segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Vários físicos/matemáticos no mundo já calcularam a chance da formação de único ser vivo baseando-se em condições da terra antiga. Eles concluem qisso ultrapassa(E EM MUITO)a suposta idade da terra,alguns casos,até do universo.Como refuta tais cálculos?

Sempre se diz que os 4 bilhões de anos de existência do planeta Terra seriam insuficientes para que o acaso pudesse construir um ser com a complexidade do humano (ou mesmo uma bacteria). Não é verdade. Se considerarmos a probabilidade de um arranjo aleatório de átomos de carbono, hidrogênio, oxigênio, nitrogênio e os outros elementos constituintes do corpo humano se agregarem na disposição específica que constitui nosso corpo é certo que sim. Mas não é este o cálculo que tem que ser feito. Primeiro é preciso calcular a probabilidade de se formar um aminoácido. Então, formados que sejam os aminoácidos, considerando-se cada um como a unidade, calcula-se a probabilidade de se formarem proteínas e moléculas replicantes (DNA e RNA). A partir desses tijolos, calcula-se a probabilidade de se formarem estruturas num grau mais elevado de complexidade, como vírus, e assim vão se agregando umas com as outras e elevando-se a complexidade gradativamente. Ve-se então que a probabilidade se torna muito maior do que a reunião direta dos elementos básicos. Por exemplo: Consideremos as 24 letras do alfabeto. A probabilidade de que elas se reunam por acaso para formar este texto de 2000 letras é de (1/24)^2000 = 3,78E-2761. No entanto para formar palavras de 10 letras é de (1/24)^10 = 1,58E-14. Se considerarmos a existência de 500.000 palavras na língua e 200 neste texto, a probabilidade das palavras se reunirem por acaso no texto é de (1/500.000)^200 = 1,61E-1140. Multiplicando essas duas, temos: 2,53E-1154, que é uma probabilidade 6,70E1606 vezes maior que a anterior. Se fizermos o cálculo passando pela etapa intermediária das sílabas então o resultado se torna maior ainda. Levando isto para a formação de organismos pode-se ver que o tempo de alguns poucos bilhões de anos é suficiente.

Ask me anything (pergunte-me o que quiser)

Um comentário:

Gabriel Nagib disse...

o autor da pergunta utilizou da falácia clássica de apelo à autoridade desconhecida. seria interessante citar quais físicos/matemáticos e quais são os cálculos feitos.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails