domingo, 26 de dezembro de 2010

Você acha melhor estudar (na escola) de tarde ou de manhã?

É melhor ter aulas pela manhã, estudar à tarde e dedicar-se ao lazer à noite ou invertendo os dois últimos, se se for curtir um lazer que precisa ser à luz do dia. Para começar é preciso entender que não se estuda na aula. A aula é para se inteirar do conteúdo e entendê-lo. A compreensão e o aprendizado se faz no momento de estudo, fora da aula. Não há escapatória. Mas para compreender é preciso ter entendido, e, para isto, não se pode consentir em sair da aula sem ter entendido tudo. O professor existe para isto, senão seria só pegar a lista de tópicos e estudar sozinho. É bom, inclusive, ter lido o que vai ser apresentado na aula antes dela. Mas não se aprende na aula. Não há como. A compreensão requer reflexão, repetição, cotejo, ensaio de aplicação, treinamento de habilidades e integração com tudo o que já se sabe, o que é impossível ocorrer em aula. Sem estudo fora da aula não se aprende nada. Para cada hora de aula é preciso meia hora de estudo. E isto tem que ser feito no mesmo dia da aula, antes de dormir. Porque é com o reforço (ou com envolvimento emocional) que o cérebro atribui significância ao assunto e, no sono, faz a transferência da memória de curta duração, do hipocampo para a de longa, no córtex, liberando o hipocampo para novos registros. O que não for significativo é descartado e fica perdido para sempre.

Ask me anything (pergunte-me o que quiser)

Um comentário:

erika disse...

edvania eu acho ruim esta numa escola nova porque não connhce ninguem então eu não gosto

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails