quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Em relação a pergunta do tairson,Percebi que a incausualidade quantica sustenta sua crença do livre arbitrio.O problema que ou o senhor maluco ou ou tem um Qi de 30;De onde que do acaso e fortuidade se tiraria o livre arbitrio?Uma vez que não é o "eu" que toma a decisao,não é voce que a toma.Estude 01/12/2015

A incausalidade e o indeterminismo quânticos é que possibilitam a existência do livre arbítrio sim. Se eles não existissem, o mundo seria completamente determinista, e não é. Isso é um fato. A existência do livre arbítrio também. Se a realidade fosse determinista, aí é que nenhum "eu" tomaria decisão nenhuma. Mesmo que não se conheça, em pormenores, o processo que leva um organismo possuidor de mente a tomar decisão e, mesmo que decisões sejam tomadas de forma inconsciente, quem as toma é o organismo e, portanto, seu "eu". Note que o "eu" não é o mesmo que a consciência. O "eu" também engloba o processamento mental inconsciente que, aliás, é majoritário.

2 comentários:

Rick Bezerra disse...

É verdade que tudo no universo já está determinado, que o passado, presente e futuro são, na realidade, foram "customizados", assim que ocorreu o Big-Bang?

Ernesto von Rückert disse...

De modo nenhum. O que surgiu com o surgimento do Universo foi um conteúdo de campo, o espaço, o tempo e o modo como esse conteúdo pode evolver no espaço e no tempo. Sendo que esse conteúdo deve ter surgido com o espaço que o contém já se expandindo. Todavia o modo como esse conteúdo evolve (as leis da Física) já engloba o indeterminismo e a possibilidade da incausalidade.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails