domingo, 23 de janeiro de 2011

Curte rock psicodélico? Psicodelia? Enteógenos?

Não. Realmente não curto. Não gosto. É uma questão de preferência estética. Quanto à psicodelia e aos enteógenos, acho que são enganações a que a pessoa se entrega para curtir sensações completamente irreais, além de acarretarem sérios prejuízos à saúde física e mental. Isto eu firmemente não recomendo, como também não recomendo o uso do álcool para alterar a percepção, o comportamento e o controle. Prefiro estar sempre lúcido, consciente e com o meu corpo e minha mente inteiramente sob controle, sem alucinações.

Ask me anything (pergunte-me o que quiser)

2 comentários:

Lucas Marcondes disse...

Isso que vc disse não tem nada a ver.[rs]
So de ouvir traz prejuízos a saúde física e mental? Era pra eu estar louco nesse momento(apesar que não sou careta).
Então se vc não bebe ou faz uso de dorgas vc é um careta e não intende nada da realidade do mundo e também não sabe curtir a vida. Claro que certas coisas traz prejuízos ao "curtir" a vida é só ter consciência do que faz ne.
Não basta estar drogado para ouvir as musicas. Tais bandas de rock psicodélico, se vc pelo menos souber algumas, logo vai sacar os beatles, Doors, Pink Floyd. Cara, nem precisa estar drogado pra ouvir. So de estar lúcido(como vc citou esse "estado")ja viaja legal nas musicas. E se estiver drogado e ouvindo é melhor ainda, pois isso libertara sua saúde física e mental de todas coisas ruim e ficar de boa com a vida e com os amigos e amores que vem e vão.
Se quiser mais experiencias minhas eu faço um livro. OK ? e publico no seu blog.

Lucas Marcondes contribuindo para o tópico do blog "Curte rock psicodélico? Psicodelia? Enteógenos?"

Wolf Edler disse...

Eu não disse que ouvir rock psicodélico traz prejuízo à saúde física e mental e sim que usar enteógenos é que traz. Ouvir não faz mal. Apenas não aprecio.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails