevivência do indivíduo, até que produza descendência, em relação ao ambiente externo e interno (flora e fauna interior). Isso não significa que seja, necessariamente, mais forte e sim que consiga sobreviver às doenças provocadas por agentes internos e externos, à predação de outros seres vivos, e a superação das adversidades naturais, como o clima e outras. Isso pode requerer força ou agilidade, resistência e capacidade adaptativa, no que ressalta, especialmente, a inteligência.

Professor, percebo que você, assim como eu, considera o feminismo um movimento importante, porém, o que você acha daquela parcela mais extremista do movimento ?

As pessoas ditas feministas radicais não são feministas, são femistas. O femismo é a concepção de que as mulheres devem gozar de privilégios em relação aos homens. O feminismo, ao contrário, considera que não devam haver privilégios de espécie alguma nem para homens nem para mulheres. Isto é, que tanto homens quanto mulheres têm que ter os mesmos direitos e os mesmos deveres. Gozar das mesmas oportunidades e arcar com as mesmas responsabilidades. O femismo é o reverso do machismo, sendo uma concepção tão abominável quanto ele.

Meu querido, acabei me deparando aqui com um experimento, relatando oque chamam de "o peso da alma", onde após o exato momento da morte o corpo perde algumas gramas. O que seria esse peso perdido após a morte?

Se isso é mesmo constatado, certamente que não é a alma, pois esta, caso exista, não seria nenhuma entidade física e, portanto, não possuiria propriedades físicas, como massa, extensão, localização, velocidade, energia, carga elétrica e outras.

Você precisa sempre partir de um pressuposto racional para atingir uma máxima filosófica ou a conclusão do seu pensamento filosófico?

Não. Muito frequentemente as conclusões filosóficas partem de constatações empíricas, às quais se aplicam a reflexão e o raciocínio para levar a uma afirmação que estatue algum princípio. Por exemplo, o princípio (equivocado) de que todo evento seja efeito de alguma causa, adveio da observação empírica das ocorrências do mundo acessíveis aos sentidos humanos antes que se tivesse acesso à realidade atômica e sub-atômica. Após esse acesso e a constatação da existência de eventos incausados, tal princípio perdeu a sua validade. Em verdade, quase toda a Filosofia é construída sobre a observação da realidade e dos fenômenos do mundo, não só natural, mas social e cultural.

Qual a relação das religiões coma metafísica?

As concepções religiosas são metafísicas, pois não se referem a entidades nem a fenômenos naturais. Mas a Metafísica não cuida apenas da realidade e dos fenômenos sobrenaturais. Aliás, isso é só um detalhe dentro da abrangência da Metafísica. A Metafísica cuida dos conceitos abstratos, isto é, que não se referem a entidades e ocorrências concretas do mundo natural. Mas a maior parte das abstrações não se refere a nada sobrenatural. A Metafísica cuida de categorizar a realidade e estudar a situação e as relações entre essas categorias. Também busca interpretar o significado e o sentido de tudo, bem como estudar as propriedades e o estado das diversas entidades, classificando-as. A Metafísica é o núcleo central de toda a Filosofia. Então ela cuida, também, das questões pertinentes às religiões, como a existência ou não de deuses e espíritos, suas propriedades (caso existam) e suas relações.

Existe, de fato, o anti-conservadorismo?

Não tenho conhecimento de que exista algum movimento estabelecido especificamente dedicado a combater o conservadorismo. O que sei é que existem pessoas que não são conservadoras.

Ao meu ver, o bacharelado de filosofia é praticamente uma licenciatura, que não dá direito do graduado de dar aula, apenas isso... Continua formando apenas "entendidos de filosofia", professores das ideias já existentes, e não filósofos em si... Concorda? Como seria o curso ideal, ao seu ver?

Concordo plenamente. Isso é o que eu sempre venho dizendo e contestando os cursos de Bacharelado em Filosofia, da mesma forma que em Letras. O que falta, nesses dois cursos, são disciplinas e oficinas de "Criação Filosófica" e "Criação Literária". Disciplinas onde se aprenda a filosofar, a desenvolver idéias, a raciocinar. Do mesmo modo que um cientista aprende a fazer ciência, a pesquisar, a descobrir coisas novas nas diferentes ciências. O filósofo tem que se debruçar sobre a realidade e, calçado no conhecimento do que outros filósofos, das variadas correntes, já disseram sobre o tema, elaborar sua proposta de interpretação e explicação filosófica do assunto. Isso é filosofar. Não apenas assimilar o que outros já disseram sobre qualquer assunto. Isso é que falta se fazer nos cursos de Filosofia. No caso de Letras, a questão é se ter disciplinas em que se aprenda a elaborar um romance, uma novela, um conto e as várias formas de poesia. Além das oficinas em que os alunos se dediquem a escrever romances, novelas, contos, poesias. Como os alunos de música e de artes plásticas fazem em seus campos.

Diria que é "impossível" conseguir acompanhar um bacharelado de física, ou de matemática, sem saber quase nada dos respectivos assuntos à nível do Ensino Médio? Ou com bastante esforço, é possível aprender os assuntos nas "revisões aprofundadas" do curso universitário, e acompanha-lo sem problemas?

É possível fazer um bacharelado em Física não sabendo a física do Ensino Médio sim. Mas "com problemas" e não "sem problemas". As revisões não suprem satisfatoriamente a falta de conhecimentos do Ensino Médio, pois são rápidas e resumidas, sem o necessário tempo de assimilação de cada conteúdo que acontece quando ele todo é visto ao longo de três anos.

Para cursar bacharelado em física, é necessário saber alguma coisa da física do ensino médio? Não sei nada da física do EM, tenho algumas dificuldades porque não acompanhei o EM direito e estou caminhando para ter uma boa formação matemática com o Kumon

Para cursar bacharelado em física, é necessário saber alguma coisa da física do ensino médio? Não sei nada da física do EM, tenho algumas dificuldades porque não acompanhei o EM direito e estou caminhando para ter uma boa formação matemática com o Kumon

Quais os pontos negativos de acreditar em alguma pseudociência?

Se as pseudociências levassem a resultados válidos, mesmo que não comprovados, elas poderiam ser aceitas, como o é o saber dito "vulgar". Mas elas, mesmo pretendendo ter uma fundamentação científica (que não possuem), levam a conclusões errôneas, não verificadas pelas ocorrências. Daí o seu grande perigo. Confiar nelas é algo extremamente perigoso.

Já leu algum livro do Mario Bunge, recomenda? Sei pouco sobre ele, mas parece que ele fez contribuições significativas para a ciência e filosofia.

Comece por seu livro "Física e Filosofia", depois "Teoria e Realidade", "Ciência e Desenvolvimento", "Epistemolotigia", "Ética e Ciência", "Causalidade", "Intuição e Razão", "Racionalidade e Realismo", "Dicionário de Filosofia". São excelentes livros.

Ernesto, é possível explicar precisamente o porquê de a geometria euclidiana não funcionar em um universo curvo?

O fundamento da geometria euclideana é o quinto postulado, que diz que por um ponto externo a uma reta só existe uma paralela a ela. Em espaços curvos isso não acontece, como pode ser verificado experimentalmente, considerando o conceito de reta substituído pelo de geodésica. Nos positivamente curvos as paralelas não existem e nos negativamente curvos o número de paralelas por um ponto é infinito.

Tecnicamente, para você ser comunista você precisa ser materialista. O materialismo renega a metafísica. A base de todas as religiões é a metafísica. Logo, ser marxista significa não ser religioso, acreditar em espíritos, deuses e etc. Não sei quanto ao anarquismo.

Não. É perfeitamente possível se ser comunista crendo em Deus, na alma e em uma realidade sobrenatural. Comunismo é uma concepção econômica, segundo a qual os meios de produção e prestação de serviços, bem como o produto dessa produção e desses serviços não são de propriedade de pessoas ou grupos em particular, nem de nenhum estado ou governo, mas de todos os envolvidos no processo. Isso não tem nada a ver com acreditar ou não em deuses. O marxismo é que é uma concepção materialista do comunismo. Mas o comunismo não precisa ser marxista. Outra coisa: o materialismo, atualmente encarnado no fisicalismo, já que a realidade física não é composta apenas de matéria, não renega a Metafísica. Ele renega a realidade sobrenatural. Mas a Metafísica não cuida do sobrenatural, mesmo que também considere se possa ou não existir. A Metafísica cuida daquilo que não é físico, isto é, das abstrações. E abstração não é o mesmo que sobrenatural. Quanto ao anarquismo, é uma concepção política, que também não inclui a ateísmo como requisito. Anarquismo é a concepção de que a sociedade seja estabelecida sem a existência de governo e nem do estado político que o abriga. Os três conceitos, comunismo, anarquismo e ateísmo são independentes e cada um pode ocorrer sem os outros dois. De minha parte, eu abraço os três.

Para um pessoa ser anarquista/comunista ela tem que ser ateia?

Não. São concepções independentes. Tanto se pode ser anarquista ou comunista acreditando em Deus, como ser ateu e não ser anarquista nem comunista.

Por que não gosta quando te chamam de "senhor"?

Porque sou extremamente igualitário e considero que todas as pessoas possuem o mesmo estatuto na sociedade, não sendo ninguém superior nem inferior a ninguém, apenas executando funções diferentes. Assim eu não chamo ninguém de "senhor" e prefiro que não me chamem também. Mas não me incomodo se chamarem. Não atribuo valor a ninguém por sua dita "importância" em termo do papel que exerça, do dinheiro que possua, do poder que detenha, do conhecimento que abarque, da investidura que seja revestido. Para mim o valor de uma pessoa está em seu bom caráter, independentemente de outros aspectos. Assim eu prezo a todos e só desprezo a quem tenha mau caráter.

Para ser mais especifico nessa pergunta, o que são flutuações quânticas?

São variações aleatórias no estado quântico de um sistema. Isso se aplica, especialmente, ao caso do campo do vácuo, cujas flutuações quânticas dão azo ao surgimento de pares de partícula e antipartícula.

Professor, o que você pensa a respeito de cursar Ciências Econômicas? Devo ser bom em cálculos?

A Matemática requerida para as Ciências Econômicas é elementar. O que mais se precisa é ter uma compreensão clara dos mecanismos e fatores causadores dos eventos econômicos e quais as suas consequências. Isso depende de muito conhecimento geral sobre economia, sobre a história da economia e de se ter uma forte intuição econômica. Isso é que é o mais importante. Os cálculos, em economia, são secundários, mesmo que sejam necessários. É importante saber que Economia não é uma ciência exata e sim uma ciência social. Portanto tem uma grande interação com sociologia, política, história e geografia. Além de psicologia.