quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Sabemos que a gravidade é uma força de atração. Podemos dizer que a única coisa que impede a gravidade de unir novamente toda a matéria numa singularidade é a energia escura??

Considerando que essa interação repulsiva, impropriamente denominada "energia escura" foi a responsável pela aceleração da expansão inicial do espaço que foi o Big Bang, mesmo que ela não atuasse mais, a inércia dessa expansão poderia promovê-la indefinidamente, se o ímpeto primitivo tivesse sido muito grande, o que as medidas observacionais mostram que é o caso. Como parece que este campo dilatador do espaço continua a agir, mesmo que menos intensamente, então é mais óbvio ainda que a atração gravitacional não será capaz, no Universo como um todo, de refrear a expansão para que o espaço passe a se contrair e leve a um futuro Big Crunch. O interessante é que a "energia escura" atua sobre o espaço, enquanto a gravitação atua sobre o conteúdo presente no espaço, o que é muito diferente.

Ask me anything (pergunte-me o que quiser)

Um comentário:

Felipe C. Novaes disse...

Então num cenário em que a energia escura favorecesse a expansão do espaço e a força gravitacional a atração da matéria, a expansão do espaço gnanharia...por isso que observamos hoje que o universo está em expansão acelerada?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails